TANGARÁ DA SERRA

Setor Público & Agentes

Macromedição e controle de perdas serão priorizadas no Plano de Saneamento

Publicado em

A macromedição das saídas dos reservatórios e o controle de perdas de água tratada – além da captação e adução do rio Sepotuba – estão entre as prioridades imediatas (até 03 anos) que constam no Plano Municipal de Saneamento Básico (PMSB) de Tangará da Serra. O PMSB foi apresentado semana passada, durante o 2º Fórum de Saneamento Básico e Educação Ambiental, promovido pelo Serviço Autônomo Municipal de Água e Esgoto (SAMAE).

As medidas visam informar o volume de água tratada disponível para distribuição possibilitando à autarquia a obtenção de informações precisas. A partir daí, é possível mensurar as perdas e adotar medidas de contenção e reparos necessários através da micromedição na rede de distribuição, até a chegada da água tratada nas unidades consumidoras.

Junto a estas prioridades, o Plano de Saneamento prevê o georreferenciamento da rede de distribuição e a setorização do sistema de abastecimento. Estas medidas, porém, são consideradas prioridades de curto prazo (de 04 a 08 anos) para execução pelo SAMAE.

Combate

Em junho deste ano, 30 servidores do SAMAE participaram de curso de combate a perdas promovido pela autarquia. Ministradas no formato in company, as instruções aconteceram nas dependências da prefeitura pelo instrutor Luiz Augusto Domingues, engenheiro mecânico com pós-graduação em Gestão Integrada de Saneamento.

A iniciativa fez parte do Plano Nacional de Capacitações da Associação Nacional dos Serviços Municipais de Saneamento (ASSEMAE) e visou levar conhecimento a profissionais e apoiar a modernização e os avanços do setor.

Perdas

As perdas da água potável em Tangará da Serra chegam a 30% e se dão por vários motivos, como vazamentos, erros de leitura de hidrômetros, ligações clandestinas e fraudes. O Brasil contabiliza cerca de R$ 10 bilhões em prejuízos com perdas de água. Em municípios como Cuiabá e Várzea Grande, por exemplo, as perdas chegam a 70% da água tratada.

Tecnologia

Uma ferramenta essencial na redução de perdas é a tecnologia. Em Tangará da Serra, o SAMAE já deu início à implantação do sistema HidroReader, hidrômetro inteligente de baixo custo adequado a ambientes ‘smart cities’. Os bairros Alto da Boa Vista e Morada do Sol são os primeiros a receber os novos hidrômetros.

Uso de hidrômetros inteligentes, com recurso de telemetria, é ferramenta importante para combate a perdas.

Através de software embarcado (firmware), o dispositivo mede o consumo de água, evitando a leitura incorreta dos hidrômetros e também detecta vazamentos e fraudes, podendo conectar toda a área urbana, diminuindo drasticamente o índice de perda de água tratada.

O HidroReader é desenvolvido pela startup de mesmo nome, de Tangará da Serra, e tem aplicações em cidades dos estados de São Paulo e Rio de Janeiro. O dispositivo é capaz de ler até 2.700 registros capturados de um conjunto de 300 hidrômetros em apenas cinco minutos.

Segundo o diretor do SAMAE, Wesley Lopes Torres, o objetivo com a tecnologia é empregar agilidade e exatidão nas leituras de hidrômetros de Tangará da Serra. “Queremos eliminar leituras incorretas, perdas e fraudes no consumo de água, além de proporcionar segurança nas faturas emitidas ao consumidor”, disse.

Comentários Facebook
Advertisement

Setor Público & Agentes

Marcia Kiss assume pasta de Assistência Social em Tangará; Ana Lúcia alega surpresa

Published

on

O prefeito de Tangará da Serra, Vander Masson, apresentou e empossou na manhã desta segunda-feira, dia 08, a nova secretária municipal de Assistência Social.

A professora Marcia Regina Kiss Siqueira de Castro Cardoso foi empossada em ato ocorrido no Gabinete de Políticas Públicas para Mulheres (GPM), da Prefeitura Municipal.

Ela assume no lugar de Ana Lúcia Adorno de Souza, que ocupou o cargo entre janeiro e outubro de 2021. “Quero agradecer a Ana Lúcia pelo trabalho, empenho e esforço que dedicou à Secretaria ao longo desses 10 meses, deu o seu melhor e somos muito gratos a ela por isso”, disse o Prefeito Vander.

Márcia Kiss assumiu a pasta na manhã desta segunda-feira.

Marcia Kiss, como é mais conhecida no meio social, é casada com Arnaldo, mãe de 2 filhos: Matheus e Ana Clara. Nasceu em São Paulo/SP no dia 25/10/1972 e foi criada no Paraná.

Formada em Ciências Exatas e Pedagogia. É residente em Tangará da Serra desde março de 1995. Durante esses 26 anos em Tangará da Serra, trabalhou em várias escolas, dentre elas o Centro Municipal de Ensino Silvio Paternez, a Escola Acalanto, a Escola Objetiva, o Colégio Ideal, o Centro Infantil Caracol Kids e a Avance Colégio e Cursos, nas quais atuou como professora, no setor financeiro, como coordenadora pedagógica e como diretora.

Já foi Conselheira Tutelar e Coordenadora do CRAS (Centro de Referência em Assistência Social), na Vila Esmeralda.

Em 2016 e em 2020, Marcia Kiss foi candidata a vereadora em Tangará da Serra.

Ao ser empossada, Marcia assegurou que irá conduzir a Secretaria com dedicação. “Agradeço a oportunidade dada a mim pelo prefeito Vander Masson. Buscarei conduzir a Secretaria com sabedoria, com união e empenho de todos os servidores para conduzir a pasta”, disse, destacando que as ações serão com planejamento e atuando ao lado das demais secretarias.

Surpresa

Ana Lúcia Adorno atuou pela pasta desde janeiro, no início da atual gestão.

Comunicada de sua exoneração na última sexta-feira (05), Ana Lúcia Adorno de Souza, disse estar surpresa com a decisão do Executivo. Em entrevista veiculada pela rádio Serra FM nesta manhã de segunda-feira, Ana Lúcia relatou que, ao ser informada que deixaria a pasta de Assistência Social, ouviu o gabinete do Executivo que sua atuação não estava afinada com a gestão e que seu desempenho não foi o esperado pelo prefeito Vander Masson.

Ela disse, porém, que fez o possível para atender as expectativas da administração municipal e que, apesar das limitações estruturais e orçamentárias que enfrentou, buscou desempenhar suas funções da melhor maneira possível. Ana Lúcia agradeceu a oportunidade de compor a gestão municipal e disse torcer pelo êxito dos projetos em andamento na pasta.

(Redação EB, com Assessoria)

Comentários Facebook
Continue Reading

Envie sua sugestão

Clique no botão abaixo e envie sua sugestão para nossa equipe de redação
SUGESTÃO

Empresas & Produtos

Economia & Mercado

Contábil & Tributário

Governo & Legislação

Profissionais & Tecnologias

Mais Lidas da Semana