conecte-se conosco


Setor Público & Agentes

Em dia agitado na administração, MP notifica prefeito e pacientes reclamam de falta de medicamento

Publicado

Ontem o dia foi agitado na administração municipal, em Tangará da Serra, nos ambientes do Serviço Autônomo Municipal de Água e Esgoto (Samae) e do Hospital Municipal Arlete Daisy Chiquetti de Brito.

No caso do Samae, a direção da autarquia passa por momento de incertezas, enquanto no Hospital Municipal a agitação se deu em torno de uma informação da falta de importante insumo para tratamento de pacientes com Covid-19.

Notificação do MP

No Samae, a turbulência foi provocada por uma notificação do Ministério Público ao prefeito Vander Masson (PSDB). Na notificação, o MP adverte ao gestor que não autorize nem ordene possíveis interferências do ex-diretor Alceu Luís Grapeggia, que, embora esteja lotado no gabinete do Executivo em cargo de assessoria, ainda estaria atuando junto à direção da autarquia.

Grapeggia, que chegou a ser nomeado diretor do Samae logo no início do ano, teve de deixar o cargo por anão atender a requisito para o exercício da função, que exige graduação superior. Em seu lugar foi nomeado o servidor Lucio Justi. Esta semana, porém, a informação era de que outro servidor – Helliton de Oliveira – estaria exercendo o cargo.

Ontem, o próprio Alceu Grapeggia confirmou ao Enfoque Business a notificação, negando, porém, que estaria interferindo no Samae. Ele preferiu não entrar em detalhes a respeito. Heliton e Oliveira também evitou qualquer declaração.

Entretanto, percebe-se certo mal-estar no seio do Executivo, em especial na cúpula do Samae, já que o cargo de diretor da autarquia não tem sua titularidade consolidada. Ainda hoje, o Executivo Municipal deverá se pronunciar a respeito da direção do órgão e, também, sobre a notificação do Ministério Público.

Ala Covid

Já no Hospital Municipal Arlete Daisy Chiquetti de Brito, a agitação se deu em razão de áudios vazados na imprensa de pacientes com Covid-19 que passaram pela URA (Unidade Respiratória Ambulatorial). Nos áudios, duas pacientes – que supostamente seriam de Tangará da Serra – reclamam que tiveram de comprar anticoagulantes para os seus tratamentos, já que na ala Covid do Hospital Municipal o medicamento estaria em falta.

Num dos áudios – que não mencionam localização nem data – uma das pacientes afirma que teve de comprar a medicação por R$ 700, utilizando cartão de crédito.

Em resposta, através da Assessoria de Imprensa do município, a Secretaria Municipal de Saúde afirmou que não procede a informação. “Todos os pacientes internados na URA têm acesso ao anticoagulante, sem a necessidade de comprar ou pagar pelo insumo”, consta, no comunicado atribuído à titular da pasta, secretária Gicelly Zanata.

Na mesma resposta, a secretária pediu para “que o paciente em epígrafe seja identificado para que a situação seja verificada, uma vez que o insumo é disponibilizado gratuitamente a todos os pacientes internados na URA”.

Os anticoagulantes, vale lembrar, são fundamentais no tratamento de pacientes acometidos pela Covid-19. Estudos indicam que 16% das pessoas internadas com a doença também têm problemas no sangue e nos vasos sanguíneos que levam à formação de coágulos sanguíneos nas artérias, nas veias e nos pulmões. Estes coágulos podem soltar-se e viajar para outras partes do corpo, onde podem causar bloqueios que levam a ataques cardíacos ou derrames (AVC).

publicidade

Setor Público & Agentes

Marcia Kiss assume pasta de Assistência Social em Tangará; Ana Lúcia alega surpresa

Publicado

O prefeito de Tangará da Serra, Vander Masson, apresentou e empossou na manhã desta segunda-feira, dia 08, a nova secretária municipal de Assistência Social.

A professora Marcia Regina Kiss Siqueira de Castro Cardoso foi empossada em ato ocorrido no Gabinete de Políticas Públicas para Mulheres (GPM), da Prefeitura Municipal.

Ela assume no lugar de Ana Lúcia Adorno de Souza, que ocupou o cargo entre janeiro e outubro de 2021. “Quero agradecer a Ana Lúcia pelo trabalho, empenho e esforço que dedicou à Secretaria ao longo desses 10 meses, deu o seu melhor e somos muito gratos a ela por isso”, disse o Prefeito Vander.

Márcia Kiss assumiu a pasta na manhã desta segunda-feira.

Marcia Kiss, como é mais conhecida no meio social, é casada com Arnaldo, mãe de 2 filhos: Matheus e Ana Clara. Nasceu em São Paulo/SP no dia 25/10/1972 e foi criada no Paraná.

Formada em Ciências Exatas e Pedagogia. É residente em Tangará da Serra desde março de 1995. Durante esses 26 anos em Tangará da Serra, trabalhou em várias escolas, dentre elas o Centro Municipal de Ensino Silvio Paternez, a Escola Acalanto, a Escola Objetiva, o Colégio Ideal, o Centro Infantil Caracol Kids e a Avance Colégio e Cursos, nas quais atuou como professora, no setor financeiro, como coordenadora pedagógica e como diretora.

Já foi Conselheira Tutelar e Coordenadora do CRAS (Centro de Referência em Assistência Social), na Vila Esmeralda.

Em 2016 e em 2020, Marcia Kiss foi candidata a vereadora em Tangará da Serra.

Ao ser empossada, Marcia assegurou que irá conduzir a Secretaria com dedicação. “Agradeço a oportunidade dada a mim pelo prefeito Vander Masson. Buscarei conduzir a Secretaria com sabedoria, com união e empenho de todos os servidores para conduzir a pasta”, disse, destacando que as ações serão com planejamento e atuando ao lado das demais secretarias.

Surpresa

Ana Lúcia Adorno atuou pela pasta desde janeiro, no início da atual gestão.

Comunicada de sua exoneração na última sexta-feira (05), Ana Lúcia Adorno de Souza, disse estar surpresa com a decisão do Executivo. Em entrevista veiculada pela rádio Serra FM nesta manhã de segunda-feira, Ana Lúcia relatou que, ao ser informada que deixaria a pasta de Assistência Social, ouviu o gabinete do Executivo que sua atuação não estava afinada com a gestão e que seu desempenho não foi o esperado pelo prefeito Vander Masson.

Ela disse, porém, que fez o possível para atender as expectativas da administração municipal e que, apesar das limitações estruturais e orçamentárias que enfrentou, buscou desempenhar suas funções da melhor maneira possível. Ana Lúcia agradeceu a oportunidade de compor a gestão municipal e disse torcer pelo êxito dos projetos em andamento na pasta.

(Redação EB, com Assessoria)

Continue lendo

Envie sua sugestão

Clique no botão abaixo e envie sua sugestão para nossa equipe de redação
SUGESTÃO

Empresas & Produtos

Economia & Mercado

Contábil & Tributário

Governo & Legislação

Profissionais & Tecnologias

Mais Lidas da Semana