conecte-se conosco

Eleições 2020

Para forçar aliança com PSD, homens tentam impedir convenção do PP e destratam membros da executiva

Publicado

Um acontecimento inusitado marcou a convenção do Partido Progressista (PP) na noite de ontem, na residência do deputado estadual Paulo Araújo, em Tangará da Serra. O evento que definiu o rumo do partido nas eleições municipais por pouco não foi impedido de ser realizado, numa mostra do quão acirrado deverá ser o pleito de 15 de novembro.

Presidida pelo ex-vereador Amauri Paulo Cervo (foto acima), a executiva do PP iniciava os trabalhos da convenção quando dois homens – identificados como Eusébio Diniz, secretário geral do PP estadual, e Vagner, apontado como assessor do senador Carlos Fávaro – chegaram ao local anunciando que a reunião teria de terminar e que seus atos seriam invalidados por ordem do diretório estadual da legenda.

O motivo da intervenção seria a deliberação da executiva local progressista em acompanhar o MDB, de Wesley Lopes Torres, numa chapa majoritária, através de Amauri Paulo Cervo. A orientação dos assessores de Geller e Fávaro era impedir a aliança com o MDB e forçar a composição com o PSD, cujo candidato é Francisco Clemente.

Leia mais:  Eleições 2020: Partidos realizarão convenções a partir de 31 de agosto; Registros de candidaturas até 29 de setembro

Segundo relatos de pessoas presentes na ocasião, a dupla Eusébio e Vagner estava acompanhada do próprio Francisco Clemente e agiu de forma arrogante, ameaçadora e truculenta. “Agi com firmeza e disse a eles que o nosso diretório estava legal em todos os aspectos e ordenei que se retirassem para que pudéssemos continuar os trabalhos”, relatou Antônio Carlos Barbosa, que integra o diretório local do PP.

Como não obtiveram êxito na investida, os dois homens se retiraram, sendo seguidos por Francisco Clemente. Antes, porém, os assessores de Neri Geller e Carlos Fávaro destrataram, proferindo impropérios, os integrantes da mesa que conduzia a convenção.

Em contato com o Enfoque Business, o presidente do PP em Tangará da Serra, Amauri Paulo Cervo, disse ter ficado perplexo com a atitude da dupla. “Foi um momento triste e repugnante, em que os mais puros princípios democráticos foram aviltados”, lamentou.

Após o episódio, a aliança com o MDB foi referendada pelos progressistas. Em seguida, Amauri Paulo Cervo se dirigiu, juntamente com membros da executiva local do PP, para a Chácara Iracema, no Jardim Rio Preto, onde acontecia a convenção do MDB, para consolidar a chapa majoritária com Wesley Lopes Torres para a disputa eleitoral.

Leia mais:  Derrotado nas urnas, Wesley Lopes Torres deixa legado para Tangará da Serra num setor essencial

O Enfoque Business tentou, por volta das 11h15 desta quarta-feira, ouvir Francisco Clemente sobre o ocorrido, mas os dois números de celular fornecidos por sua assessoria se encontravam desligados ou fora de área.

publicidade

Eleições 2020

Diplomação dos eleitos em Tangará da Serra e Nova Olímpia será virtual, em 17 de dezembro

Publicado

Os prefeitos e vereadores eleitos e suplentes nas eleições de 15 de novembro em Tangará da Serra e Nova Olímpia serão diplomados em cerimônia virtual. É o que diz o edital 121/2020, da Justiça da 19ª Zona Eleitoral, assinado ontem (07/12) pelo juiz eleitoral Ângelo Judai Junior.

O evento será realizado a partir do Cartório da 19ª ZE, a partir das 17hs, através do aplicativo google meet, pelo link meet.google.com/tur-fttr-zfu.

A medida é motivada pelos cuidados relacionados à pandemia da Covid-19. Na sequência, imagem do edital emitido pelo Cartório da 19ª Zona Eleitoral:

 

Leia mais:  Eleições 2020: Partidos realizarão convenções a partir de 31 de agosto; Registros de candidaturas até 29 de setembro
Continue lendo

Envie sua sugestão

Clique no botão abaixo e envie sua sugestão para nossa equipe de redação
SUGESTÃO

Empresas & Produtos

Economia & Mercado

Contábil & Tributário

Governo & Legislação

Profissionais & Tecnologias

Mais Lidas da Semana