conecte-se conosco


Cidades & Geral

Semana do Brasil: Comércio abre neste sábado até às 18hs; Baixa renda receberá máscaras

Publicado

O comércio de Tangará da Serra atenderá neste sábado até às 18hs por ocasião da Semana do Brasil. O horário especial está autorizado pelo Decreto 381/2020, que também permite o funcionamento dos estabelecimentos em horário especial de segunda a sexta, até às 20hs, no período de duração da campanha, que vai até 13 de setembro.

A Semana do Brasil é projeto do Governo Federal lançado em 2019 com o objetivo de alavancar a economia e, de quebra, fortalecer o sentimento patriótico na população. É organizada pela Confederação Nacional de Dirigentes Lojistas e em Tangará da Serra está sob liderança da Câmara de Dirigentes Lojistas (CDL), entidade que congrega mais de 700 empresas do município e da região anexa.

No período, os estabelecimentos participantes adotarão decoração verde amarela, em alusão ao 07 de setembro, dia da Independência. Os descontos e as promoções são de livre definição dos estabelecimentos participantes.

Máscaras

Também durante a Semana do Brasil, a CDL distribuirá máscaras a estabelecimentos associados localizados nos bairros com famílias enquadradas como baixa renda. A distribuição deverá ocorrer a partir da próxima terça-feira, contemplando exclusivamente consumidores de baixa renda que realizarem compras nos estabelecimentos.

Leia mais:  IBGE: Amazônia e Cerrado perderam 422 mil km² de vegetação de 2000 a 2018; Pantanal perdeu 210 mil hectares

Ao todo, serão cerca de 400 máscaras distribuídas entre os estabelecimentos sediados em bairros como o Alto da Boa Vista, Bela Vista, Morada do Sol, Residencial Barcelona, Residencial Valência, Jardim San Diego, Jardim Presidente, Vila Esmeralda, entre outros.

publicidade

Cidades & Geral

Centro de Eventos: Ajustes no projeto e divergência forçaram paralização; Obras prosseguem

Publicado

A paralisação verificada esta semana nas obras do Centro de Eventos, em Tangará da Serra, foram motivadas por ajustes no projeto e divergência funcional. Uma equipe de técnicos, com um engenheiro, esteve ontem na cidade para regularizar as duas situações e dar prosseguimento às obras.

Segundo o secretário municipal de Turismo, Wellington Rondon, a equipe informou que a cobertura será toda pré-moldada, com fabricação das estruturas em Cuiabá. “Houve ajustes no projeto e começaram a fabricação”, disse o secretário, conforme as informações que recebeu.

Equipe da empreiteira responsável pelas obras avalia adequações no projeto do Centro de Eventos (Foto: SEDEC/SEADTUR).

Outro problema que forçou a paralisação temporária das obras – segundo informações repassadas pelo secretário de Indústria e Comércio do município, Silvio Sommavilla – diz respeito a divergências funcionais com um colaborador, que acabou sendo substituído pela empreiteira.

Obra

O Centro de Eventos de Tangará da Serra está sendo construído pelo Governo do Estado de Mato Grosso, através da SEDEC/SEADTUR, com recursos do Programa de Desenvolvimento Sustentável de Turismo (PRODESTUR), via Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES).

Leia mais:  Petrobrás comunica redução do preço da gasolina em R$ 0,1420 a partir deste sábado

Novela

Com projeto concebido e aprovado em 2012 e obras iniciadas em 2016, o Centro de Eventos de Tangará da Serra teve suas obras paralisadas por diversas vezes, seja por ineficiência e atrasos nos repasses do governo à empresa responsável, seja por problemas técnicos das empreiteiras.

Desta vez, a paralisação foi motivada por necessidade de ajustes no projeto, mas terão continuidade.

Estrutura

O Centro de Eventos representará uma nova fase para Tangará e região no turismo de negócios. Os grandes eventos voltados a qualquer setor (agropecuária, indústria, tecnologia, serviços, educação, meio ambiente, etc.) proporcionarão fluxos importantes de visitação aos pontos turísticos existentes no município.

Com uma área física projetada de 3,8 mil metros quadrados e capacidade para comportar até oito eventos simultâneos, o Centro de Eventos terá estrutura interna com ilhas de WC, cozinha, varanda de serviços, depósitos, dependência administrativa, área para carga e descarga e espaço para câmara fria. Haverá, também, uma área externa de 9 mil metros quadrados para eventos como o Carnaval e outros de grande porte. O estacionamento contará com cerca de 450 vagas.

Leia mais:  Pecuaristas da região oeste de MT amargam prejuízos com morte de dezenas de cabeças de gado em razão do frio

A gestão do espaço e a captação de eventos deverá ser de responsabilidade um ‘convention bureau’, espécie de autarquia formada por representantes do trade turístico e do poder público.

Continue lendo

Envie sua sugestão

Clique no botão abaixo e envie sua sugestão para nossa equipe de redação
SUGESTÃO

Empresas & Produtos

Economia & Mercado

Contábil & Tributário

Governo & Legislação

Profissionais & Tecnologias

Mais Lidas da Semana