conecte-se conosco


Agronegócio & Produção

Momento Agrícola: Formação de brigadistas, vendas casadas e balança comercial do Agro estão entre os destaques

Publicado

O Momento Agrícola desta semana vem, como sempre, recheado de informações atualizadas do Agro. Entre os destaques estão os cursos do Senar, em especial o treinamento de trabalhadores rurais para combate a incêndios nas propriedades.

O curso de formação de brigadistas orienta os trabalhadores e a todos nas fazendas a se organizarem, desde os procedimentos e técnicas em casos de incêndios aos preparativos de máquinas e equipamentos a serem usados no combate ao fogo.

O produtor e apresentador do programa, Ricardo Arioli – que também é agrônomo e produtor rural – destaca que nesta época em que vigora período proibitivo de queimadas o produtor deve redobrar os cuidados, treinar o pessoal da sua fazenda e, em caso de incêndio – principalmente em áreas de reserva – registrar ocorrência e produzir imagens, o que facilitará sua defesa em caso de autuação e multa.

Outros cursos e programas foram mencionados por Arioli. Um deles é o CNA Jovem, destinado aos filhos de produtores rurais. As inscrições – que já somavam 220 no início da última semana – podem ser feitas até dia 31 de julho, pelo site www.cnajovem.org.br.

Há também a cartilha de orientação e o treinamento para aplicadores da vacina contra a brucelose bovina, ministrado pelo Senar. Sobre a cartilha, é a terceira elaborada pelo órgão, sendo as duas anteriores destinadas ao produtor e aos médicos veterinários.

Leia mais:  Momento Agrícola: Avaliações e o legado do Famato Embrapa Show são os destaques

Seletivo CNA

Arioli destaca, ainda, o processo seletivo da CNA para preenchimento de duas vagas de profissionais da área técnica, sendo uma de Assessor Técnico para Assuntos Fundiários e outra para Analista de Mercado Agropecuário. Os interessados devem ter curso superior e disponibilidade para morar em Brasília. As inscrições podem ser feitas no link www.cnabrasil.org.br/senar/processo-seletivo.

Venda casada

Tema igualmente relevante abordado por Arioli nesta edição do Momento Agrícola é a costumeira prática da imposição de produtos bancários pelos bancos aos produtores quando da contratação de crédito rural. Esta foi a pauta de seminário online realizado semana passada, com participação do presidente da CNA, João Martins, e dos ministros André Mendonça (Justiça e Segurança Pública) e Teresa Cristina (Agricultura, Pecuária e Abastecimento).

No evento, Martins defendeu um esforço conjunto entre governo, entidades do agro e bancos para combater a venda casada no agro, prática ilícita em que a liberação do crédito rural é vinculada à contratação de outros produtos ou serviços bancários, como títulos de capitalização, consórcio, aplicações, seguros que não estão relacionados à produção, entre outros.

Leia mais:  Em Tangará: Senar-MT promove Dias de Campo sobre leite, frutas, hortaliças e flores

Balança comercial

Ricardo Arioli destaca também o Boletim Mensal da Balança Comercial do Agronegócio, publicado semana passada pela CNA. O grande destaque é o resultado das exportações do Agro brasileiro verificado no mês de junho, considerado o melhor entre todos os meses de junho anteriores.

Arioli menciona a exportação de produtos do Agro em valores, que mês passado chegou a US$ 10,2 bilhões, perfazendo um saldo de US$ 9,3 na balança comercial do setor. O valor é 24 ,5% maior que o registrado em junho de 2019.

O volume exportado também foi expressivo. Ao todo, o Agro brasileiro exportou 23,4 milhões de toneladas, o que representa um volume 40,7% maior que o junho do ano passado.

Outras

O Momento Agrícola desta semana também traz outros temas. Arioli destaca a Agrometeorologia da AgryMet, as tecnologias de produção de soja da Embrapa e outras notícias da semana.

Para ouvir na íntegra a última edição do Momento Agrícola, clique no link a seguir:

publicidade

Agronegócio & Produção

Em Tangará: Senar-MT promove Dias de Campo sobre leite, frutas, hortaliças e flores

Publicado

A Assistência Técnica e Gerencial (ATeG) do Serviço Nacional de Aprendizagem Rural de Mato Grosso (Senar-MT), em parceira com o Sindicato Rural, realizará a partir desta sexta-feira (01.07), quatro Dias de Campo em Tangará da Serra.

Ao todo serão realizados 100 dias de campo em todo o estado. Os encontros iniciaram e junho e seguem até o dia 14 de julho, com o objetivo de divulgar os resultados já obtidos nas propriedades e reunir os produtores rurais atendidos. Por dia, até nove eventos serão realizados de forma simultânea pelo estado abrangendo as mais diversas cadeias produtivas atendidas pela ATeG em Mato Grosso. Dentre elas estão pecuária de leite, pecuária de corte, olericultura, piscicultura, fruticultura, floricultura, ovinocultura, apicultura etc.

Em Tangará da Serra, de acordo com o Supervisor da ATeG Senar, Thiago Salapata, os Dias de Campo iniciam nesta sexta-feira, dia 1º de julho, com “Bovinocultura de leite” e segue no sábado, 2, com ‘Floricultura’. Na segunda e terça-feira, dias 4 e 5, serão realizados os outros dois eventos, tratando sobre ‘Olericultura’ e ‘Fruticultura’.

Leia mais:  Momento Agrícola: Avaliações e o legado do Famato Embrapa Show são os destaques

“Tangará da Serra contém essas quatro cadeias já sendo assistidas pela Assistência Técnica e será presenteada com esses Dias de Campo”, afirma,

ao destacar que em todos os dias, além de temas específicos relacionados a cadeia, falarão também sobre primeiros socorros na zona rural.

“Em todos os Dias de Campo temos uma estação específica, que são os primeiros socorros, que a gente viu a necessidade no campo, pois muitas vezes os cuidados iniciais que possam ser feitos, aumentam as chances de a pessoa chegar com vida até o socorro médico ou evita um agravamento maior por causa de algum acidente com animais peçonhentos, algum envenenamento na propriedade que possa ocorrer, por exemplo”.

As atividades serão realizadas em propriedades rurais atendidas pela Assistência Técnica e Gerencial. A participação é aberta ao público e destinado a todos os produtores rurais – mesmo que não sejam atendidos pela ATeG – profissionais da área, parceiros e estudantes. Os interessados devem procurar o Sindicato Rural.

  • Data: 01/07 (sexta-feira):
Leia mais:  Em Tangará: Senar-MT promove Dias de Campo sobre leite, frutas, hortaliças e flores

DIA DE CAMPO “BOVINOCULTURA DE LEITE”

Horário: das 7h30 às 11h30

Local: Sítio São Gabriel/ Gleba São Paulo

 

  • Data: 02/07 (sábado)

DIA DE CAMPO FLORICULTURA

Horário: das 7h30 às 11h30

Local: Chácara Imperial/ Comunidade São José

 

  • Data: 04/07 (segunda-feira)

DIA DE CAMPO OLERICULTURA

Horário: das 7h30 às 11h30

Local: Chácara Santo Expedito/ Comunidade São José

 

  • Data: 05/07 (terça-feira)

DIA DE CAMPO FRUTICULTURA

Horário: das 7h30 às 11h30

Local: Sítio Dois Irmãos/ Comunidade Córrego das Pedras

 

(Fonte: Sindicato Rural de Tangará da Serra e Diário da Serra)

Continue lendo

Envie sua sugestão

Clique no botão abaixo e envie sua sugestão para nossa equipe de redação
SUGESTÃO

Empresas & Produtos

Economia & Mercado

Contábil & Tributário

Governo & Legislação

Profissionais & Tecnologias

Mais Lidas da Semana