TANGARÁ DA SERRA

Saúde Pública

Pandemia e logística: Municípios situados em rotas de rodovias federais apresentam maior incidência de Covid-19

Publicado em

A logística de transporte é um dos fatores que mais influenciam nos números da pandemia do novo coronavírus. Reforçando esta tese, os municípios de Mato Grosso com maior incidência de Covid-19 são os servidos por rodovias federais.

Segundo levantamento do Enfoque Business com base nos últimos dados da Secretaria de Estado de Saúde (SES-MT) e das prefeituras, dos 15 principais municípios do estado, apenas Tangará da Serra e Alta Floresta não estão nas rotas das BR’s, sendo servidas apenas pelas estaduais (MTs).

Dos 10 municípios com incidência acima de 80 pacientes por cada grupo de 10 mil habitantes, somente Tangará da Serra (incidência de 86,63) não figura na rota das estradas federais, mas sua condição de polo regional acaba tornando a cidade mais suscetível em razão da circulação de pessoas e cargas que vem de outras cidades e outros estados.

As outras nove cidades deste grupo possuem entre 89 e 163 casos positivos para cada grupo de 10 mil habitantes e figuram nas rotas das BR’s 070, 163, 174 e 364. Lucas do Rio Verde (foto acima) é o município com maior incidência. (Veja quadro ao final da matéria)

Leia mais:  Campanha da vacinação contra pólio começa dia 15; Rotary defende ampliação da cobertura

Como exemplo da influência das BR’s (ou seja, da logística) nas incidências por Covid-19, cidades menores –  como Rosário Oeste, na rota da BR-364, e Jangada, cortada pela BR-163 – possuem índices altos de incidência. Rosário tem 15 mil habitantes e 167 casos confirmados, o que lhe rende um índice de incidência da Covid-19 na ordem de 111,3 casos em cada grupo de 10 mil. Jangada, por sua vez, tem 7,9 mil habitantes e 59 casos confirmados, o que representa um índice correspondente a 76 caso tivesse 10 mil habitantes.

Subnotificações

Embora figure no boletim epidemiológico da SES-MT com 629 casos confirmados e no site da prefeitura com 719, Sinop tem, na realidade, 1.488 casos confirmados de covid-19. Ocorre que o município separa os casos confirmados dos casos com testagem rápida positiva, que são em número de 769.

Polo regional e município ícone do eixo da BR -163 em Mato Grosso, a ‘Capital do Nortão’ figura, com seus 1.488 casos ‘confirmados e positivos’, na quarta colocação no número de infectados e um índice de 104 pacientes em cada grupo de 10 mil habitantes. O município contabilizava ontem (teça, 07) 546 recuperados e 33 óbitos.

Leia mais:  Campanha da vacinação contra pólio começa dia 15; Rotary defende ampliação da cobertura

Comentários Facebook
Advertisement

Saúde Pública

Campanha da vacinação contra pólio começa dia 15; Rotary defende ampliação da cobertura

Published

on

Começa no próximo dia 15 (segunda-feira) a Campanha Nacional de Vacinação contra a Poliomielite no estado de Mato Grosso. A campanha, que estava prevista para começar no início dessa semana, foi adiada em razão do atraso na remessa das vacinas pelo Ministério da Saúde.

As doses da vacina são custeadas através de parceria de alcance mundial, em ação conjunta liderada pelo Rotary Internacional, através da Iniciativa Global de Erradicação da Pólio. Segundo o governador assistente da região 6 do Distrito 4440 do Rotary, Alfredo Acácio Nuernberg, a cobertura vacinal contra a poliomielite ainda está baixa em Mato Grosso. “Podemos ampliar esta cobertura e vamos levar esta campanha ao conhecimento do público através da Imprensa, das redes sociais e do trabalho dos nossos companheiros de Rotary, divulgando amplamente os dias de campanha de vacinação”, disse o membro rotariano.

Estimativa

De acordo com a secretaria de Estado de Saúde (SES-MT), a estimativa é imunizar 227.559 crianças menores de cinco anos. Até o momento, chegaram 170 mil doses da vacina na Rede de Frio do Estado. Como houve o atraso na remessa, as equipes da Vigilância e Atenção à Saúde da SES não tiveram tempo hábil para organizar a logística e distribuir as doses aos municípios até ontem (segunda, 08). Porém, os trabalhos de recebimento das doses, de conferência da quantidade, na catalogação dos imunizantes e no encaixotamento estão em finalização e a distribuição das doses aos municípios está em vias de iniciar, criando condições para o início da campanha na próxima segunda-feira.

Leia mais:  Campanha da vacinação contra pólio começa dia 15; Rotary defende ampliação da cobertura

Multivacinação

Paralelamente à vacinação contra a poliomielite, o estado promoverá, a partir do dia 15, a campanha de multivacinação para atualização da caderneta da criança e do adolescente menor de 15 anos. Ao todo, serão aplicadas 700 mil doses de vacinas que integram o Calendário Nacional de Vacinação.

Também haverá vacinação, no mesmo período, contra a Covid-19. O Dia “D” de mobilização nacional das duas campanhas está previsto para ocorrer em 20 de agosto, mas os municípios terão autonomia para definir as datas de mobilização para a vacinação de acordo com a realidade local.

Comentários Facebook
Continue Reading

Envie sua sugestão

Clique no botão abaixo e envie sua sugestão para nossa equipe de redação
SUGESTÃO

Empresas & Produtos

Economia & Mercado

Contábil & Tributário

Governo & Legislação

Profissionais & Tecnologias

Mais Lidas da Semana