conecte-se conosco


Infraestrutura & Logística

Estradas: Trecho entre Denise e Diamantino quase totalmente recuperado

Publicado

Depois de anos a fio em péssimo estado, o trecho de rodovias entre Denise e Diamantino encontra-se em boas condições de trafegabilidade. O trajeto de pouco mais de 90 quilômetros foi percorrido pela reportagem do Enfoque Business esta semana.

A percorrer o trajeto, a reportagem constatou a recuperação quase que total do trecho da MT-246 entre Denise e o entroncamento com a MT-240, em Arenápolis. Na continuidade, o trajeto entre Nortelândia e Diamantino também se encontra em ótimas condições, com nova capa asfáltica, mas ainda sem a devida sinalização horizontal.

Já entre Arenápolis e Denise, a pista ainda está em obras, com estaqueamento e camada de regularização, aguardando apenas o revestimento. Apesar deste trabalho, a estrada já se encontra em boas condições. As mesmas boas condições também podem ser percebidas na saída de Denise em direção à localidade de Assari, já em Barra do Bugres, no entroncamento com as MTs 343 e 358.

Entre Arenápolis e Denise, a pista ainda está em obras, com estaqueamento e camada de regularização, aguardando apenas o revestimento.

Segundo informações da Secretaria de Estado de Infraestrutura e Logística (SINFRA), as obras no conjunto da MT-246 e MT-240 se incluem no pacote dos R$ 80 milhões oriundos de recursos federais e do FETHAB para rodovias que dão acesso a Barra do Bugres, Denise, Arenápolis, Diamantino e Tangará da Serra, beneficiando mais de 200 mil pessoas.

Leia mais:  Governo prevê geração de 235 mil empregos durante construção de ferrovia estadual

De acordo com informações repassadas pelo governo do estado, os serviços estavam totalmente parados há praticamente um ano e, para garantir a conclusão da revitalização, a SINFRA autorizou a contratação de nova empresa para executar a obra. A restauração é aguardada há mais de cinco anos pela população de Denise e vai beneficiar de forma direta mais de 10 mil pessoas.

publicidade

Infraestrutura & Logística

MT-240: rescisão com empreiteira é publicada pelo governo no diário oficial do estado

Publicado

O governo estadual – através da Secretaria de Estado de infraestrutura (SINFRA-MT) – formalizou o rompimento do contrato com a Construtora Centro Leste S/A, que era responsável pelas obras de pavimentação da rodovia MT-240, entre Tangará da Serra e Santo Afonso.

O rompimento foi oficializado na edição de ontem (quinta, 20), com publicação do extrato de rescisão unilateral do contrato 023/2021/06/01/SINFRA no Diário Oficial do Estado (imagem acima).

Segundo Edilson Sampaio, que coordena as obras pela Associação dos Produtores da MT-240, o contrato foi rescindido por problemas técnicos na execução dos trabalhos. “Houve duas notificações para que a empresa regularizasse suas operações, mas o governo e a associação optaram pela substituição. Temos uma responsabilidade muito grande com os produtores e os cidadãos que vivem naquela região”, esclareceu.

Anseio antigo

Sampaio destaca que a pavimentação da MT-240 é um anseio antigo dos municípios de Tangará da Serra e Santo Afonso. “A produção agropecuária daquela região tem apresentado índice elevado de crescimento. São mais de 15 mil hectares cultivados de soja e milho, mais a pecuária de corte, e a tendência é de um crescimento ainda maior… Então, a responsabilidade é muito grande e por isso foi tomada esta providência”, disse.

Edílson: “A responsabilidade é muito grande e por isso foi tomada esta providência”.

Edilson citou, ainda, que a região também conta com o assentamento Nossa Senhora Aparecida, que reúne cerca de 70 famílias de pequenos agricultores que produzem hortifrutigranjeiros, lavoura branca, além de frangos, leite e pequenos animais.

Leia mais:  Cuiabá-Várzea Grande: Sancionada Lei aprovada pela AL autorizando troca do VLT pelo BRT

Consórcio

A rescisão do contrato com a Centro Leste, na prática, já ocorreu em dezembro. Com isto, a SINFRA-MT prepara a documentação do consórcio ENPA/LCM, que deverá assumir nos próximos dias as obras de pavimentação da MT-240. A nova empresa é a terceira colocada no certame licitatório realizado pelo Estado para execução dos trabalhos.

Continue lendo

Envie sua sugestão

Clique no botão abaixo e envie sua sugestão para nossa equipe de redação
SUGESTÃO

Empresas & Produtos

Economia & Mercado

Contábil & Tributário

Governo & Legislação

Profissionais & Tecnologias

Mais Lidas da Semana