conecte-se conosco


Agronegócio & Produção

Peste suína africana chega à Europa e poderá causar novo impacto no mercado

Publicado

Autoridades sanitárias da Europa estão preocupadas com o avanço da peste suína africana (PSA) pelo continente. Pelo menos 55 focos da doença foram identificados desde dezembro na Polônia, sendo pelo menos um deles nas proximidades da fronteira com a Alemanha, país de maior produção e principal fornecedor de carne suína no velho continente.

Um dos vetores do alastramento da doença é o javali, animal selvagem numeroso em toda a Europa. Em razão disso, o governo alemão está incentivando a caça e procedendo na instalação de cercas em pontos considerados críticos em suas fronteiras, na tentativa de conter o trânsito dos javalis.

A notícia de focos da PSA na Europa deixa o mercado internacional em alerta. Afinal, nos dois últimos meses do ano passado a doença dizimou a população de porcos em quase toda a Ásia e continua se espalhando pelo continente. (Abaixo, mapa da PSA no mundo)

De acordo com recente relatório do Rabobank – multinacional holandesa bancária e de serviços financeiros -, a gravidade na Europa não é tão grande como na China, por exemplo, mas mesmo assim preocupa, já que poderá haver novo e encarecedor impacto no mercado internacional da carne e derivados.

Leia mais:  Momento Agrícola aborda etanol nos EUA, problemas do agro, Brasil nas Arábias e outros temas de relevância

Segundo o relatório do Rabobank, “enquanto contemplamos o impacto na produção em 2020, é claro que muitos países estarão competindo pelos escassos fornecimentos de carne de porco comercializável.  Na Europa, a doença continua em movimento, auxiliada por negligência de atividades humanas, ameaçando a produção e potencialmente interrompendo o comércio global”, diz o texto.

Ainda segundo a instituição europeia, o gerenciamento da doença deve ser priorizada em 2020, já que impacta fortemente o mercado, forçando os preços para cima. “Os altos preços da carne suína na China e nas principais regiões exportadoras estão criando desafios significativos para clientes e consumidores. Todo o setor perde se os preços altos persistirem por muito tempo”, conclui.

 

 

publicidade

Agronegócio & Produção

Momento Agrícola: Reflexão, perdas com chuva e seca, projeções e entrevistas são destaques

Publicado

Os recorrentes problemas com o escoamento da safra de soja no período chuvoso em Mato Grosso, as perdas em lavouras por causas climáticas, as projeções de boas colheitas e entrevistas são os destaques do Momento Agrícola deste sábado (15).

De autoria do produtor rural, agrônomo e consultor Ricardo Arioli, o programa é veiculado aos sábados pela rede de rádios do Agro e repercutido em forma de notícias e com o link do Soundcloud pelo Enfoque Business, também aos finais de semana.

Reflexão

Os problemas na colheita da soja em Mato Grosso renderam uma reflexão pelo Momento Agrícola. As situações negativas ocorrem em duas frentes: na colheita e no transporte da safra.

Dificuldades no transporte da safra durante período chuvoso é tema de reflexão.

O excesso de chuvas é o pivô destes problemas. Em primeiro lugar, as precipitações impedem que as máquinas adentrem nas lavouras para colher. Em segundo lugar, as chuvas danificam as estradas, dificultando o escoamento da produção.

Neste contexto, Ricardo Arioli faz um duro questionamento sobre a aplicação do Fundo Estadual de Transporte e Habitação (Fethab), cujos recursos são destinados, em parte, para manutenção das estradas.

Leia mais:  Revista destaca produtores do MT como preservadores; Fazenda em Campo Novo é modelo

Ainda quanto ao Fethab, Ricardo Arioli comenta sobre a atuação das entidades representativas do produtor rural em questões como esta. Vale a pena ouvir a abordagem, logo no início do primeiro bloco.

Perdas

Se em Mato Grosso os problemas são as chuvas em excesso, no Sul do Brasil a situação é inversa, com a estiagem causando perdas significativas nas áreas produtoras.

A ministra da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, Tereza Cristina, já determinou uma força tarefa para avaliar todas as situações e disponibilizar mecanismos, como o seguro agrícola e outras opções.

Este é outro tema abordado no Momento Agrícola, ainda no primeiro bloco.

Outras

O Momento Agrícola comenta outras notícias relevantes no ambiente do Agro. Um deles é que, apesar dos problemas climáticos, as previsões da CONAB e do USDA são de colheitas no Brasil bem acima do esperado pelo mercado.

Outro assunto abordado refere-se aos preços da arroba bovina negociados em São Paulo, que estão se mantendo acima dos R$ 330 desde o início do ano, motivados pela retomada das importações da China.

Leia mais:  Momento Agrícola: Impacto no feijão, custos do milho, seguro e entrevistas são destaques

Outras atrações do Momento Agrícola são as entrevistas. No segundo bloco, Arioli conversa com Odilon Lemos, da Embrapa, sobre “Oportunidades em Soja Não Transgênica”. No terceiro e no quarto blocos, respectivamente, os assuntos abordados são “Oportunidades em Feijões e Pulses”, com Marcelo Lüders, do IBRAFE; e “Quebramento e Apodrecimento de Vagens na Soja do MT”, com Leandro Zancanaro,

Para ouvir o Momento Agrícola na íntegra, clique abaixo:

Continue lendo

Envie sua sugestão

Clique no botão abaixo e envie sua sugestão para nossa equipe de redação
SUGESTÃO

Empresas & Produtos

Economia & Mercado

Contábil & Tributário

Governo & Legislação

Profissionais & Tecnologias

Mais Lidas da Semana