conecte-se conosco

Agronegócio & Produção

Momento Agrícola: RU pós-Brexit, BloombergNEF e a inovação disruptiva da Agropecuária são destaques

Publicado

A primeira medida de destaque do Reino Unido após o ‘Brexit’, o relatório BloombergNEF, as inovações tecnológicas da Agropecuária brasileira e seus avanços em produtividade são os principais destaques nas notícias comentadas no programa Momento Agrícola deste final de semana.

O Momento Agrícola é veiculado pela cadeia de rádios do Agro aos finais de semana e repercutido pelo Enfoque Business aos domingos. A produção e apresentação é do produtor rural, engenheiro agrônomo e consultor Ricardo Arioli.

A primeira medida de destaque adotada pelo Reino Unido após sua saída da Comunidade Europeia é a antecipação para 2035 da proibição das vendas de veículos zero quilômetro a diesel. O prazo anterior era até 2040. Com a medida, o RU pretende acelerar suas metas para alcançar o conceito de ‘Carbono Neutro’. Mas, segundo Ricardo Arioli, ainda há um longo caminho a percorrer pelos britânicos até chegar a esta marca. “É preciso plantio de árvores e redução dos índices de emissão de gases de efeito estufa”, observou o apresentador.

Ricardo Arioli produz e apresenta o Momento Agrícola

Outro destaque abordado no Momento Agrícola é o relatório BloombergNEF, que aponta o Brasil como um dos mercados mais promissores para investimentos em energias renováveis. O país está em terceiro lugar neste quesito, atrás apenas da Índia e do Chile, que, por sua vez, pode perder esta posição em razão de turbulências internas, com protestos e enfrentamento entre população civil e as forças de segurança.

Leia mais:  SENAR-MT: Curso de agente sanitário de saúde animal capacita profissional para atuar na vacinação

Há também, no programa, uma análise sobre o atual momento da Agropecuária brasileira. Arioli destaca que o presidente da Embrapa, Celso Moretti, disse que o setor é o mais disruptivo da economia nacional em razão das pesquisas e da tecnologia empregada. Para se ter uma ideia, desde 1970, o Brasil ampliou em cinco vezes a sua produção de alimentos apenas dobrando a área de plantio. A produção de carne de frango, por exemplo, saltou de 200 mil toneladas em 1970 para 12 milhões de toneladas em 2019. Ou seja, a cadeia da avicultura cresceu 60 vezes no país no período de cinco décadas.

Outros

O Momento Agrícola deste final de semana também traz informações sobre o AgriHUB da Famato, uma análise sobre a pecuária de corte para o ano de 2020 e o ritmo da colheita e plantio em Mato Grosso.

Para ouvir o programa na íntegra, é só clicar abaixo.

 

publicidade

Agronegócio & Produção

Unificação: Município poderá ganhar núcleo de assistência e fomento à atividade rural

Publicado

A unificação da assistência técnica para as pequenas propriedades poderá ser uma novidade em Tangará da Serra ainda nesse ano. A informação é do secretário municipal de Agricultura, Pecuária e Abastecimento, Rogério Rio, que articula a criação de um núcleo ou comitê de assistência técnica e fomento à atividade rural no município.

Rio informa que ao menos cinco órgãos e instituições deverão compor o núcleo/comitê, sendo eles a própria Secretaria Municipal de Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Seapa), a Empaer, o Senar-MT, a Unemat e o Sindicato Rural de Tangará da Serra. Também há conversações com o Indea e o Sindicato dos Trabalhadores Rurais. “A ideia é mapear a atividade rural, a produção do município, e distribuir tarefas”, explica.

Rogério Rio: “Nosso objetivo é fazer a assistência chegar na ponta, lá na propriedade, junto ao produtor”.

Conforme o secretário, a assistência técnica nas pequenas propriedades e na agricultura familiar precisa ser mais efetiva e harmonizada. “Nosso objetivo é fazer a assistência chegar na ponta, lá na propriedade, junto ao produtor”, observa.

Rogério Rio cita como exemplo a produção leiteira, uma atividade que resulta em renda mensal importante ao pequeno produtor e que, por isso, ajuda a fixar o homem no campo. Assim, uma assistência técnica e uma logística de comercialização adequadas podem resultar num incremento significativo na produtividade e na rentabilidade. “Muito leite sai de Tangará da Serra e vai para Arenápolis, Barra do Bugres e Curvelândia, enquanto o laticínio daqui do município tem que comprar leite lá fora”.

Leia mais:  Momento Agrícola: Petróleo a preços negativos e o etanol, variedades de alto rendimento e cuidados com a “RJ” são destaques

Os cursos de qualificação do Senar também são mencionados pelo secretário. De ótima qualidade, os cursos oferecidos pelo órgão podem atender os pequenos de uma forma mais abrangente, em espacial os produtores assentados no Antônio Conselheiro e outros assentamentos.

As conversações em torno da unificação deverão resultar na formalização do núcleo ou comitê neste segundo semestre. “A unificação é uma ideia que vem sendo fomentada a mais tempo e que agora começa a tomar forma”, concluiu Rogério Rio.

(Foto cabeçalho: Empaer)

Continue lendo

Envie sua sugestão

Clique no botão abaixo e envie sua sugestão para nossa equipe de redação
SUGESTÃO

Empresas & Produtos

Economia & Mercado

Contábil & Tributário

Governo & Legislação

Profissionais & Tecnologias

Mais Lidas da Semana