TANGARÁ DA SERRA

Trabalho & Capacitação

SEAPA, Sindicato Rural e SENAR oferecem curso sobre produção de leite com qualidade

Publicado em

A Secretaria Municipal de Agricultura, Pecuária e Abastecimento (SEAPA), em parceria com o Sindicato Rural e o SENAR, oferecem curso com foco na produção de leite com qualidade. As inscrições estão abertas e devem ser feitas através dos telefones 99997-4094 ou 3325-0142. As vagas são limitadas.

O objetivo do curso é incentivar a produção de leite com qualidade conforme as instruções normativas vigentes.

O curso ocorrerá entre os dias 30 de agosto e 01 de setembro, das 7h30 às 17h30, com carga horária de 24 horas, na Unidade Experimental da SEAPA, localizada anexo à Escola Agrícola de Tangará da Serra.

O treinamento é gratuito.

(Veja anúncio abaixo)

Comentários Facebook
Advertisement

Trabalho & Capacitação

Capacitação: Mais 50 jovens ingressam no Programa de Aprendizagem Nível Técnico

Published

on

Mais duas turmas de 25 participantes cada, entraram para o Programa de Aprendizagem Nível Técnico. Desta vez, os participantes vão ter aulas dentro do Grupo Bom Futuro, um dos parceiros deste projeto. Uma formará profissionais para atuarem na área de administração com ênfase na tecnologia da informação (TI), e a outra no desenvolvimento de sistemas.

O programa de Aprendizagem Nível Técnico é desenvolvido pelo Serviço Nacional de Aprendizagem Rural de Mato Grosso (Senar-MT), com o apoio do Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (Senai). Conta ainda com as grandes empresas do setor agropecuário como parceiras. É um programa para atender à Lei da Aprendizagem número 10.097/2000, no âmbito rural. O Senar é o responsável por possibilitar a formação teórica/prática dos estudantes.

A parceria com o Senai-MT se concretizou por meio de um Termo de Cooperação Técnica. O Programa de Aprendizagem Rural é destinado para pessoas de 18 a 24 anos que tenham concluído o ensino médio e sejam contratadas na modalidade de jovens aprendizes pelas propriedades rurais.

O superintendente do Senar-MT, Francisco Olavo Pugliesi de Castro, conhecido como Chico da Paulicéia, enfatiza que este programa está dando bons frutos. “É uma oportunidade para os jovens terem acesso ao conhecimento de qualidade e de forma gratuita”.

Já para o diretor de operações, Carlos Augusto Zanata, popularmente chamado de Guto Zanata, a dica é aproveitar tudo o que o programa oferece e investir nas aulas práticas. “Dediquem-se. O mercado está carente de mão de obra e, em busca de profissionais como vocês”.

O diretor de serviços compartilhados do Grupo Bom Futuro, Leonardo Rossato, destaca o potencial de Mato Grosso e o que a empresa tem para oferecer a estes  jovens. “Estudem, pratiquem e explorem tudo o que estiver à disposição. Estamos recebendo vocês e queremos vê-los crescer. Todos estão tendo a mesma oportunidade. Se destacar depende de cada um de vocês”.

O gerente de Recursos Humanos, da Bom Futuro, Tiago Goecks acrescenta que mais que os jovens, os pais também estão felizes por verem seus filhos num Programa como o de Aprendizagem Nível Técnico. “Honrem esta oportunidade e a família de vocês, porque o grupo Bom Futuro é uma família”. Goecks anunciou ainda que haverá várias palestras sobre as oportunidades que o grupo oferece.

Palavra dos participantes

Emily Natalia de Brito Siqueira, 20 anos. – “O que mais chamou a atenção foi ter a oportunidade de me capacitar dentro do Grupo Bom Futuro. Escolhi fazer administração. É uma área que eu gosto muito. Meu sonho profissional é ser uma gestora administrativa. É crescer profissionalmente dentro da Bom Futuro. Receber a capacitação ofertada pelo Senar é a realização de um sonho”.

Vinícius Emanoel Menezes de Rodrigues, 18 anos (na foto, ao centro).  “Moro em Cuiabá, mas vim de Mossoró (RN) e, por lá temos a Bom Futuro como referência dentre as melhores empresas para se trabalhar. Então quando fiquei sabendo destas vagas corri para me inscrever. Escolhi o curso de desenvolvimento de sistemas. É uma área que gosto. Quero me profissionalizar e dar o meu melhor”.

Bruno Zagato Guedes Reis, 18 anos. “Fiquei sabendo desta oportunidade por meio de uma amiga. Eu já me interessava pela área de desenvolvimento de sistemas, e quando tive conhecimento da vaga, ainda mais de uma empresa como a Bom Futuro eu quis participar. Meu sonho como profissional é ser alguém de notoriedade na área”.

(Ascom Senar-MT)

Comentários Facebook
Continue Reading

Envie sua sugestão

Clique no botão abaixo e envie sua sugestão para nossa equipe de redação
SUGESTÃO

Empresas & Produtos

Economia & Mercado

Contábil & Tributário

Governo & Legislação

Profissionais & Tecnologias

Mais Lidas da Semana