conecte-se conosco


Cidades & Geral

Em Tangará da Serra, quarentena geral termina domingo; Feiras passam a ser ‘Mercados Públicos’

Publicado

Domingo (05/04) é o último dia da quarentena geral imposta pelo poder público municipal por conta da pandemia COVID-19, em Tangará da Serra. A confirmação é do prefeito Fábio Martins Junqueira, através da assessoria de imprensa da prefeitura.

(*) Ao final da matéria, íntegra do áudio do prefeito Fábio Martins Junqueira sobre a quarentena e os mercados públicos.

Segundo Junqueira, o município se enquadra no artigo 6º do Decreto 432 (31/03/2020) do Governo do Estado, que prevê as medidas de contenção da pandemia para municípios com transmissão local do coronavírus. Neste artigo consta que, além da manutenção das restrições de atividades e no comércio, permanecem em quarentena (segundo inciso II) as pessoas com mais de 60 anos, diabéticos, hipertensos, com insuficiência renal crônica, com doença respiratória crônica, com doença cardiovascular, com câncer, com doença autoimune ou outras afecções que deprimam o sistema imunológico e/ou gestantes e lactantes.

Veja íntegra do decreto no link: http://www.mt.gov.br/documents/21013/13951649/Decreto+dia+31+de+mar%C3%A7o+coronav%C3%ADrus/a5404f20-ccb1-67a1-0032-72dedad32ed7

Ao mesmo tempo, o decreto libera a circulação das pessoas exclusivamente para a realização de necessidades imediatas de alimentação, cuidados de saúde e exercício de atividades essenciais. Ficam mantidas as barreiras sanitárias e o toque de recolher a partir das 20hs.

Leia mais:  MT PAR apresentará projeto Mais Habitação em Tangará da Serra nesta sexta-feira

Mercados públicos

A partir de segunda-feira (06/04) passa a vigorar decreto municipal (ainda a ser divulgado) que converte as atuais feiras livres do município (Centro, Cidade Alta e Vila Esmeralda) em Mercados Públicos Municipais. A medida tem relação com a prevenção e monitoramento da COVID-19.

Segundo o prefeito Fábio Junqueira, ficam criados os Mercados Públicos do Centro, da Cidade Alta e da Grande Esmeralda, nos locais de costume, funcionando às segundas, quartas e sextas, durante o dia inteiro, com revezamento entre os produtores conforme organização da Associação dos Feirantes.

Poderão funcionar no sábado os mercados da Grande Esmeralda (07 às 12hs) e da Cidade Alta (12 às 18hs). A feira de domingo, no Centro, deixará de ser realizada, ao menos por enquanto.

Serão permitidos somente comercialização de produtos hortifrutigranjeiros e alimentos produzidos (salgados, pamonhas, tapiocas, queijos e embutidos, etc.) não sendo permitido consumo no local.

Também fica vedada a comercialização de produtos de artesanato e importados, pelo menos enquanto durar a pandemia do coronavírus.

Os três mercados públicos também terão uma única entrada e uma única saída, com controle pela Associação dos Feirantes, para evitar aglomerações.

Leia mais:  Bancos: Na última semana do ano, atendimento ao público será até quinta-feira

Ouça áudio do prefeito:

 

publicidade

Cidades & Geral

Tangará da Serra: Covid-19 e H3n2 motivam decreto; Eventos até dia 06 são mantidos

Publicado

A escalada da pandemia do novo coronavírus e o surto de influenza (H3n2) resultaram em decreto com medidas de contenção das duas doenças em Tangará da Serra. O município é o terceiro da região – após Porto Estrela e Barra do Bugres – a impor medidas preventivas no intuito, principalmente, de conter a propagação da Covid-19.

Na tarde desta segunda-feira (17), o prefeito de Tangará da Serra, Vander Masson (PSDB), anunciou o decreto 006/2022, com 11 artigos que impõem, até o próximo dia 31, com uma série de medidas preventivas.

Decreto foi anunciado na tarde desta segunda-feira (17), pelo prefeito Vander Masson.

As atividades no Comércio e Serviços – incluindo bares, restaurantes, lanchonetes e congêneres -, além de academias, seguem autorizados, conforme horário dos alvarás e com medidas de biossegurança previstas no decreto.

Nas igrejas e templos, os cultos e celebrações seguem autorizados, também com obrigatoriedade de medidas de prevenção.

Os eventos sociais, artístico-culturais, técnicos, científicos, corporativos e outros que estejam marcados e já divulgados até 06 de fevereiro estão autorizados, devendo seguir os procedimentos de biossegurança. Novos eventos deverão ser comunicados com 30 dias de antecedência à Vigilância Sanitária.

Leia mais:  Tangará da Serra: Projeto prevê regularização fundiária e titulação de mais de 4 mil imóveis

Aulas e esportes

O processo de retomada das aulas estará baseado em análises e monitoramento das autoridades sanitárias e do Comitê Interinstitucional de Prevenção e Monitoramento do Coronavírus.

O decreto não faz menção específica à questão dos esportes coletivos e atividades esportivas em geral.

O decreto será publicado ainda hoje (segunda, 17) e estará disponível no site do município, no link a seguir:

https://tangaradaserra.mt.gov.br/?tipo_legislacao=decreto

Continue lendo

Envie sua sugestão

Clique no botão abaixo e envie sua sugestão para nossa equipe de redação
SUGESTÃO

Empresas & Produtos

Economia & Mercado

Contábil & Tributário

Governo & Legislação

Profissionais & Tecnologias

Mais Lidas da Semana