conecte-se conosco


Ação Social & Beneficência

PM e Rotary Sepotuba distribuirão cestas básicas doadas pelo Brasil Verde Amarelo

Publicado

Famílias em situação de vulnerabilidade receberão 115 cestas básicas através de parceria entre Rotary Club Tangará da Serra Águas do Sepotuba e Polícia Militar. As cestas foram doadas pelo Movimento Brasil Verde Amarelo, e repassadas à entidade rotariana e à PM para distribuição.

Uma das principais lideranças do Movimento Brasil Verde Amarelo, o produtor rural e presidente da Aprosoja Brasil, Antônio Galvan, prestigiou a ação solidária.

A doação aconteceu oficialmente na última sexta-feira, durante reunião promovida na empresa Tratortecmaq com as presenças do comando do 19º Batalhão PM, da diretoria do Rotary Águas do Sepotuba e de uma das principais lideranças do Movimento Brasil Verde Amarelo, o produtor rural e presidente da Aprosoja Brasil, Antônio Galvan.

Segundo a presidente do Rotary Águas do Sepotuba, Letícia Marques de Souza Nino, o clube realizará a distribuição, juntamente com a PM, entre famílias já cadastradas pelo clube de serviço. “Fizemos uma parceria com a Polícia Militar para entrega destas cestas”, disse a líder rotariana.

O comandante do 19º BPM, Coronel PM Vanilson da Silva Moraes, explicou de que forma a corporação atuará nesta ação solidária. “As guarnições realizarão a entrega durante as rondas e abordagens, quando depararem com famílias realmente carentes”, explicou, lembrando que a PM também tem um cadastro de famílias que necessitam de auxílio. A distribuição, segundo o oficial, já iniciará nesta semana.

Leia mais:  Sala da Mulher e Assistência Social distribuirão cestas básicas com alimentos arrecadados pelo Viveiro Municipal

Também membro do Rotary Águas do Sepotuba e do Movimento Brasil Verde Amarelo, o empresário e proprietário da Tratortecmaq, Alfredo Nuernberg, saudou a parceria com a Polícia Militar para a entrega. “É uma união de forças para amenizar as dificuldades das famílias em situação de risco em Tangará da Serra”, afirmou.

Já Antônio Galvan, do Movimento Brasil Verde Amarelo, a ação antecipa um auxílio importante neste final de ano para as pessoas mais necessitadas. “São poucas cestas básicas diante da grande necessidade. Mas este pouco em muito ajudará estas famílias em situação de risco, nesta reta final de ano”.

Ação solidária similar, com parceria idêntica, ocorreu no mês de junho passado, quando foram distribuídas cerca de 90 cestas básicas.

(Assessoria Especial)

publicidade

Ação Social & Beneficência

Casa Transitória do Adolescente recebe doação de alimentos da Sociedade La Comuna

Publicado

Parte da arrecadação do 23º Costelão da Amizade promovido pela Sociedade Alternativa La Comuna no dia 07 deste mês de novembro foi convertida em alimentos para a Casa Transitória do Adolescente, de Tangará da Serra.

Foram doados 80 quilos de carne bovina, suína e de frango. O repasse aconteceu na tarde da última terça-feira (16), através dos membros da sociedade, professores Anderson Gheller Froehlich (presidente) e Daniela da Silva Carvalho, ambos professores do curso de Administração da Unemat. O presidente da instituição, Welinton Fabiano da Silva, e a coordenadora administrativa Ana Cláudia dos Santos, receberam os alimentos (foto topo).

Professores Anderson e Daniela (centro) conheceram as instalações da Casa do Adolescente.

A doação é prevista pelo estatuto da Sociedade Alternativa La Comuna, com percentual da arrecadação dos eventos promovidos pelo clube revertido a uma instituição assistencial. No caso do 23º Costelão da Amizade, realizado no início deste mês, houve a comercialização de 300 convites numa programação com atividades culturais e de entretenimento. Na ocasião, houve lançamento do livro “O Universo no Espelho”, do escritor e jornalista Antônio Pacheco.

Leia mais:  Com destinação de lixo eletrônico, Lions Clube repassa R$ 2,8 mil ao projeto Abana

Segundo o professor Anderson, em 2022 o La Comuna celebrará 25 anos de fundação, o que inclui um planejamento com diversificado calendário de eventos e ações comunitárias, com destaque para execução de projetos sociais de formação complementar envolvendo estudantes do município.

Instituição

A Casa Transitória do Adolescente é uma entidade assistencial de Tangará da Serra destinada a acolher e orientar adolescentes em situação de risco. Atende, atualmente, 28 jovens, sendo oito internos e 20 externamente, com acompanhamento psicossocial, de fortalecimento de vínculo, orientações e atividades diversas.

Com orçamento anual na ordem de R$ 490 mil, a instituição é mantida através de contribuições da sociedade, eventos e, também, pelo poder público através do Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente.

Continue lendo

Envie sua sugestão

Clique no botão abaixo e envie sua sugestão para nossa equipe de redação
SUGESTÃO

Empresas & Produtos

Economia & Mercado

Contábil & Tributário

Governo & Legislação

Profissionais & Tecnologias

Mais Lidas da Semana