conecte-se conosco

Saúde Pública

Covid-19: Tangará da Serra supera barreira dos 1.000 casos; Internados somam 21, dez deles em UTI

Publicado

Boletim epidemiológico divulgado na tarde desta quinta-feira pelo Comitê Interinstitucional de Prevenção e Monitoramento do Coronavírus mostra que Tangará da Serra soma 1.017 casos confirmados de infecção pelo novo coronavírus desde o início da pandemia.

Os números do revelam que o município teve um aumento de 70% nos casos de Covid-19 nestes nove dias de julho. Ou seja, são 420 novos casos desde o dia 1º, perfazendo uma m´dia de quase 47 novos registros (46,6) diários da doença.

Por outro lado, são 777 os pacientes que se recuperaram da infecção pelo vírus, o que representa um bom percentual de 76%, performance bem acima dos percentuais de cura estadual (47%) e nacional (59%).

Internados

Entre os 229 pacientes com o vírus ativo, 208 estão em isolamento domiciliar e 21 estão internados. Entre os hospitalizados, 10 estão em UTI (seis em UTI pública do município e 04 em particulares) e 11 estão em enfermaria (08 públicas e 03 privadas).

Os óbitos somam 11. Não há nenhum paciente internado com suspeita de covid-19.

Leia mais:  Tangará da Serra tem o maior percentual de cura de Covid-19 entre os principais municípios de Mato Grosso

publicidade

Saúde Pública

Covid-19: Óbitos triplicam em Tangará da Serra em julho; Casos ativos somam 188, com 85% das UTIs ocupadas

Publicado

Boletim epidemiológico divulgado ontem (sexta, 31) pelo Comitê Interinstitucional de Prevenção e Monitoramento do Coronavírus indicou um total de 25 óbitos decorrentes da Covid-19 em Tangará da Serra. O número representa o triplo (212,5%) sobre o total de mortes ocasionadas pela doença mês passado (total de 08) no município.

(Veja gráfico demonstrativo acima e quadro com todos os números ao final da matéria)

A variação de óbitos em Tangará da Serra é levemente superior à variação no estado, que das 629 mortes registradas em 30 de junho saltou para 1.842 em 31 de julho. A variação no estado, portanto, foi de 192,8%, também praticamente o triplo dos registros de fatalidades do mês anterior.

Já no país, os óbitos registrados desde o início da pandemia somaram ontem um total de 92.568, ante as 60.713 mortes registradas pela Covid-19 em 30 de junho. A variação no país, portanto, foi de 52,4%.

Os percentuais de mortes em Mato Grosso e Tangará da Serra, que se apresentam muito acima da média nacional, se deve ao processo de interiorização da pandemia, intensificado no país a partir do mês passado.

Leia mais:  Sobe para 40 o número de casos de Covid-19 em Tangará da Serra; Metade em três bairros

Boletim

Ainda segundo o boletim de ontem do Comitê Interinstitucional de Prevenção e Monitoramento do Coronavírus, Tangará da Serra fechou o mês de julho com 2.162 casos de infecção pelo novo coronavírus desde o dia 01 de abril, quando foi registrado o primeiro caso da doença no município.

Deste total de casos, os pacientes que evoluíram para a cura somam 1.949, perfazendo um bom índice – 90% – de recuperação.

Os casos ativos somam 188 pacientes. Destes, 169 recuperam-se em isolamento domiciliar, enquanto 19 estão internados, sendo seis em enfermaria (05 públicas e 01 particular) e 13 em UTI (11 em leitos públicos e 02 em leitos privados).

Assim, o índice de ocupação de UTIs públicas no município é de 84,6%.  Os óbitos somam 25.

Há, ainda, quatro pacientes sob suspeita de Covid-19 internados em enfermaria (03 públicas e 01 privada) e seis pacientes de outros municípios internados em hospital particular, sendo cinco em UTI e um em enfermaria.

Continue lendo

Envie sua sugestão

Clique no botão abaixo e envie sua sugestão para nossa equipe de redação
SUGESTÃO

Empresas & Produtos

Economia & Mercado

Contábil & Tributário

Governo & Legislação

Profissionais & Tecnologias

Mais Lidas da Semana