conecte-se conosco


Agronegócio & Produção

Exposerra: Melhor média do Torneio Leiteiro fica com produtor da Linha 12

Publicado

O produtor Hiago Matheus Pereira, de 22 anos, foi o grande vencedor do 14º Torneio Leiteiro, realizado durante a Exposerra/2019. Hiago, que tem um plantel da raça girolando no Sítio São José, localidade de Linha 12, na região norte de Tangará da Serra, obteve 67,5 kg de leite (média diária de 22,5 kg) nos três dias do torneio. Como premiação, ele faturou o equivalente a R$ 10 mil em sementes para silagem Biomatrix.

Hiago Matheus Pereira, o vencedor do torneio, ao lado de Evanildo e Silvano, segundo e terceiro colocados.

Em segundo lugar ficou Evanildo da Silva Brito, do Sítio Pantanal – Assentamento Antônio Conselheiro -, que ordenhou 58,75 quilos em três dias, obtendo uma média de 19,5 kg/dia. A terceira colocação ficou com Silvano Rodrigues, do Sítio Nova Esperança, Estrada do Mutum, com um total de 57,7 quilos, média de 19,23 kg/dia.

As ordenhas ocorreram quinta, sexta e sábado, nos estandes de exposição de animais do Parque de Exposições de Tangará da Serra.

Leia mais:  Em Tangará: Senar-MT promove Dias de Campo sobre leite, frutas, hortaliças e flores

O torneio foi organizado pelo Sindicato Rural de Tangará da Serra, em parceria com FAMATO e patrocínio de TratorTecMaq, Reafrio, Premix, e Laticínio Vital. A programação incluiu palestra sobre manejo ministrada por Fabrício Moratelli, representante da Reafrio, indústria de equipamentos de ordenha mecânica e resfriadores.

Participantes do torneio, com organizadores e patrocinadores: 14º Torneio Leiteiro incentivou atividade.

O coordenador do evento, zootecnista Sebastião Guedes Maciel, avaliou o torneio como uma mostra de que a atividade leiteira tem boas perspectivas, com amplo espaço para crescimento. “As médias não foram das melhores. Este ano foram as mais baixas que tivemos, mas há fatores que contribuíram para este baixo rendimento, como a forte estiagem, o preço baixo do leite e o custo mais alto. Mas a atividade continua e creio que uma média acima dos 15 quilos de leite, pra mim, é fundamental”, disse Maciel.

Um dos participantes e segundo colocado no torneio, Evanildo da Silva Brito, revela que sua média na propriedade é de 23 kg/dia. Ele fornece para um laticínio localizado em Arenápolis e aposta na melhoria da atividade, apontando para algumas condições, como o aprimoramento genético dos plantéis e preços mais atrativos. “Eu espero por um fortalecimento da atividade, por isso sigo produzindo, pesquisando, conhecendo novas técnicas e novas tecnologias. O mercado quer mais, e isso nos incentiva a continuar”, disse.

Leia mais:  Em Tangará: Senar-MT promove Dias de Campo sobre leite, frutas, hortaliças e flores

(Veja galeria de fotos clicando no link ao final da matéria)

Saul Francisco, do Sindicato Rural: “Produzir leite é uma tarefa nobre”.

Representando o Sindicato Rural, o pecuarista Saul Francisco de Souza e Silva também acredita na atividade. “Produzir leite é uma tarefa nobre e nunca pode faltar, pois é um alimento de consumo diário, incluindo os seus derivados. Estes produtores que participaram do 14º Torneio Leiteiro são testemunhas de que a atividade vale a pena”, observou.

 

 

Palestra sobre manejo, com Fabrício Moratelli, da Reafrio, integrou programação.

(*) Clique no link abaixo para mais fotos do 14º Torneio Leiteiro:

Fotos do 14º Torneio Leiteiro da Exposerra/2019

(*) Texto e fotos: Amanda Reichert e Sergio Roberto

publicidade

Agronegócio & Produção

Em Tangará: Senar-MT promove Dias de Campo sobre leite, frutas, hortaliças e flores

Publicado

A Assistência Técnica e Gerencial (ATeG) do Serviço Nacional de Aprendizagem Rural de Mato Grosso (Senar-MT), em parceira com o Sindicato Rural, realizará a partir desta sexta-feira (01.07), quatro Dias de Campo em Tangará da Serra.

Ao todo serão realizados 100 dias de campo em todo o estado. Os encontros iniciaram e junho e seguem até o dia 14 de julho, com o objetivo de divulgar os resultados já obtidos nas propriedades e reunir os produtores rurais atendidos. Por dia, até nove eventos serão realizados de forma simultânea pelo estado abrangendo as mais diversas cadeias produtivas atendidas pela ATeG em Mato Grosso. Dentre elas estão pecuária de leite, pecuária de corte, olericultura, piscicultura, fruticultura, floricultura, ovinocultura, apicultura etc.

Em Tangará da Serra, de acordo com o Supervisor da ATeG Senar, Thiago Salapata, os Dias de Campo iniciam nesta sexta-feira, dia 1º de julho, com “Bovinocultura de leite” e segue no sábado, 2, com ‘Floricultura’. Na segunda e terça-feira, dias 4 e 5, serão realizados os outros dois eventos, tratando sobre ‘Olericultura’ e ‘Fruticultura’.

Leia mais:  Em Tangará: Senar-MT promove Dias de Campo sobre leite, frutas, hortaliças e flores

“Tangará da Serra contém essas quatro cadeias já sendo assistidas pela Assistência Técnica e será presenteada com esses Dias de Campo”, afirma,

ao destacar que em todos os dias, além de temas específicos relacionados a cadeia, falarão também sobre primeiros socorros na zona rural.

“Em todos os Dias de Campo temos uma estação específica, que são os primeiros socorros, que a gente viu a necessidade no campo, pois muitas vezes os cuidados iniciais que possam ser feitos, aumentam as chances de a pessoa chegar com vida até o socorro médico ou evita um agravamento maior por causa de algum acidente com animais peçonhentos, algum envenenamento na propriedade que possa ocorrer, por exemplo”.

As atividades serão realizadas em propriedades rurais atendidas pela Assistência Técnica e Gerencial. A participação é aberta ao público e destinado a todos os produtores rurais – mesmo que não sejam atendidos pela ATeG – profissionais da área, parceiros e estudantes. Os interessados devem procurar o Sindicato Rural.

  • Data: 01/07 (sexta-feira):
Leia mais:  Em Tangará: Senar-MT promove Dias de Campo sobre leite, frutas, hortaliças e flores

DIA DE CAMPO “BOVINOCULTURA DE LEITE”

Horário: das 7h30 às 11h30

Local: Sítio São Gabriel/ Gleba São Paulo

 

  • Data: 02/07 (sábado)

DIA DE CAMPO FLORICULTURA

Horário: das 7h30 às 11h30

Local: Chácara Imperial/ Comunidade São José

 

  • Data: 04/07 (segunda-feira)

DIA DE CAMPO OLERICULTURA

Horário: das 7h30 às 11h30

Local: Chácara Santo Expedito/ Comunidade São José

 

  • Data: 05/07 (terça-feira)

DIA DE CAMPO FRUTICULTURA

Horário: das 7h30 às 11h30

Local: Sítio Dois Irmãos/ Comunidade Córrego das Pedras

 

(Fonte: Sindicato Rural de Tangará da Serra e Diário da Serra)

Continue lendo

Envie sua sugestão

Clique no botão abaixo e envie sua sugestão para nossa equipe de redação
SUGESTÃO

Empresas & Produtos

Economia & Mercado

Contábil & Tributário

Governo & Legislação

Profissionais & Tecnologias

Mais Lidas da Semana