TANGARÁ DA SERRA

Setor Público & Agentes

Governador diz que crescimento de MT é freado pela burocracia e logística deficiente

Publicado em

De volta à vida político-partidária um ano depois das eleições, o governador Mauro Mendes (DEM) destacou no início desta semana que a gestão do Estado busca criar uma ambiência negocial que propicie a realização de novos investimentos em Mato Grosso. Tudo para que o Estado potencialize sua capacidade produtiva e possa sair da crise que vive desde 2015.

Participando de encontro político de uma agremiação partidária, Mauro lembrou que Mato Grosso vem sofrendo com a estagnação da economia, mas que é um estado diferente, com grande capacidade produtiva. No entanto, essa capacidade é freada por questões burocráticas – que emperra muitas iniciativas e espanta negócios – e pela logística, ainda limitada ao modal rodoviário na maioria do território mato-grossense.

Mauro lembrou que mesmo com produção recorde, o estado ainda carece de formas para transportar o que é produzido e que isso precisa mudar para que Mato Grosso possa crescer. “Só o crescimento econômico é que gera oportunidades”, disse o comandante do Palácio Paiaguás.

Segundo Mauro Mendes, um dos freios do desenvolvimento de Mato Grosso é limitação logística.

O governador destacou que o crescimento econômico precisa estar alinhado com uma política de Estado que cuide das pessoas. “Esse é o papel do Estado, fazer o bem e criar oportunidades. A China é um país comunista, mas que viu no crescimento econômico uma oportunidade. A China tem mais de 400 milhões de pessoas na classe média, isso equivale a duas vezes a população do Brasil. O país fez isso porque gerou riqueza, oportunidades e empregos. Há pouco mais de meio século houve um êxodo no país, as pessoas deixavam a China porque morriam de fome por falta de oportunidade”, disse.

Para o gestor, é preciso pegar esses exemplos e entender o caminho que eles encontraram que permitiu o grande crescimento. “Esse é o papel da nova política”, discursou no evento político.

Momento administrativo

Mauro destacou que quando assumiu o governo, por exemplo, o Estado tinha 11 meses de atraso com os municípios na atenção básica. “Em 2018 só haviam pago o mês de janeiro, entramos lá e 10 meses depois estamos em dia com Cuiabá e os outros 140 municípios”, disse o governador.

Mendes destacou que, além de estar em dia com o pagamento de 2019 também, está pagando os valores em atrasos deixados nas gestões anteriores. “Só pra Cuiabá são mais de R$ 20 milhões pagos do ano passado”, disse o governador.

O governador destacou ainda que não houve incremento de receitas extraordinárias vindas da União ao Estado e nem um grande aumento na arrecadação estadual. O que, segundo ele, provaria a competência da sua gestão.

Mauro voltou a lembrar dos R$ 3,5 bilhões em restos a pagar deixados pela gestão anterior. Segundo ele, mais de 11,4 mil fornecedores estavam sem receber quando assumiu o governo. “O político que tenta agradar todo mundo, tomar cafezinho e dar tapinha nas costas, dificilmente vai entregar resultado. O resultado vem de trabalho sério, honesto e com planejamento”, disse o comandante do Palácio Paiaguás.

(Fonte: Thiago Andrade/Gazeta Digital)

Comentários Facebook
Advertisement

Setor Público & Agentes

Marcia Kiss assume pasta de Assistência Social em Tangará; Ana Lúcia alega surpresa

Published

on

O prefeito de Tangará da Serra, Vander Masson, apresentou e empossou na manhã desta segunda-feira, dia 08, a nova secretária municipal de Assistência Social.

A professora Marcia Regina Kiss Siqueira de Castro Cardoso foi empossada em ato ocorrido no Gabinete de Políticas Públicas para Mulheres (GPM), da Prefeitura Municipal.

Ela assume no lugar de Ana Lúcia Adorno de Souza, que ocupou o cargo entre janeiro e outubro de 2021. “Quero agradecer a Ana Lúcia pelo trabalho, empenho e esforço que dedicou à Secretaria ao longo desses 10 meses, deu o seu melhor e somos muito gratos a ela por isso”, disse o Prefeito Vander.

Márcia Kiss assumiu a pasta na manhã desta segunda-feira.

Marcia Kiss, como é mais conhecida no meio social, é casada com Arnaldo, mãe de 2 filhos: Matheus e Ana Clara. Nasceu em São Paulo/SP no dia 25/10/1972 e foi criada no Paraná.

Formada em Ciências Exatas e Pedagogia. É residente em Tangará da Serra desde março de 1995. Durante esses 26 anos em Tangará da Serra, trabalhou em várias escolas, dentre elas o Centro Municipal de Ensino Silvio Paternez, a Escola Acalanto, a Escola Objetiva, o Colégio Ideal, o Centro Infantil Caracol Kids e a Avance Colégio e Cursos, nas quais atuou como professora, no setor financeiro, como coordenadora pedagógica e como diretora.

Já foi Conselheira Tutelar e Coordenadora do CRAS (Centro de Referência em Assistência Social), na Vila Esmeralda.

Em 2016 e em 2020, Marcia Kiss foi candidata a vereadora em Tangará da Serra.

Ao ser empossada, Marcia assegurou que irá conduzir a Secretaria com dedicação. “Agradeço a oportunidade dada a mim pelo prefeito Vander Masson. Buscarei conduzir a Secretaria com sabedoria, com união e empenho de todos os servidores para conduzir a pasta”, disse, destacando que as ações serão com planejamento e atuando ao lado das demais secretarias.

Surpresa

Ana Lúcia Adorno atuou pela pasta desde janeiro, no início da atual gestão.

Comunicada de sua exoneração na última sexta-feira (05), Ana Lúcia Adorno de Souza, disse estar surpresa com a decisão do Executivo. Em entrevista veiculada pela rádio Serra FM nesta manhã de segunda-feira, Ana Lúcia relatou que, ao ser informada que deixaria a pasta de Assistência Social, ouviu o gabinete do Executivo que sua atuação não estava afinada com a gestão e que seu desempenho não foi o esperado pelo prefeito Vander Masson.

Ela disse, porém, que fez o possível para atender as expectativas da administração municipal e que, apesar das limitações estruturais e orçamentárias que enfrentou, buscou desempenhar suas funções da melhor maneira possível. Ana Lúcia agradeceu a oportunidade de compor a gestão municipal e disse torcer pelo êxito dos projetos em andamento na pasta.

(Redação EB, com Assessoria)

Comentários Facebook
Continue Reading

Envie sua sugestão

Clique no botão abaixo e envie sua sugestão para nossa equipe de redação
SUGESTÃO

Empresas & Produtos

Economia & Mercado

Contábil & Tributário

Governo & Legislação

Profissionais & Tecnologias

Mais Lidas da Semana