conecte-se conosco

Saúde Pública

Região com polo em Tangará de Serra tem três municípios com ‘risco muito alto’ de contaminação; Outros 13 estão em ‘risco alto’

Publicado

A Secretaria Estadual de Saúde (SES-MT) divulgou nesta quinta-feira (09.07) o panorama da situação epidemiológica da Covid-19 em Mato Grosso. O documento mostra (a partir da página 8) que 32 municípios do Estado – três deles na região polarizada por Tangará da Serra – configuram na classificação com risco “muito alto” para o novo coronavírus.

Na região, estes municípios são Tangará da Serra, Sapezal e Campo Novo do Parecis. Tangará soma 229 casos ativos (segundo boletim local) e Taxa de Crescimento da Contaminação (TCC) de 50%, sendo o único da região com casos ativos acima de 150. Sapezal tem 127 casos ativos e TCC de 58%, enquanto Campo Novo do Parecis soma 104 ativos  e TCC de 44%.

Veja o último boletim epidemiológico divulgado pela SES-MT acessando o link abaixo:

http://www.mt.gov.br/documents/21013/0/Boletim+Informativo+n%C2%BA+123/bcbab223-068f-6904-c41f-97b29da185bd

Ainda de acordo com informações contidas no boletim, os municípios que estão na classificação de risco “alto” para a disseminação do coronavírus na região polarizada por Tangará da Serra são: Alto Paraguai, Arenápolis, Barra do Bugres, Brasnorte, Comodoro, Denise, Diamantino, Nova Marilândia, Nova Maringá, Nortelândia, Nova Olímpia, Porto Estrela e São José do Rio Claro.

Leia mais:  COVID-19: Teich muda o tom sobre flexibilização do isolamento; Moléstia avança 7% no país

O sistema de classificação que indica o nível de risco é definido por cores: muito alto (vermelho), alto (laranja), moderado (amarelo) e baixo (verde). De acordo com a definição dos riscos é necessária a adoção de medidas restritivas para o controle da propagação do coronavírus nas cidades. Os indicadores de classificação de risco são atualizados duas vezes por semana e os resultados são divulgados nos Boletins informativos da SES-MT.

publicidade

Saúde Pública

Covid-19: Óbitos triplicam em Tangará da Serra em julho; Casos ativos somam 188, com 85% das UTIs ocupadas

Publicado

Boletim epidemiológico divulgado ontem (sexta, 31) pelo Comitê Interinstitucional de Prevenção e Monitoramento do Coronavírus indicou um total de 25 óbitos decorrentes da Covid-19 em Tangará da Serra. O número representa o triplo (212,5%) sobre o total de mortes ocasionadas pela doença mês passado (total de 08) no município.

(Veja gráfico demonstrativo acima e quadro com todos os números ao final da matéria)

A variação de óbitos em Tangará da Serra é levemente superior à variação no estado, que das 629 mortes registradas em 30 de junho saltou para 1.842 em 31 de julho. A variação no estado, portanto, foi de 192,8%, também praticamente o triplo dos registros de fatalidades do mês anterior.

Já no país, os óbitos registrados desde o início da pandemia somaram ontem um total de 92.568, ante as 60.713 mortes registradas pela Covid-19 em 30 de junho. A variação no país, portanto, foi de 52,4%.

Os percentuais de mortes em Mato Grosso e Tangará da Serra, que se apresentam muito acima da média nacional, se deve ao processo de interiorização da pandemia, intensificado no país a partir do mês passado.

Leia mais:  Ação do SINDJOR-MT em parceria com Poder Público disponibiliza hoje vacina contra Influenza para profissionais da Imprensa

Boletim

Ainda segundo o boletim de ontem do Comitê Interinstitucional de Prevenção e Monitoramento do Coronavírus, Tangará da Serra fechou o mês de julho com 2.162 casos de infecção pelo novo coronavírus desde o dia 01 de abril, quando foi registrado o primeiro caso da doença no município.

Deste total de casos, os pacientes que evoluíram para a cura somam 1.949, perfazendo um bom índice – 90% – de recuperação.

Os casos ativos somam 188 pacientes. Destes, 169 recuperam-se em isolamento domiciliar, enquanto 19 estão internados, sendo seis em enfermaria (05 públicas e 01 particular) e 13 em UTI (11 em leitos públicos e 02 em leitos privados).

Assim, o índice de ocupação de UTIs públicas no município é de 84,6%.  Os óbitos somam 25.

Há, ainda, quatro pacientes sob suspeita de Covid-19 internados em enfermaria (03 públicas e 01 privada) e seis pacientes de outros municípios internados em hospital particular, sendo cinco em UTI e um em enfermaria.

Continue lendo

Envie sua sugestão

Clique no botão abaixo e envie sua sugestão para nossa equipe de redação
SUGESTÃO

Empresas & Produtos

Economia & Mercado

Contábil & Tributário

Governo & Legislação

Profissionais & Tecnologias

Mais Lidas da Semana