conecte-se conosco


Cidades & Geral

Há dois meses sem chuvas, região de Tangará da Serra terá semana de calor e umidade do ar em 15%

Publicado

A estiagem está se mostrando intensa em Tangará da Serra neste mês de julho. O calor durante o dia, a secura, a poeira e nenhuma previsão de chuva para os próximos dias pintam o típico quadro meteorológico do inverno mato-grossense, em especial na região do cerrado.

A última chuva considerável que caiu sobre a região foi entre os dias 13 e 14 de maio. De lá para cá, apenas pequenas precipitações isoladas e garoa foram registradas.

Para a semana, os principais sites de meteorologia apontam, a partir desta segunda-feira (13.07), para temperaturas máximas entre 32 e 35 graus celsius e mínimas entre 18 e 20°C.

O que mais preocupa é a umidade relativa do ar, que poderá descer aos críticos 15% entre a quarta e a quinta-feira, nas horas mais quentes do dia. Os níveis máximos de umidade não deverão superar os 58 %, sempre nas madrugadas. O ideal para a saúde humana é entre 40% e 70%.

Esta baixa umidade inspira cuidados com a saúde, como evitar exposição aos raios solares, beber muita água e usar nebulizadores ou recipientes com água dentro de casa para garantir a hidratação do organismo.

Leia mais:  Com crise hídrica agravada, cidade terá abastecimento somente dois dias por semana

Os riscos também se estendem ao meio ambiente, já que o período se caracteriza pela ocorrência de queimadas. O consumo de água em atividades domésticas também deve ser reduzido para evitar medidas de racionamento por parte do poder público.

publicidade

Cidades & Geral

Barra do Bugres: Maternidade tem recursos de R$ 500 mil, com obras previstas para março

Publicado

As obras da maternidade pública de Barra do Bugres deverão iniciar no mês de março. Ao menos é esta a expectativa após o anúncio de uma verba do Estado, no valor de R$ 500 mil, que será assegurada através de emenda parlamentar.

A emenda parlamentar foi anunciada pelo deputado estadual Paulo Araújo (PP) durante reunião no auditório da Câmara Municipal com a prefeita de Barra do Bugres, Maria Azenilda Pereira (MDB), vereadores e secretários. Também participaram da reunião o presidente do Conselho Municipal de Saúde, Marcos Aurélio da Silva, e o presidente da Associação Comercial e Industrial de Barra do Bugres (ACIBB), Iandro Almicci.

A pauta da reunião foi a construção da maternidade de Barra do Bugres. O município, que não conta com nenhum hospital público ou privado, se obriga a encaminhar gestantes para partos em maternidade no município vizinho de Arenápolis, o que significa, também, aumento de custos.

Segundo o presidente do Conselho Municipal de Saúde, Marcos Aurélio da Silva, o projeto da obra já está em análise para que as obras tenham início o mais rápido possível, já que se trata de uma demanda urgente do município.

Leia mais:  IMEA: Cleiton Gauer assume superintendência em substituição a Daniel Latorraca

Segundo informações do município, em se confirmando o depósito dos recursos prometidos pelo deputado, as obras terão início já em março próximo.

Continue lendo

Envie sua sugestão

Clique no botão abaixo e envie sua sugestão para nossa equipe de redação
SUGESTÃO

Empresas & Produtos

Economia & Mercado

Contábil & Tributário

Governo & Legislação

Profissionais & Tecnologias

Mais Lidas da Semana