TANGARÁ DA SERRA

Setor Público & Agentes

SAMAE ganha apoio do governador no processo de licenciamento do aterro sanitário

Publicado em

O governador Mauro Mendes disse que pedirá na Secretaria de Estado de Meio Ambiente (SEMA-MT) agilidade no processo de licenciamento do aterro sanitário de Tangará da Serra.

Durante a Feira Estadual MT de Horticultura, no último dia 22, o chefe do Executivo Estadual conversou com o diretor do SAMAE, Wesley Lopes Torres, sobre o assunto. Torres fez um relato a Mendes sobre o atual estágio de tramitação do processo de licenciamento do aterro junto à SEMA-MT.

Mendes e Wesley conversam sobre o aterro sanitário: Governador declarou apoio para acelerar licenciamento junto à SEMA-MT.

O apoio de Mauro Mendes foi comemorado por Wesley Lopes Torres. “A SEMA tem colaborado conosco, inclusive reconhecendo nosso aterro como modelo no estado. Mas ouvir do governador que ele, pessoalmente, solicitará celeridade no processo é, para nós, um grande impulso para que esta licença finalmente saia”, disse.

Situação

Para a concessão da licença, basta que a SEMA-MT aprove o aterro em seu conjunto. O local conta com impermeabilização da área onde o lixo é depositado, drenagem dos gases produzidos e drenagem e tratamento dos líquidos percolados (chorume). Também há monitoramento dos quatro poços artesianos existentes no local – sendo três para análises do lençol freático e um para uso normal de água – que, conforme análises já realizadas, não apresentam contaminação.

Também já há aprovação da Agência Nacional de Aviação Civil (ANAC), que após apreciação do o estudo de ‘ave a fauna’ declarou que não há vedação em relação ao aeroporto quanto ao Aterro Sanitário.

Estrutura

Aterro sanitário atende a todas exigências legais e ambientais, mas ainda aguarda licença.

O Aterro Sanitário está localizado na Estrada da Comunidade São José, numa área de 24 hectares organizada em setores com células em taludes gramados com drenagem de gases, drenagem e lagoas de tratamento de chorume, sede administrativa com barracão e balanças para pesagem dos resíduos recepcionados.

O local recebe 100 toneladas diárias de lixo úmido (orgânico), rejeitos (resíduos sólidos não reutilizáveis como papel higiênico e fraldas descartáveis, restos de podas e jardinagens) e entulhos (restos de construções).

Comentários Facebook
Advertisement

Setor Público & Agentes

Marcia Kiss assume pasta de Assistência Social em Tangará; Ana Lúcia alega surpresa

Published

on

O prefeito de Tangará da Serra, Vander Masson, apresentou e empossou na manhã desta segunda-feira, dia 08, a nova secretária municipal de Assistência Social.

A professora Marcia Regina Kiss Siqueira de Castro Cardoso foi empossada em ato ocorrido no Gabinete de Políticas Públicas para Mulheres (GPM), da Prefeitura Municipal.

Ela assume no lugar de Ana Lúcia Adorno de Souza, que ocupou o cargo entre janeiro e outubro de 2021. “Quero agradecer a Ana Lúcia pelo trabalho, empenho e esforço que dedicou à Secretaria ao longo desses 10 meses, deu o seu melhor e somos muito gratos a ela por isso”, disse o Prefeito Vander.

Márcia Kiss assumiu a pasta na manhã desta segunda-feira.

Marcia Kiss, como é mais conhecida no meio social, é casada com Arnaldo, mãe de 2 filhos: Matheus e Ana Clara. Nasceu em São Paulo/SP no dia 25/10/1972 e foi criada no Paraná.

Formada em Ciências Exatas e Pedagogia. É residente em Tangará da Serra desde março de 1995. Durante esses 26 anos em Tangará da Serra, trabalhou em várias escolas, dentre elas o Centro Municipal de Ensino Silvio Paternez, a Escola Acalanto, a Escola Objetiva, o Colégio Ideal, o Centro Infantil Caracol Kids e a Avance Colégio e Cursos, nas quais atuou como professora, no setor financeiro, como coordenadora pedagógica e como diretora.

Já foi Conselheira Tutelar e Coordenadora do CRAS (Centro de Referência em Assistência Social), na Vila Esmeralda.

Em 2016 e em 2020, Marcia Kiss foi candidata a vereadora em Tangará da Serra.

Ao ser empossada, Marcia assegurou que irá conduzir a Secretaria com dedicação. “Agradeço a oportunidade dada a mim pelo prefeito Vander Masson. Buscarei conduzir a Secretaria com sabedoria, com união e empenho de todos os servidores para conduzir a pasta”, disse, destacando que as ações serão com planejamento e atuando ao lado das demais secretarias.

Surpresa

Ana Lúcia Adorno atuou pela pasta desde janeiro, no início da atual gestão.

Comunicada de sua exoneração na última sexta-feira (05), Ana Lúcia Adorno de Souza, disse estar surpresa com a decisão do Executivo. Em entrevista veiculada pela rádio Serra FM nesta manhã de segunda-feira, Ana Lúcia relatou que, ao ser informada que deixaria a pasta de Assistência Social, ouviu o gabinete do Executivo que sua atuação não estava afinada com a gestão e que seu desempenho não foi o esperado pelo prefeito Vander Masson.

Ela disse, porém, que fez o possível para atender as expectativas da administração municipal e que, apesar das limitações estruturais e orçamentárias que enfrentou, buscou desempenhar suas funções da melhor maneira possível. Ana Lúcia agradeceu a oportunidade de compor a gestão municipal e disse torcer pelo êxito dos projetos em andamento na pasta.

(Redação EB, com Assessoria)

Comentários Facebook
Continue Reading

Envie sua sugestão

Clique no botão abaixo e envie sua sugestão para nossa equipe de redação
SUGESTÃO

Empresas & Produtos

Economia & Mercado

Contábil & Tributário

Governo & Legislação

Profissionais & Tecnologias

Mais Lidas da Semana