TANGARÁ DA SERRA

Cidades & Geral

Sem previsão de chuvas, meteorologia prevê calor e secura nas próximas duas semanas em Mato Grosso

Publicado em

Nada de chuva, baixa umidade relativa do ar, poeira, amplitude térmica acentuada, alto risco de ocorrência de queimadas. Estas são as principais características climáticas que todas as cidades de Mato Grosso estão enfrentando neste período.

É o resultado de uma grande massa de ar seco que predomina em grande parte do país, especialmente no Centro Oeste, um fenômeno que reincide todos os anos, de junho a agosto.

Nesta fase do ano, as condições de calor e secura favorecem a ocorrência de queimadas, como aconteceu no último final de semana, quando uma grande queimada ocorrida no Pantanal e fez a fumaça cobrir a capital, Cuiabá, e chegar até a Serra de Tapirapuã.

Na região de Tangará da Serra, o dia amanheceu com uma temperatura mais amena, mas os termômetros experimentarão uma escalada ao longo do dia. De hoje (quarta, 29) até domingo, as temperaturas máximas deverão chegar a 35 graus. Mas a partir da próxima semana, até meados da segunda semana de agosto, a região poderá registrar calor de até 40°C.

Leia mais:  Tangará da Serra: Membros do Conselho Fiscal do PSA foram empossados na última quinta

A amplitude térmica (diferença de temperaturas entre o dia e a noite) será acentuada no período, podendo ser de até 21 graus centígrados. Esta é uma característica de clima desértico: altas temperaturas durante o dia e queda considerável nas madrugadas.

Não há previsão de chuvas para as próximas duas semanas. A umidade relativa do ar chega a níveis muito baixos, em torno dos 14% nas horas mais quentes do dia.

Comentários Facebook
Advertisement

Cidades & Geral

Feira do Centro: Com preço atrativo e qualidade, abacaxi é opção em fruta para o consumidor

Published

on

As frutas de estação sempre são destaque na Feira do Produtor do Centro e o abacaxi já desponta, a partir deste mês de agosto, com suas primeiras colheitas realizadas pelo pequeno produtor.

O abacaxi é uma tradição em Tangará da Serra. É opção de sabor e fonte de energia para a saúde de quem consome esta fruta tipicamente sul-americana. Pode ser consumido in natura, em sucos e drinques. É ingrediente rico para doces, compotas, geleias, bolos e tortas. Vai muito com um bom churrasco, assado na brasa, com canela e outras especiarias. (Veja receitas ao final do texto)

O abacaxi ocorre em toda região de planície da América do Sul, sendo historicamente apreciada pelos povos indígenas. É considerada uma “superfruta” por estudiosos e profissionais de nutrição em virtude da sua ampla gama de benefícios, sendo uma grande fonte de vitaminas, minerais e substâncias funcionais, como compostos bioativos, água e fibras.

De sabor marcante e exclusivo, ricamente adocicado, o fruto ajuda a evitar o desenvolvimento de doenças graves, combate estresse, melhora a saúde mental, fortalece os músculos, reduz inchaços e contribui para o bom funcionamento do organismo. De quebra, fortalece a imunidade, melhora a digestão, previne infecções, diminui e retarda o envelhecimento.

Leia mais:  Câmara: Projeto responsabiliza agressor pelas despesas nos casos de violência doméstica

“É uma fruta que temos em abundância aqui na Feira, é produzida por muitos dos nossos feirantes com a qualidade de sempre e preço muito em conta”, diz o presidente da Associação dos Feirantes de Tangará da Serra (Asfet), Valdeci Ferraz Aquino.

Nos boxes

Produzido em Tangará da Serra no Assentamento Antônio Conselheiro – agrovilas 04 e 07 e nos 40 lotes – e também em Progresso, São Joaquim e na região das Cabeceiras do Queima Pé, o abacaxi é facilmente encontrado na Feira do Centro, no setor de hortifruti.

Veja 65 receitas com abacaxi no link abaixo:

65 receitas com abacaxi adocicadas e azedinhas na medida certa

Comentários Facebook
Continue Reading

Envie sua sugestão

Clique no botão abaixo e envie sua sugestão para nossa equipe de redação
SUGESTÃO

Empresas & Produtos

Economia & Mercado

Contábil & Tributário

Governo & Legislação

Profissionais & Tecnologias

Mais Lidas da Semana