conecte-se conosco


Entidades de Classe

Sindicato Rural de Tangará da Serra terá chapa única na eleição da nova diretoria, em julho

Publicado

O Sindicato Rural de Tangará da Serra se aproxima de mais um processo eleitoral. A eleição para o próximo triênio será no dia 14 de junho e o prazo para registro das candidaturas se encerrou hoje, dia 19/03.

Com chapa única, o produtor rural Romeu José Ciochetta irá à eleição da entidade que, além da diretoria, também irá definir o conselho fiscal e seus respectivos suplentes. Ciochetta fez parte da última diretoria presidida por Reck Júnior e agora, estará à frente da chapa “Produzindo Conexões”, assim composta:

Presidente: Romeu José Ciochetta
Vice – Presidente: Francisco Renato Casale Mauro
1º Secretário: Patrícia Regina Barbosa Pasa
2º Secretário: Eloiza Zuconelli
1º Tesoureiro: Jose Afonso Gonçalves
2º Tesoureiro: Wellington Vladimir Formigoni
1º Suplente da Diretoria: Normando Corral
2º Suplente da Diretoria: Saul Francisco de Souza e Silva
3º Suplente da Diretoria: Sergio Rodrigues Sanches
4º Suplente da Diretoria: Antônio Dilceu Guzatti
5º Suplente da Diretoria: Jose Renato Lemos Meirelles
6º Suplente da Diretoria: Luis Otávio Ciochetta
Conselheiro Fiscal Efetivo: Eduardo Germano dos Santos
Conselheiro Fiscal Efetivo: Claudir Barivieira
Conselheiro Fiscal Efetivo: Paulo Cezar Rebellato
Conselheiro Fiscal Suplente: Nelson Garcia Neto
Conselheiro Fiscal Suplente: Eduardo Barivieira
Conselheiro Fiscal Suplente: Ramon Sanches Marques Neto

“O nome da chapa ‘Produzindo Conexões’ foi escolhido para representar tudo aquilo que acreditamos. A palavra ‘Produzindo’ representa todo o setor produtivo, pequeno, médio e grande produtor, independente da cultura e da sua atividade. E sobre ‘Conexões’ pensamos que é preciso melhorar as relações entre o campo e a cidade e interagir mais com a sociedade para que possamos construir juntos uma comunicação mais assertiva. Acredito que essas duas palavras representam bastante esse novo desafio e o que iremos assumir no Sindicato Rural daqui pra frente”, explicou Romeu Ciochetta.

Produtor rural Romeu Ciochetta estará à frente da nova diretoria da entidade sindical.

Ele também ressaltou sobre a renovação da chapa. “Em relação aos novos membros da chapa fiquei muito contente pelo fato de trazer também pessoas novas, vários membros jovens que vão se formando e que com o tempo acredito que vão fazer a diferença, para que se aconteça uma sucessão no decorrer dos próximos anos. Tenho certeza que esta chapa está bem pulverizada em cima de várias atividades e não só lavoura e pecuária, podendo representar bem todo o setor produtivo nesse próximo mandato. O Sindicato vai precisar estar ainda mais próximo de entidades como Famato, Senar, Acrimat e Aprosoja para fazer um bom trabalho nessa gestão”, disse.

Para Romeu, um dos principais focos após a eleição também será a busca por novos associados. “Precisamos entender que nos últimos anos foi feito um bom trabalho no Sindicato Rural e muitas coisas aconteceram. É importante que o número de associados seja mais expressivo e, só assim, teremos uma entidade mais fortalecida. Com algumas reuniões que faremos nos próximos meses e buscando o conhecimento e as ideias das pessoas que fazem parte desta nova diretoria, conseguiremos desenvolver um plano de trabalho para os próximos anos. Cada um dos membros da diretoria tem uma particularidade e, com certeza, juntos faremos um bom trabalho, com novas ideias”, finalizou.

Eleição
A eleição será no dia 14 de junho, das 7h às 17h, na sede do Sindicato Rural. Por ser um processo eleitoral, trata-se de um momento democrático em que o produtor tem o direito de vim ao sindicato e validar o seu voto, dizendo se concorda com ou não com a escolha dos representantes que registraram a chapa.

Caso não seja obtido quórum com a presença de 2/3 dos associados com direito a voto em primeira convocação, a eleição em segunda convocação será realizada no dia seguinte, no mesmo horário e local, com a presença mínima de 50% dos associados com direito a voto e, em terceira convocação no dia subsequente à segunda convocação com a presença de 40% dos associados com direito à voto.
(Gabriela Gonçalves – Assessoria Sindicato Rural de Tangará da Serra)

publicidade

Entidades de Classe

OAB Tangará da Serra: Com Jonas Coelho presidente, 10ª Subseção empossa nova diretoria

Publicado

A 10ª Subseção da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB), de Tangará da Serra, tem nova diretoria desde a noite de ontem (quarta, 20). Jonas Coelho da Silva foi empossado como novo presidente para o triênio 2022-2024, sucedendo a Franco Ariel Bizarello dos Santos.

(*) Veja galeria de fotos da posse no link ao final do texto

A posse ocorreu no auditório da sede da 10ª Subseção, com presença de grande número de advogados e de autoridades locais, representando os poderes Executivo, Legislativo e Judiciário, além das polícias Judiciária Civil e Militar, Corpo de Bombeiros, entidades diversas e representantes da sociedade civil organizada.

A presidente da Seccional da OAB-MT, Gisela Cardoso, prestigiou a posse da nova diretoria, na qual Jonas Coelho tem, ao seu lado, Marcos Cardozo Dalto (vice-presidente), Deborah Barbosa Camacho (secretária geral), Carolina Atala Castilho (secretária adjunta), Claudilene Julião de Souza (tesoureira) e Marcelo Barbosa de Freitas (delegado). Também receberam posse os titulares das 15 comissões temáticas da subseção.

Missão e desafio

Em seu discurso de posse, Jonas Coelho destacou que a missão da nova diretoria terá o grande desafio de representar a classe que, através da subseção local, inclui municípios como Barra do Bugres, Nova Olímpia, Porto Estrela e Sapezal. “O advogado é indispensável à administração da Justiça (…) e nossa missão será, entre outras, assegurar o exercício pleno da advocacia”, disse, garantindo que a nova diretoria terá, a exemplo da anterior e das demais, uma postura intransigente na defesa das prerrogativas do advogado.

Jonas também agradeceu o apoio da família e dos seus colegas da Ávila & Ávila Advogados, escritório onde iniciou sua carreira há mais de duas décadas e onde permanece atuando, mencionando o “decano” advogado Pedro Evangelista de Ávila como um mestre no qual se espelha. “Gratidão é dívida que não prescreve”, sentenciou.

O novo presidente da 10ª Subseção da OAB-MT destacou outra missão da entidade, que é representar e defender a sociedade no âmbito jurídico ante eventuais ofensas e abusos contra a justiça e a liberdade.

Neste mesmo contexto de comprometimento da OAB com a sociedade, Jonas Coelho da Silva anunciou a execução de projetos sociais pela subseção, como o “Karatê OAB” e o “Bom de Escola, Bom de Bola”, para os quais será utilizada a estrutura física da sede local da entidade.

Referendo

Jonas Coelho da Silva e a nova diretoria formaram chapa de consenso e foram referendados por 85% da classe de advogados de Tangará da Serra, conquistando 275 votos nas eleições realizadas em novembro do ano passado.

Naquele mesmo pleito, a advogada Gisela Cardoso – que prestigiou a posse de Jonas Coelho – foi eleita para a Seccional Mato Grosso (OAB-MT), reunindo 4.642 votos.

(*) A seguir, veja galeria de fotos da posse

Fotos da posse da nova diretoria da 10ª Subseção da OAB, em Tangará da Serra

Continue lendo

Envie sua sugestão

Clique no botão abaixo e envie sua sugestão para nossa equipe de redação
SUGESTÃO

Empresas & Produtos

Economia & Mercado

Contábil & Tributário

Governo & Legislação

Profissionais & Tecnologias

Mais Lidas da Semana