conecte-se conosco


Saúde Pública

COVID-19: Estado soma 221 infectados e 07 óbitos; País tem alta de 8% nos casos e 14% nas mortes pela pandemia

Publicado

O Ministério da Saúde divulgou na tarde desta quinta-feira (23) boletim que mostra elevação nos percentuais de novos casos de infecção e mortes pela COVID-19. Ao todo, são 49.492 casos confirmados e 3.313 óbitos causados pela doença em todo o país.

(*) Veja, ao final do texto, quadro completo por estado.

Os novos números indicam 3.735 novos pacientes infectados e 407 mortes, que representam respectivos percentuais de 8,2% e 14% de avanço da pandemia. A taxa de letalidade também subiu, para 6,7%.

O percentual de novos casos é o maior em cinco dias. Em 18 de abril, o índice de elevação do número de infectados ficou em 8,66%. Já o percentual de novos óbitos supera os índices registrados nos últimos nove dias, já que em 14 de abril o índice foi de 15,36%.

MT e Tangará da Serra

A Secretaria de Estado de Saúde (SES-MT) notificou, até a tarde desta quinta-feira (23.04), 221 casos confirmados da Covid-19 em Mato Grosso, sendo registrados sete óbitos em decorrência do coronavírus. A sétima morte foi notificada nesta quinta-feira pelo município de Rondonópolis.

Leia mais:  Município aguarda nova portaria confirmando habilitação de 13 leitos de UTI’s e 49 clínicos; Famvag assume oficialmente na segunda-feira

Em comparação com os números de ontem (22.04), Mato Grosso teve o quadro de infecções na pandemia agravado em 20,8%. São 38 novos casos de infectados, que somados aos 183 de ontem, totalizam 221 nesta quinta-feira.

(*) Veja abaixo quadro com os números de Mato Grosso:

Os casos confirmados estão em Cuiabá (108), Rondonópolis (35), Sinop (14), Várzea Grande (12), Primavera do Leste (6), Tangará da Serra (5), São José dos Quatro Marcos (5), Mirassol D’Oeste (5), Cáceres (4), Barra do Garças (3), Rio Branco (2), Jaciara (2), Aripuanã (2), Vila Bela da Santíssima Trindade (1), União do Sul (1), Pontes e Lacerda (1), Pontal do Araguaia (1), Nova Mutum (1), Nova Monte Verde (1), Lucas do Rio Verde (1), Lambari D’Oeste (1), Ipiranga do Norte (1), Conquista D’oeste (1), Confresa (1), Canarana (1), Campo Novo do Parecis (1), Alta Floresta (1) e residentes de outros Estados (4).

Nas últimas 24 horas, surgiram 16 confirmações nos municípios de Cuiabá (6), Rondonópolis (2), Sinop (1), Várzea Grande (1), Primavera do Leste (2), São José dos Quatro Marcos (1), Jaciara (1), Pontal do Araguaia (1) e Confresa (1).

Leia mais:  Em Mato Grosso, 12% se recuperam da COVID-19; Em Tangará da Serra, 03 casos suspeitos são de internados

Dos 221 casos confirmados da Covid-19 em Mato Grosso, 88 estão em isolamento domiciliar e 109 estão recuperados. Há ainda 17 pacientes hospitalizados, sendo 11 em Unidade de Terapia Intensiva (UTI) e seis em enfermaria.

Em Tangará da Serra, o quadro de infectados permanece inalterado, seguindo com os mesmos cinco registros positivos de pacientes (mas com pacientes já curados) e nenhum óbito.  As notificações com suspeitas subiram para 125, mas com 104 descartes (83%). Outros 16 casos seguem em investigação.

Abaixo, veja quadro geral por estado:

publicidade

Saúde Pública

Tangará da Serra divulga 1ª lista de crianças de 5 a 11 anos para vacinação

Publicado

A Secretaria Municipal de Saúde de Tangará da Serra divulgou na tarde desta quinta-feira, dia 20/01, a 1ª Lista de Convocação de crianças com idade entre 05 e 11 anos, com comorbidade ou deficiência permanente, para receberem a vacina contra a COVID-19.

A vacinação ocorrerá entre as 8h e as 10h30 da manhã desta sexta-feira, dia 21/01, na Escola Especial Raio de Sol (APAE).

A secretária municipal de Saúde, Gicelly Zanatta, explica que nesta primeira etapa serão vacinadas as crianças atendidas pela APAE e outras 40 crianças cujos nomes estão na lista ao final do texto.

Documentos necessários

Para vacinar as crianças, os pais devem ficar atentos aos documentos necessários:
– Cartão de vacinação da criança;
– Comprovante da comorbidade (pode ser laudo, receituário, pedido médico de vacina);
– Documento de identificação da criança (pode ser a certidão de nascimento ou RG) ;
– CPF ou cartão SUS;
– Documento do adulto comprovando que é responsável legal pela criança.

Xepa

Leia mais:  Covid-19: Mato Grosso registra 9.262 casos e 341 óbitos; Tangará da Serra é a sexta cidade em número de casos

A Secretaria de Saúde também passará a adotar uma “xepa” para atender o máximo possível de crianças com a vacinação. “Caso haja alguma criança, que não está nesta lista, que tenha alguma comorbidade ou deficiência permanente e que possa ir na APAE das 8h às 10h30, mesmo que não tenha cadastro, que faremos uma xepa para atender essas crianças”, disse.

(Assessoria de Comunicação)

Veja a lista:

Continue lendo

Envie sua sugestão

Clique no botão abaixo e envie sua sugestão para nossa equipe de redação
SUGESTÃO

Empresas & Produtos

Economia & Mercado

Contábil & Tributário

Governo & Legislação

Profissionais & Tecnologias

Mais Lidas da Semana