conecte-se conosco


Cidades & Geral

Em Tangará da Serra, academias e igrejas poderão retomar atividades a partir do dia 16

Publicado

Depois de terem suas atividades suspensas em função da pandemia do novo coronavírus, as academias e igrejas poderão retomar suas atividades normalmente a partir do dia 16 em Tangará da Serra. Foi o que anunciou o prefeito Fábio Martins Junqueira, nas redes sociais, na noite de ontem (segunda, 14).

“As suspensões de funcionamento para o público até 15/07 para Academias e para Igrejas, encerra -se em 15/07 e não será prorrogado a suspensão”, anunciou o gestor.

Ao retomar as atividades, as academias e igrejas terão de, obviamente, observar as medidas de prevenção, com rigor sanitário, assepsia e distanciamento.

Junqueira acredita que as medidas restritivas foram satisfatórias para a redução do número de novos casos. Nas últimas 24 horas tivemos 10 casos novos confirmados. Passamos vários dias com média de 40 casos e depois aumentou, chegando a cerca de 100 novos casos em 24 horas. Agora reduziu para 10 casos nas últimas 24 horas. Diante disso não prorrogaremos a suspensão das referidas atividades”, considerou.

O prefeito reitera, porém, a necessidade de seguir os protocolos de prevenção. “Contamos com todos os envolvidos para extremar cuidados sanitários e de assepsia para garantirmos a não disseminação de vírus nos referidos ambientes”, finalizou.

Leia mais:  CBH Sepotuba abre inscrições online para eleição de novos membros

publicidade

Cidades & Geral

Barra do Bugres: Maternidade tem recursos de R$ 500 mil, com obras previstas para março

Publicado

As obras da maternidade pública de Barra do Bugres deverão iniciar no mês de março. Ao menos é esta a expectativa após o anúncio de uma verba do Estado, no valor de R$ 500 mil, que será assegurada através de emenda parlamentar.

A emenda parlamentar foi anunciada pelo deputado estadual Paulo Araújo (PP) durante reunião no auditório da Câmara Municipal com a prefeita de Barra do Bugres, Maria Azenilda Pereira (MDB), vereadores e secretários. Também participaram da reunião o presidente do Conselho Municipal de Saúde, Marcos Aurélio da Silva, e o presidente da Associação Comercial e Industrial de Barra do Bugres (ACIBB), Iandro Almicci.

A pauta da reunião foi a construção da maternidade de Barra do Bugres. O município, que não conta com nenhum hospital público ou privado, se obriga a encaminhar gestantes para partos em maternidade no município vizinho de Arenápolis, o que significa, também, aumento de custos.

Segundo o presidente do Conselho Municipal de Saúde, Marcos Aurélio da Silva, o projeto da obra já está em análise para que as obras tenham início o mais rápido possível, já que se trata de uma demanda urgente do município.

Leia mais:  CBH Sepotuba abre inscrições online para eleição de novos membros

Segundo informações do município, em se confirmando o depósito dos recursos prometidos pelo deputado, as obras terão início já em março próximo.

Continue lendo

Envie sua sugestão

Clique no botão abaixo e envie sua sugestão para nossa equipe de redação
SUGESTÃO

Empresas & Produtos

Economia & Mercado

Contábil & Tributário

Governo & Legislação

Profissionais & Tecnologias

Mais Lidas da Semana