conecte-se conosco


Cidades & Geral

Depois de prender 14, PM localiza veículo com defensivos roubados em Tangará da Serra

Publicado

Policiais militares lotados no 19º Batalhão PM localizaram na tarde do último domingo (02/02/2020) uma caminhonete GM D-20 (placas KBC-4910, com ocorrência de furto) carregada com defensivos agrícolas roubados semana passada da Fazenda Arca, em Tangará da Serra.

Na ação, criminosos armados e encapuzados invadiram a fazenda e renderam os funcionários sob forte ameaça para praticarem o roubo. A apreensão do veículo usado no furto ocorreu após serviço de inteligência, por uma equipe PM de Rádio Patrulha, em ato contínuo às ocorrências anteriores referentes ao roubo. A operação esteve sob comando do Tenente PM Furquim.

D-20 foi localizada na Fazenda Tarumã, no Assentamento Antônio Conselheiro, em área de mata fechada.

A caminhonete D-20 foi localizada na Fazenda Tarumã, no Assentamento Antônio Conselheiro. Os policiais encontraram a camionete e a maioria dos defensivos agrícolas roubados escondidos em uma região de mata fechada. A caminhonete estava coberta por uma lona e vegetação com o intuito de dificultar a localização.

Um homem foi preso e encaminhado à Delegacia de Polícia Judiciária Civil, juntamente com a D-20 e os defensivos roubados, que totalizaram 173 galões, além de 02 quilos de inseticida.

Defensivos roubados totalizaram 173 galões, além de 02 quilos de inseticida.

Prisões

Leia mais:  Inteligência Artificial: Robô Mako passa a ser utilizado em todo Poder Judiciário de Mato Grosso

A prisão do bando ocorreu nas imediações da Agrovila 20, no Antônio Conselheiro, na última sexta-feira (31.01). Após trabalho investigativo, a PM deteve 14 pessoas e apreendeu com elas 17 armas de fogo. No momento da prisão, os policiais encontraram pistas que levaram à localização da caminhonete e dos defensivos recuperados no domingo.

Materiais apreendidos/recuperados incluíram 17 armas de fogo, rádios comunicadores, colete balístico e outros objetos roubados.

Num primeiro momento, a PM identificou e deteve dois envolvidos na ação criminosa. Com o prosseguimento das buscas, os policiais detiveram outros 12 envolvidos, totalizando a detenção de 14 pessoas que foram conduzidas à Delegacia de Polícia Judiciaria Civil de Tangará da Serra.

Os materiais apreendidos/recuperados incluíram 17 armas de fogo, rádios comunicadores, colete balístico e outros objetos que foram subtraídos da fazenda. Também foram encontrados entorpecentes em poder dos conduzidos.

A PM e a Polícia Judiciária Civil investigam, ainda, um roubo de defensivos ocorridos no início de janeiro na Fazenda San Rafael, também em Tangará da Serra.

Leia mais:  Projeto de adução do rio Sepotuba é cancelado; Juízo oficializa desconto nas faturas de água

publicidade

Cidades & Geral

Porto Estrela: Assinada a ordem de serviço para construção de ponte sobre o Jauquara

Publicado

A ordem de serviço para as obras de uma ponte de concreto sobre o rio Jauquara, na comunidade Vão Grande, em Porto Estrela, foi assinada ontem (terça, 18) pelo prefeito Eugênio Pelachim (PSC – foto topo). As obras serão realizadas pela empresa CIBE Pré-Moldados, Concretos e Minerais, vencedora do certame licitatório realizado em dezembro do ano passado.

A construção da ponte será viabilizada através de convênio do governo de Mato Grosso, que repassou para a conta da prefeitura de Porto Estrela o valor de R$ 2.507.757,40. O município fará uma contrapartida de 51.178,77. No total, a obra custará R$ 2.558.936,17.

“Desde que assumi o meu primeiro mandato como prefeito de Porto Estrela, tenho trabalhado muito para resolver esse problema da Comunidade Vão Grande e hoje estamos vendo esse sonho se tornando uma realidade”, disse agradecendo a parceria do governador Mauro Mendes e do vice-governador Otaviano Pivetta.

Passarela sobre o rio foi rompida no início do mês, com fortes chuvas e a alta do nível das águas do Jauquara.

A ponte de concreto, que terá uma extensão de 71,1 metros e largura de 4,5 metros – proporcionará a ligação do município com as comunidades de Vaca Morta, Baixio e Vão Grande. “Nesta época de chuva, aquela comunidade sofre muito, pois o rio enche e a passarela não suporta o volume das águas e se rompe”, observou Pelachim, destacando que, com a ponte de concreto, o problema estará solucionado. “Sabemos da importância desta obra para a comunidade e estamos felizes em atender aquelas famílias”, completou.

Leia mais:  Jornalistas: Convenção coletiva prevê nova data-base da categoria e piso de R$ 2.938,49

Eugênio Pelachim destacou, ainda, que a viabilização das obras da ponte sobre o rio Jauquara também tiveram a intermediação do deputado estadual Dilmar Dal Bosco e do senador Jaime Campos, ambos do DEM, além do apoio da Câmara Municipal, através da vereadora Sula (PSC).

(Com informações de Assessoria)

Continue lendo

Envie sua sugestão

Clique no botão abaixo e envie sua sugestão para nossa equipe de redação
SUGESTÃO

Empresas & Produtos

Economia & Mercado

Contábil & Tributário

Governo & Legislação

Profissionais & Tecnologias

Mais Lidas da Semana