conecte-se conosco

Empresas & Produtos

Usina de etanol de Nova Mutum terá planta duplicada e capacidade de processar 1,5 milhão de toneladas de milho por ano

Publicado

O agronegócio segue como o grande trator da economia nacional e, a despeito da crise econômica provocada pela pandemia do novo coronavírus, mostra novos horizontes para o desenvolvimento de Mato Grosso.

Semana passada, a multinacional Inpasa, especializada na produção de etanol de milho, anunciou a ampliação da planta em Nova Mutum (MT) onde já investiu R$ 550 milhões.

A nova fase de investimentos terá a aplicação de R$ 450 milhões, totalizando R$ 1 bilhão para produção de etanol anidro e hidratado, DDGS, óleo de milho e energia elétrica.

A primeira etapa está prestes a entrar em operação. Segundo a companhia, foram feitos todos os testes e a expectativa é iniciar a produção de etanol de milho a curto prazo, porém não foi fixada uma data. A usina tem capacidade para moer até 2,3 mil toneladas de milho por dia, podendo chegar a 800 mil toneladas por ano.

Com o acréscimo nos investimentos, a capacidade da nova unidade passará de 800 mil toneladas de milho processadas por ano para pelo menos 1,5 milhão de toneladas/ano, o equivalente a uma demanda por 200 mil hectares de milho.

Leia mais:  Hidrômetros em composite coíbem furtos e representam economia, precisão e sustentabilidade

“Continua altíssimo o apetite por investimentos em usinas de etanol de milho em Mato Grosso”, diz o produtor rural, engenheiro agrônomo e consultor Ricardo Arioli, que preside a Comissão Nacional de Cereais, Fibras e Oleaginosas da Confederação da Agricultura e Pecuária do Brasil (CNA). Arioli produz e apresenta o programa Momento Agrícola, repercutido pelo Enfoque Business e, final de semana passado, comentou sobre o anúncio da Inpasa. “Entramos numa nova era do milho em Mato Grosso”, previu.

Empregos

Com a nova etapa serão gerados cerca de 500 empregos diretos e cerca de 1.500 indiretos. “É com extrema satisfação que apresentamos hoje a conclusão deste grande sonho, que foi a conclusão da primeira fase da instalação da Inpasa aqui em Nova Mutum e também anunciar este novo e amplo projeto de ampliação da indústria no Estado de Mato Grosso”, afirmou o diretor executivo Rafael Ranzolin.

De acordo com ele, dentro de “um período curto” a planta de Nova Mutum irá ter o dobro da capacidade produtiva. “Nossa expectativa é iniciar as operações no final deste ano”, destacou.

Leia mais:  TratorTecMaq é distribuidora da Vipal Borrachas para Tangará da Serra e região sudoeste

A Insapa já possui uma planta de etanol de milho no Estado, em Sinop.

(Com informações de Novacana/Herbert de Souza)

publicidade

Agronegócio & Produção

Pulverização: Manutenção correta das pontas e equipamentos reduz custos e garante eficiência

Publicado

Se a escolha das pontas é fundamental para uma boa performance na lavoura, a correta manutenção dos equipamentos é essencial para a eficiência e redução de custos nas aplicações. A orientação é da TratorTecMaq, empresa distribuidora exclusiva Teejet para Tangará da Serra e região.

“A manutenção preventiva anda junto com a boa escolha das pontas, com a eficiência e com a economicidade na atividade agrícola”, observa o diretor proprietário da TratorTecMaq, Alfredo Acácio Nuernberg. Ele explica a opção pela Teejet: “Precisão, eficiência, maior cobertura, menor coeficiente de variação, durabilidade. E é importante destacar que temos uma vantagem extra: o preço, que é o mais competitivo da região”, afirma.

Lavagem e limpeza geral dos tanques, dos filtros de sucção e o uso de filtros nas pontas são procedimentos indispensáveis.

Para o consultor de vendas da empresa, Fábio Junior, a manutenção envolve várias etapas que precisam ser cumpridas à risca. A lavagem e limpeza geral dos tanques, dos filtros de sucção e o uso de filtros nas pontas são procedimentos indispensáveis, assim como a escolha de um bom descontaminante, produto que inclui o portfólio da Tratortecmaq na área de pulverização. “Os filtros de linha, por exemplo, devem ser lavados de três a quatro vezes por dia. Tudo interfere no rendimento e eficiência da aplicação”, diz o consultor.

Leia mais:  Instalação de indústria de celulose poderá ser marco inicial para uma nova vocação econômica no MT

Fábio acrescenta que uma aplicação ineficiente resulta em significativas perdas financeiras e de produtividade. Ele destaca que uma manutenção mal feita pode resultar em desperdício a partir de 20% da calda que está no tanque do pulverizador. Quanto menor a eficiência na aplicação, menor o intervalo entre elas, e isto representa aumento de custos e redução de produtividade”, explica.

A TratorTecMaq oferece a tecnologia das pontas, malhas e filtros Teejet, assim como descontaminantes, em condições especiais e com atendimento personalizado ao cliente. Maiores informações pelos telefones 3325-0205, 99987-4408, 99987-4445 e 99903-2560, ou diretamente na loja, Avenida Lions Internacional nº 1.907, Vila Esmeralda, em Tangará da Serra.

No vídeo a seguir, o bom funcionamento de um pulverizador com boa manutenção das pontas:

 

Continue lendo

Envie sua sugestão

Clique no botão abaixo e envie sua sugestão para nossa equipe de redação
SUGESTÃO

Empresas & Produtos

Economia & Mercado

Contábil & Tributário

Governo & Legislação

Profissionais & Tecnologias

Mais Lidas da Semana