TANGARÁ DA SERRA

Política & Políticos

Pleito suplementar, aeroporto e emendas motivam nova visita de Geller a Tangará da Serra

Publicado em

O deputado federal Neri Geller (PP) estará novamente em Tangará da Serra na próxima segunda-feira (13), segundo anunciou à rádio Serra FM na manhã desta sexta-feira (10). A visita tem múltipla motivação: começa pela questão de emendas parlamentares e passa pela abordagem sobre investimentos no aeroporto do município, além de “outras demandas” do município. O parlamentar chega à cidade por volta das 10hs de segunda-feira, com local ainda a ser definido.

As conversas de Neri Geller, no entanto, desembocarão inevitavelmente no assunto que mais tem assanhado a classe política estadual nas últimas semanas: a eleição suplementar a uma das três cadeiras de Mato Grosso no Senado Federal, aberta pela cassação de Selma Arruda pelo Tribunal Regional Eleitoral (TRE-MT) por erros grosseiros (apesar de Selma ser juíza e se declarar avessa à corrupção) nas contas de campanha (caixa 2 e abuso do poder econômico).

Em áudio enviado via aplicativo WhatsApp à Serra FM, Geller, porém, passou longe do assunto. Dizendo-se “tangaraense”, falou pomposamente sobre uma emenda parlamentar impositiva, de bancada, no valor de R$ 970 mil, paga pela União ao município em 23 de dezembro último para custeio do sistema público de saúde local, e de outra emenda, de R$ 8 milhões, prometida para este ano e destinada a investimentos em captação de água.

Leia mais:  Polarização: MT deverá confirmar hoje quatro candidatos ao governo divididos entre direita e esquerda

No mesmo áudio, Geller mencionou rapidamente o aeroporto regional de Tangará da Serra, cujo projeto já está aprovado pela Secretaria de Ação Civil (SAC) da Presidência da República. Mas não deu maiores detalhes, nem pode ser questionado pela emissora por se tratar de um áudio enviado via WhatsApp.

Geller deverá ser recepcionado no município pelo vice-prefeito Renato Gouveia (PR), já que o prefeito Fábio Junqueira (MDB) já tinha em sua agenda, segundo informações do gabinete do Executivo, outros compromissos firmados antes do anúncio da visita do parlamentar.

Grupo

Neri Geller integra um grupo político que articula a apresentação de um nome para disputar a vaga aberta no Senado Federal pela cassação de Selma Arruda. O grupo tem sua base em Cuiabá e é composto pelo prefeito da capital, Emanuel Pinheiro (MDB), pelo senador Jaime Campos (DEM), pela prefeita de Várzea Grande Lucimar Campos (DEM), além do próprio Neri Geller e pelo colega de Câmara Federal Emanuel Pinheiro Neto, o Emanuelzinho, do PTB. O deputado estadual Max Russi (PSB) também participa do grupo.

Leia mais:  Ex-vereadora confirmada pelo PL a estadual; Candidato a federal desiste para apoiar Wagner

As articulações em torno de possíveis candidaturas à vaga remanescente no Senado já começaram, assim como as investidas dos articuladores no interior, começando pelos polos regionais, como é o caso de Tangará da Serra.

Comentários Facebook
Advertisement

Política & Políticos

Ex-vereadora confirmada pelo PL a estadual; Candidato a federal desiste para apoiar Wagner

Published

on

O quadro de candidaturas proporcionais para as eleições de 02 outubro sofreu alterações em Tangará da Serra, com a baixa de um postulante à Câmara Federal e o acréscimo de uma pretendente a uma cadeira na Assembleia Legislativa de Mato Grosso.

A ex-vereadora Vânia Trettel foi confirmada ontem (segunda, 15) como candidata do Partido Liberal (PL) à ALMT, enquanto o professor Nelson Ferreira desistiu da candidatura ao parlamento federal.

Vânia engrossa o quadro de candidatos da direita a deputado estadual, ao mesmo tempo em que Nelson diminui o número de candidaturas também de direita à Câmara dos Deputados. (Veja quadro de candidaturas ao final do texto)

Vânia foi convidada pelo PL para participar da disputa e, assim, compor o quadro de oito candidaturas femininas entre as 25 confirmadas na ata da convenção do partido.

Já Nelson Ferreira, que compunha o quadro de nove pretendentes a uma das oito vagas na Câmara Federal, desistiu do pleito alegando excesso de candidatos em Tangará da Serra. Ele comunicou sua desistência em post nas redes sociais, ao mesmo tempo em que declarou apoio ao candidato Wagner Ramos, que disputa vaga em Brasília pelo União Brasil.

Leia mais:  Polarização: MT deverá confirmar hoje quatro candidatos ao governo divididos entre direita e esquerda

Quadro de candidaturas de Tangará da Serra

Com as alterações proporcionadas pelo acréscimo de Vânia Trettel e a retirada de Nelson Ferreira, o quadro de candidaturas com nomes de Tangará da Serra ficou definido conforme o quadro abaixo:

 

Comentários Facebook
Continue Reading

Envie sua sugestão

Clique no botão abaixo e envie sua sugestão para nossa equipe de redação
SUGESTÃO

Empresas & Produtos

Economia & Mercado

Contábil & Tributário

Governo & Legislação

Profissionais & Tecnologias

Mais Lidas da Semana