conecte-se conosco


Cidades & Geral

Meteorologia prevê tempo firme com queda na umidade relativa do ar para a região de Tangará da Serra

Publicado

A estiagem começa a apresentar suas características mais marcantes a partir deste mês de junho em grande parte de Mato Grosso em especial da região do Chapadão dos Parecis e a metade sul do estado.

Dias quentes, com baixa umidade relativa do ar, e noites com temperaturas amenas, revelando uma amplitude térmica que poderá representar, em média, 15 graus de diferença nas temperaturas do dia para a noite.

Em Tangará da Serra, as chuvas que ocorreram em maio amenizaram a estiagem que será vivenciada na região entre junho e meados de setembro. Mas a partir desta segunda-feira (08/06) o tempo se mostrará firme. Não há previsão de chuvas para esta semana, segundo previsões dos principais sites de meteorologia do país, como o Clima Tempo, o Cptec/Inpe e o Inmet.

As temperaturas máximas ao longo da semana na cidade da Serra de Tapirapuã chegarão aos 34°C, enquanto às mínimas serão de 16 graus celsius, nas madrugadas. A umidade relativa do ar ficará entre 28% (nas horas mais quentes dos dias) e 72% (madrugadas), com ventos fracos a moderados na direção norte-nordeste. O sol nascerá durante esta semana entre às 06h10 e 06h12, com o ocaso entre às 17h27 e 17h28.

Leia mais:  Domingo é dia de apreciar as delícias da praça de alimentação da Feira do Produtor

publicidade

Cidades & Geral

Brasnorte: Ação na Justiça requer devolução de área e indenização de R$ 10 milhões da JBS

Publicado

O não cumprimento de um acordo entre uma indústria frigorífica e o município de Brasnorte (600 km de Cuiabá) está resultando numa batalha judicial. O município de Brasnorte entrou com uma ação contra a JBS para revogação de doação com pedido de reversão do imóvel.

O motivo seria o não cumprimento de atividade econômica de um frigorífico instalado pela empresa, que estaria operando com apenas 10% da capacidade, frustrando as expectativas do município de fomento à economia quando da doação da área.

Segundo o prefeito de Brasnorte, Edelo Marcelo Ferrari, a verdadeira intenção do pedido é que o frigorífico cumpra sua finalidade.

A ação inclui, ainda, multa de R$ 500 mil reais e R$ 10 milhões em indenizações por danos morais.

Segundo o prefeito de Brasnorte, Edelo Marcelo Ferrari (DEM), a verdadeira intenção do pedido é que o frigorífico cumpra sua finalidade, que é de realizar os abates previstos, gerar emprego e trazer renda para o município. “Nós também temos muito dinheiro investido naquela área, tendo em vista que o município fez toda a terraplanagem além da doação do terreno. Então, mais do que justo seria funcionar e isso não está acontecendo”, explica Ferrari.

Leia mais:  Fake News: Áudio do governador a prefeitos que circula nas redes sociais é de 2021

Desapontamento

Para o presidente do Sindicato Rural de Brasnorte, Cleber José dos Santos Silva, a classe produtora está muito desapontada com a subutilização da planta instalada no município e concorda com a ação imposta pela prefeitura para o cumprimento do TAC. “Hoje nós temos uma pecuária maior e mais forte, fartura de pasto – com a integração de agricultura e pecuária, temos mais de 400 mil cabeças de gado e condições para instalar grandes frigoríficos e confinamentos porque temos uma abundância de grãos dentro do nosso município. Então nós cobramos que haja a responsabilidade do frigorífico de cumprir com este compromisso que ele tem com nosso município ou então deixar a oportunidade para que outras empresas possam explorar o potencial que temos aqui em Brasnorte”, esclareceu Cleber.

(Fonte: Agronews; foto: prefeitura de Brasnorte)

Continue lendo

Envie sua sugestão

Clique no botão abaixo e envie sua sugestão para nossa equipe de redação
SUGESTÃO

Empresas & Produtos

Economia & Mercado

Contábil & Tributário

Governo & Legislação

Profissionais & Tecnologias

Mais Lidas da Semana