conecte-se conosco

Entidades de Classe

Mulheres Empreendedoras: Nova diretoria da BPW Tangará da Serra toma posse

Publicado

A BPW de Tangará da Serra tem nova diretoria desde noite de ontem (sexta, 07). Muito prestigiada por autoridades e pelos diversos segmentos da sociedade, a posse ocorreu no salão nobre da Loja Maçônica 13 de Maio, durante cerimônia oficial da entidade.

A empresária Ivani Scarabotto Ribeiro, que já estava interinamente no primeiro cargo da direção, foi escolhida pelas associadas para conduzir a BPW de Tangará da Serra até fevereiro de 2021. O ato de posse contou com as presenças da fundadora da BPW Cuiabá e Conselheira Superior da BPW Brasil, Sueli Batista, e a presidente da BPW Cuiabá, Zilda Aparecida Zompero Pazini.

Ivani Scarabotto Ribeiro, empresária e moradora de Tangará da Serra há 38 anos, é a nova presidente.

Autoridades de Tangará da Serra como o vice-prefeito Renato Gouveia (representando o Executivo Municipal), o comandante do 19º Batalhão da PM, Tenente Coronel Vanílson da Silva Moraes, representantes de entidades de classe como ACITS, CDL, OAB e clubes de serviço, também marcaram presença.

(*) Ao final da matéria, link com galeria de fotos da cerimônia de posse.

Leia mais:  Núcleo Tangará do Sindjor publica informativo e acompanha investigação sobre fake news

A diretoria empossada tem ao lado da presidente Ivani Scarabotto Ribeiro a seguinte composição: 1ª Vice-presidente – Luana Rodrigues; 2ª Vice-presidente – Adriana Rossignolli; 1ª Secretária – Lais Calixto; 2ª Secretária – Lauren Juliê; 1ª Diretora de Protocolo – Leani Ruppel; 2ª Diretora de Protocolo – Telma Almeida; 1ª Diretora de Eventos – Tânia Zompero; 2ª Diretora de Eventos – Jaqueline Peres Lessi.

A presidente empossada da BPW Tangará da Serra reside no município há 38 anos e atuou no setor público como servidora da antiga Empresa de Assistência Técnica e Extensão Rural – EMATER – que mais tarde viria a se constituir na atual EMPAER – Empresa Mato-grossense de Pesquisa, Assistência e Extensão Rural. Após sua aposentadoria na EMPAER, Ivani assumiu cargo de direção na empresa da família no setor gráfico, atividade na qual se mantém.

Ao Enfoque Business, Ivani informou que há metas a serem cumpridas à frente da entidade, sendo uma das principais o aumento do quadro de associadas, que hoje conta com 25 membros. “Teremos nossas reuniões mensais. Vamos elaborar um calendário de atividades, no qual estará embasado o planejamento das ações da BPW Tangará da Serra ao longo do ano”, disse.

Leia mais:  FACMAT repudia declaração de Mendes que ‘desestimula consumo’ em Mato Grosso

Atividades

Segundo Ivani Ribeiro, há atividades relacionadas às metas estabelecidas pela BPW Brasil, com ações que visam o crescimento da mulher como profissional e no âmbito familiar.

No mês de março, a entidade promoverá, entre os dias 18 e 25, agenda de ações “Março é Mulher”, enquanto em maio a entidade cumpre agenda referente a projeto de âmbito global, com a campanha “Trabalho Igual, Salário Igual”.

Os trabalhos da BPW Tangará da Serra seguem no mês de junho, com o projeto “Embaixadora das Águas”, que tem por objetivo a conscientização sobre os riscos da falta de água nos próximos anos.

No mês de setembro, a BPW Tangará da Serra celebrará 20 anos de fundação. Para a data, a direção da entidade organizará um Dia ‘D’, com programação especial. Em meio às comemorações dos 20 anos, a entidade promoverá ações alusivas ao projeto “Doe Sangue, Doe Vida”.

Imagens da Cerimônia de posse da nova diretoria da BPW Tangará da Serra

publicidade

Entidades de Classe

Sindicato Rural: Eleito, Romeu Ciochetta, projeta novo conceito de gestão e ampliação do quadro

Publicado

Em eleição com chapa única, o Sindicato Rural de Tangará da Serra elegeu nesta segunda-feira (14) a sua nova diretoria. Romeu José Ciochetta foi referendado por quase 80% dos votantes, encabeçando grupo de consenso para conduzir, na condição de presidente, a entidade pelos próximos três anos.

O pleito também definiu o conselho fiscal e seus respectivos suplentes. Ciochetta fez parte da última diretoria, presidida por Vanderlei Reck Júnior, e nesta segunda foi eleito pela chapa “Produzindo Conexões” (Composição na sequência). A posse acontecerá dia 1º de julho.

Referendado no pleito sindical, Romeu Ciocchetta sucederá a Reck Júnior (dir) dia 1º de julho.

O trabalho da nova diretoria envolve uma ampla gama de ações, planejada a partir da “Estratégia: Produzir, Conservar e Incluir” (PCI). “Este será o carro chefe das nossas ações nos próximos anos. Para começar os trabalhos, já dividimos a nossa diretoria em três comissões: administrativa, infraestrutura, agricultura e pecuária. Acreditamos que desta forma teremos uma gestão compartilhada, com espaço para que todos trabalhem em diversas vertentes e possamos continuar produzindo variadas conexões entre o campo e a cidade”, destacou o presidente eleito, Romeu Ciochetta.

Leia mais:  Sindjor pede inclusão de jornalistas da linha de frente no grupo prioritário; Profissionais podem ser vetores

Uma das principais ações de Ciochetta à frente do Sindicato Rural será a ampliação do quadro de filiados. A meta é passar dos atuais 126 filiados (18 filiações ocorreram nas semanas que antecederam o pleito) para 300 até o final desse ano.

Um dos novos filiados é Rogério Rio, atual secretário de Agricultura e Pecuária do município e que exerce atividades em pequena propriedade, junto à família. A filiação de Rogério Rio no Sindicato Rural é um dos exemplos da abertura proporcionada pela nova direção. “Queremos os pequenos produtores compondo o sindicato conosco e, para isso, teremos alguns incentivos. Esses produtores de pequena escala precisam se sentir abraçados”, disse, acrescentando que haverá ações voltadas à regularização fundiária de propriedades que produzem sem ainda, no entanto, estarem titularizadas.

Conexão/renovação

Presidente eleito conversa com Rogério Rio: Inclusão de produtores de pequena escala entre os filiados será uma das principais ações.

Segundo o novo presidente do Sindicato Rural, o nome da chapa ‘Produzindo Conexões’ foi escolhido com o ideal de representar todo o setor produtivo. Nesse com texto se incluem o pequeno, o médio e o grande produtor. “Pensamos que é preciso melhorar as relações entre o campo e a cidade e interagir mais com a sociedade para que possamos construir juntos uma comunicação mais assertiva” acrescentou.

Leia mais:  SINDJOR-MT realiza no sábado assembleia para instalação de núcleo em Tangará da Serra

Romeu Ciochetta também ressaltou a renovação da chapa. “Temos pessoas novas, vários membros jovens que vão se formando e tenho convicção que, com o tempo, vão fazer a diferença na sucessão”.

Diretoria

A nova diretoria eleita nesta segunda-feira estará à frente do Sindicato Rural durante o próximo triênio (2021-2024). Na sequência, a composição a ser empossada no próximo dia 1º:

Presidente: Romeu José Ciochetta
Vice – Presidente: Francisco Renato Casale Mauro
1º Secretário: Patrícia Regina Barbosa Pasa
2º Secretário: Eloiza Zuconelli
1º Tesoureiro: Jose Afonso Gonçalves
2º Tesoureiro: Wellington Vladimir Formigoni
1º Suplente da Diretoria: Normando Corral
2º Suplente da Diretoria: Saul Francisco de Souza e Silva
3º Suplente da Diretoria: Sergio Rodrigues Sanches
4º Suplente da Diretoria: Antônio Dilceu Guzatti
5º Suplente da Diretoria: Jose Renato Lemos Meirelles
6º Suplente da Diretoria: Luis Otávio Ciochetta
Conselheiro Fiscal Efetivo: Eduardo Germano dos Santos
Conselheiro Fiscal Efetivo: Claudir Barivieira
Conselheiro Fiscal Efetivo: Paulo Cezar Rebellato
Conselheiro Fiscal Suplente: Nelson Garcia Neto
Conselheiro Fiscal Suplente: Eduardo Barivieira
Conselheiro Fiscal Suplente: Ramon Sanches Marques Neto

Continue lendo

Envie sua sugestão

Clique no botão abaixo e envie sua sugestão para nossa equipe de redação
SUGESTÃO

Empresas & Produtos

Economia & Mercado

Contábil & Tributário

Governo & Legislação

Profissionais & Tecnologias

Mais Lidas da Semana