conecte-se conosco


Agro News

Cursos de boas práticas em aplicação aérea e terrestre iniciam na próxima semana

Publicado

Doze municípios de Mato Grosso recebem o treinamento entre 02 e 11 de julho

A Associação dos Produtores de Soja e Milho de Mato Grosso (Aprosoja) realiza, de 02 a 11 de julho, o treinamento “Tecnologia de Aplicação Aérea e Terrestre”, em 12 municípios de Mato Grosso. O curso é uma parceria com a Syngenta e será ministrado pelo professor Ulisses Guimarães, do Departamento de Engenharia Rural da Faculdade de Ciências Agronômicas da Universidade Estadual de São Paulo (Unesp), campus Botucatu.
Os municípios que receberão o treinamento são: Tangará da Serra (02/07), Campos de Júlio (03/07), Sapezal (03/07), Campo Novo do Parecis (04/07), Diamantino (04/07), Tapurah (05/07), Sorriso (05/07), Cláudia (06/07), Alto Garças (09/07), Itiquira (10/07), Jaciara (11/07) e Primavera do Leste (11/07).
O treinamento teórico terá uma hora e abordará tanto aplicação aérea como terrestre. Os temas serão: boas práticas, geração de gotas, cobertura e deposição, risco de deriva e interferências das caldas no desempenho da tecnologia da aplicação.
No caso da parte prática, cada região escolheu previamente se o curso seria focado na aplicação terrestre ou aérea. A duração é de duas horas. No caso da aplicação aérea, os alunos aprenderão sobre calibração da aeronave, ajustes dos parâmetros da pulverização e o risco de deriva. Já na aplicação terrestre, a abordagem será sobre regulagem de bico e barra e risco de deriva.
“O objetivo do treinamento é ensinar e difundir práticas para aperfeiçoar os recursos e reduzir impactos em sistemas de produção agrícola. Poderão participar produtores rurais, aplicadores e pessoas ligadas ao agronegócio”, explica a gerente de Pesquisa e Gestão de Propriedades da Aprosoja, Cristiane Sassagima.
Mais informações – Os interessados poderão tirar dúvidas com os supervisores de projeto de cada região, na sede da Aprosoja em Cuiabá e com os representantes técnicos de vendas da Syngenta nas regiões. O treinamento é gratuito e não é necessário fazer inscrição antecipada.
Locais dos cursos:

 

Leia mais:  Aquisição de sementes terá orçamento de R$ 7 milhões e novos critérios em 2018

Data

Horário

Municípios

Aula teórica

Aula prática

02/07

14h às 17h

Tangará da Serra

Hangar da Fazenda Jatobá

Faz. Jatobá

03/07

8h às 12h

Campos de Júlio

Faz. Simarelli – Grupo Bom Futuro

Faz. Simarelli – Grupo Bom Futuro

14h às 17h

Sapezal

Faz. Encantado I

Faz.  Encantado I

04/07

8h às 12h

Campo Novo do Parecis

Sindicato Rural

Faz.  Nossa Senhora Aparecida

14h às 17h

Diamantino

Faz. Hervalense

Faz.  Hervalense

05/07

8h às 12h

Tapurah

Sindicato Rural

Faz.  Verde Vale

14h às 17h

Sorriso

Sindicato Rural

Faz.  Bela Vista I

06/07

8h às 12h

Cláudia

NAC (Núcleo Avançado de Capacitação)

Parque de Exposição

09/07

14h às 17h

Alto Garças

Faz. Prata II

Faz.  Prata II

10/07

8h às 12h

Itiquira

Faz. Esperança

Faz.  Esperança

11/07

8h às 12h

Jaciara

Faz. Entre Rios

Faz.  Entre Rios

14h às 17h

Primavera do Leste

À definir

À definir

 

publicidade

Agro News

Temer e Maggi participam de solenidade que marca início da execução do Plano Safra

Publicado

O ministro da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, Blairo Maggi, participou na manhã desta quarta-feira (4) de cerimônia do Banco do Brasil, marcando o início da execução do Plano Agrícola e Pecuário (PAP) 2018/2019, que teve a presença do presidente da República Michel Temer. Em seu discurso, o ministro destacou o consenso que marcou a negociação entre setores do governo e demandas dos representantes do setor privado para elaborar o plano neste ano.

“Sabíamos onde poderíamos chegar, em função do limite do teto de gastos e, com amplo diálogo, chegamos a bom termo, aumentando o volume de recursos, reduzindo juros e ainda criando novos programas”, disse Blairo Maggi sobre o PAP anunciado no último mês com volume de R$ 194,37 bilhões, dos quais cerca de 60% são operados pelo Banco do Brasil.

Sobre a importância do banco para o Plano safra, o ministro destacou que “além de importante colaborador na construção das diretrizes do plano, que é um processo de intensa negociação, a instituição faz o crédito chegar aos mais distantes rincões do Brasil, apoiandoo pequeno produtor e fomentando o desenvolvimento dos médios e grandes”.

Leia mais:  Mais de 300 agricultores participam de cursos do Soja Plus no 1º semestre de 2018

O presidente Michel Temer enfatizou a importância do agronegócio brasileiro e o reconhecimento que esse setor tem no exterior, especialmente em função dos avanços tecnológicos propiciados por pesquisas da Embrapa.
O presidente do BB, Paulo Caffarelli, lembrou o papel que o agro tem para a instituição, respondendo por mais de 30% da carteira de crédito do banco e a tradição que o Banco do Brasil tem nesse setor.

Nei Marques Moreira foi primeiro cliente a assinar o contrato do plano safra com o BB, durante o evento.

Mais informações à imprensa:Coordenação-geral de Comunicação Social
[email protected]

 

Continue lendo

Envie sua sugestão

Clique no botão abaixo e envie sua sugestão para nossa equipe de redação
SUGESTÃO

Empresas & Produtos

Economia & Mercado

Contábil & Tributário

Governo & Legislação

Profissionais & Tecnologias

Mais Lidas da Semana