conecte-se conosco

Turismo & Lazer

Municípios devem preencher o formulário para a atualização do Mapa do Turismo Brasileiro

Publicado

Prefeituras municipais tem até 5 de março para preencher o formulário referente à atualização do Mapa do Turismo Brasileiro. Por meio dele, são estudadas ações com o objetivo de fomentar o setor na região.

Na ficha serão encontradas perguntas como: quais são os dados dos dirigentes municipais, dos conselhos municipais e dos interlocutores do Programa de Regionalização do Turismo (PRT), considerados importantes para atualização do sistema.

Para acessar o formulário, basta acessar o link: https://docs.google.com/forms/d/e/1FAIpQLScNz5yCf_fGY5ih_pW1P_7VjNoStNcBBEMNXHQOyHI_LS355w/viewform

Sobre o Mapa do Turismo:

Instituído em 2013 pelo Ministério Turismo (Mtur), o Mapa do Turismo integra o Programa de Regionalização do Turismo, sendo atualizado a cada 2 anos. Através dele, os municípios podem ter acessos a políticas públicas de incentivo para o setor.

(Assessoria Sedec-MT)

Leia mais:  Atualização das leis é prioridade para o setor turístico
publicidade

Turismo & Lazer

Tangará da Serra: Prefeitura anuncia retomada de projeto turístico na Terra Indígena Rio Formoso

Publicado

A Prefeitura Municipal, por meio da Secretaria Municipal de Cultura e Turismo (Secultur), realizou na manhã desta sexta-feira, dia 26/02, reunião para a retomada do projeto de implementação da atividade turística na Terra Indígena (TI) Rio Formoso, em Tangará da Serra. As atividades do grupo haviam sido suspensas em março do ano passado, em virtude da pandemia do Covid-19.

Reunião aconteceu na sede da Associação Halitinã, com a participação da Secultur, Funai e representante de oito aldeias.

O evento aconteceu na sede da Associação Indígena Halitinã e contou com a participação dos representantes da Secultur, da Fundação Nacional do Índio (Funai) local e das 08 aldeias que compõem a TI Rio Formoso: Aldeias Formoso, Brilhante, Jatobá, JM, 3M, Cachoeirinha, Santa Vitalina e Queimada).

O secretário municipal, Welington Machado Rondon, explica que o turismo em Terra Indígena é normatizado pela Instrução Normativa nº 03/2015 que “estabelece normas e diretrizes relativas às atividades de visitação para fins turísticos em terras indígenas”.

Beleza cênica da TI Formoso impressiona e é desta nacional.

“Para ser implementado, a comunidade indígena precisa apresentar um Plano de Visitação à FUNAI e é neste documento que estamos trabalhando. As discussões sobre o Plano iniciaram-se logo após a publicação da IN, entre os indígenas e a FUNAI, mas só ganharam força em 2019, quando parceiros integraram o grupo e passaram a apoiá-los. A visitação na TI Rio Formoso já acontece há bastante tempo, mas a atual proposta oportunizará a real vivência da cultura indígena e oferecerá mais segurança aos visitantes”, explica o secretário.

Leia mais:  De balneários a pescarias, Mato Grosso tem muitas opções para quem não vai ao Carnaval

Participam da elaboração do Plano de Visitação a Secretaria de Cultura e Turismo de Tangará da Serra, a The Nature Conservancy Brasil – TNC, a FUNAI, a Operação Amazônia Nativa – OPAN, a GARUPA, entre outros.

(Alexandre Rolim/Assessoria de Comunicação)

Continue lendo

Envie sua sugestão

Clique no botão abaixo e envie sua sugestão para nossa equipe de redação
SUGESTÃO

Empresas & Produtos

Economia & Mercado

Contábil & Tributário

Governo & Legislação

Profissionais & Tecnologias

Mais Lidas da Semana