conecte-se conosco

Saúde Pública

Governo anuncia reforma do Hospital Regional de Barra do Bugres; SES-MT retoma gestão da unidade

Publicado

O Governo do Estado, em parceria com o Consórcio de Saúde do Médio-Norte, vai reformar o Hospital Regional de Barra do Bugres. Além da modernização de toda a estrutura do hospital, a Secretaria de Estado de Saúde planeja a ampliação da unidade para a construção de leitos de Unidade de Terapia Intensiva (UTI).

“Faremos uma grande reforma que vai resgatar a infraestrutura e transformar esse hospital em um local digno e com prestação de um serviço e atendimento de qualidade para toda a população da Região Médio-Norte de Mato Grosso”, afirmou o governador Mauro Mendes.

A previsão é de que os investimentos somente na reforma da unidade alcancem o montante de R$ 3 milhões, uma vez que toda a estrutura do hospital passará por melhorias. Já o projeto de construção dos leitos de UTI será feito e apresentado pela Secretaria de Saúde 60 dias.

Atualmente, o hospital regional conta com 66 leitos de enfermaria e os pacientes internados já foram transferidos para outros hospitais. A SES também deverá contratualizar serviços em outras unidades de saúde para a manutenção do tratamento dos pacientes atendidos no local.

Leia mais:  COVID-19: Novas medidas estendem até 20/04 suspensões de atividades e restrições no comércio em Tangará da Serra

O hospital era administrado pelo Consórcio Intermunicipal da região, mas o convênio com o Governo do Estado venceu nesta segunda-feira (27.07). Com isso, a SES decidiu retomar a gestão integral da unidade.

(Assessoria SES-MT)

publicidade

Saúde Pública

Covid-19: Redução na média diária de novos casos mostra desaceleração da pandemia em Tangará da Serra

Publicado

Comparando os primeiros dez dias de setembro com os números de agosto, a média diária de novos casos e o número de casos ativos de Covid-19 mostram uma desaceleração da pandemia do novo coronavírus em Tangará da Serra.

Segundo boletins epidemiológicos expedidos diariamente pelo Comitê Interinstitucional de Prevenção e Monitoramento ao Coronavírus no município, os primeiro dez dias de setembro apontam para uma média diária de 43 novos casos contra uma média geral de 58 novos casos diários em agosto. (Veja gráfico a seguir)

A diferença é ainda maior comparando os primeiros 10 dias de cada mês, já que a média de 01 a 10 de agosto foi de 70 novos casos diários. Ou seja, em setembro, a média de novos casos dos primeiros 10 dias é 38,5% menor ao período do mês anterior.

Ativos

Tangará da Serra também mostra, nos primeiros 10 dias de setembro, redução no número de casos ativos em comparação com o mês de agosto.

Leia mais:  Centro de Triagem abre nesta quinta-feira (23) e atenderá 600 pessoas por dia; Objetivo é reduzir internações

De acordo com o boletim epidemiológico divulgado ontem pelo município, entre os 4.301 casos acumulados da doença em Tangará da Serra, 4.052 pacientes se recuperaram da doença, o que representa um índice de 94% de cura. (Veja gráfico a seguir; Boletim ao final da matéria)

No mesmo boletim, os óbitos somam 56. Assim, considerando os 175 pacientes em isolamento domiciliar e os 18 internados (09 em enfermarias e 09 em UTIs), os casos ativos perfazem um total de 193.

Este número é levemente superior ao registrado em 10 de agosto (183 casos ativos). Porém, a média de casos ativos – (212) – nos 10 primeiros dias de setembro é bem menor à média de 267 casos ativos em agosto.

Continue lendo

Envie sua sugestão

Clique no botão abaixo e envie sua sugestão para nossa equipe de redação
SUGESTÃO

Empresas & Produtos

Economia & Mercado

Contábil & Tributário

Governo & Legislação

Profissionais & Tecnologias

Mais Lidas da Semana