conecte-se conosco

Saúde Pública

Covid-19: Em Tangará, Comitê descarta ampliar flexibilização mesmo com redução de risco para moderado

Publicado

Com 162 casos ativos e uma taxa de 69% de ocupação das UTI’s exclusivas para Covid-19, Tangará da Serra teve seu risco de contaminação reduzido de ‘Alto’ para ‘Moderado’ pela Secretaria de Estado de Saúde. Contudo, não deverá ser ampliada a flexibilização para os setores que ainda sofrem restrições em suas atividades por conta da pandemia no novo coronavírus.

A informação é do Comitê Interinstitucional de Prevenção e Monitoramento do Coronavírus no município, que tem à frente o prefeito Fábio Martins Junqueira. Segundo ele, os registros de novos casos seguem ocorrendo, com a maioria dos internados pertencendo a grupos de risco, o que pode representar a ocorrência de novos óbitos. “Ainda não é hora de desmobilizar a não aglomeração de pessoas”, disse, em contato com a redação.

A manutenção de parte das restrições segue, portanto, para escolas, eventos, bares, restaurantes e lanchonetes.

Boletim

Segundo boletim epidemiológico divulgado ontem (quarta, 29) pelo município, os casos de infecção pelo novo coronavírus em Tangará da Serra somam 2.024 desde o início da pandemia, em 01 de abril.

Leia mais:  País soma 19.638 casos confirmados e 1.056 óbitos. MT tem 11 pacientes recuperados

Entre estes casos registrados, 1.837 pacientes evoluíram para cura clínica, perfazendo um índice de cura de 90,8%. Os casos ativos somam 162, entre pacientes em isolamento domiciliar (147), sete internados em enfermarias (05 leitos públicos e 02 leitos privados) e oito internados em UTIs (06 leitos públicos e 02 leitos privados). Os óbitos somam 25.

Há, ainda, 11 casos em investigação, com cinco pacientes internados em enfermaria (03 públicas e 02 particulares) e seis internados em UTIs (03 públicas e 03 particulares). Tangará da Serra também tem internados sete pacientes de outros municípios, todos em hospital particular (02 em enfermaria e 05 em UTI).

Estado

A Secretaria de Estado de Saúde (SES-MT) notificou, até a tarde desta quarta-feira (29.07), 48.854 casos confirmados da Covid-19 em Mato Grosso, sendo registrados 1.752 óbitos em decorrência do coronavírus no Estado e 52 mortes nas últimas 24 horas.

Foram registradas 1.809 novas confirmações de coronavírus no Estado. Dos 48.854 casos confirmados da Covid-19 em Mato Grosso, 18.161 estão em monitoramento e 28.941 estão recuperados.

Leia mais:  COVID-19: MT avança 12% em casos de infecção. Ministro anuncia ações diferenciadas por região do país

Entre os casos confirmados, suspeitos e descartados para a Covid-19, há 277 internações em UTIs públicas e 325 em enfermarias públicas. Isto é, a taxa de ocupação está em 79,94% para UTIs adulto e em 36,76% para enfermarias adulto.

Dentre os dez municípios com maior número de casos de Covid-19, estão Cuiabá (10.841), Várzea Grande (3.926), Sinop (3.562), Rondonópolis (3.144), Lucas do Rio Verde (2.708), Tangará da Serra (2.024), Sorriso (1.858), Sinop (1.833), Primavera do Leste (1.716), Nova Mutum (1.395) e Pontes e Lacerda (914).

publicidade

Saúde Pública

Vacinas chegam para Tangará da Serra e região; Dois médicos receberam as primeiras doses

Publicado

Os dez municípios da região de cobertura do Escritório Regional de Saúde de Tangará da Serra receberam agora à tarde seus primeiros lotes da vacina contra a Covid-19.

As doses chegaram por volta das 15hs no Aeroporto Municipal de Tangará da Serra, sendo recepcionadas pela coordenação do órgão estadual e pelo prefeito de Tangará da Serra, Vander Masson, e pela secretária municipal de Saúde Gicelly Zanatta. Também estiveram presentes representantes dos demais municípios.

A Polícia Militar fez a escolta das doses até a sede do Escritório Regional, que congrega, além de Tangará da Serra, os municípios de Arenápolis, Barra do Bugres, Campo Novo do Parecis, Denise, Nova Marilândia, Nova Olímpia, Porto Estrela, Santo Afonso e Sapezal – foram destinadas 3.297 vacinas Coronavac (Instituto Butantã) pelo Ministério da Saúde.

Vacinas para a região chegaram agora à tarde, no aeroporto municipal de Tangará da Serra.

Tangará da Serra recebeu, de imediato, 1.648 doses para aplicação em 817 profissionais da saúde (receberão duas doses) que atuam exclusivamente na linha de frente do atendimento à pandemia do novo coronavírus (ala covid).

Leia mais:  Covid-19: ANS torna obrigatória cobertura de teste por planos de saúde

Além destes, serão contempladas na primeira fase da vacinação, de acordo com o direcionamento do Ministério da Saúde, pessoas idosas com 60 anos ou mais que vivem em asilos (Lar do Idoso e/ou instituição psiquiátricas, além de indígenas aldeados. Mato Grosso vai garantir as duas doses da vacina ao grupo prioritário compreendido nesta fase, sendo o prazo de 14 a 28 dias para a aplicação da segunda dose.

Primeiras vacinas

Médica Gisele Sanchez recebe a primeira dose da imunização.

Agora à tarde, o início simbólico da imunização em Tangará da Serra aconteceu com a aplicação de duas primeiras doses nos médicos Eli Ambrósio (foto cabeçalho) e Gisele Sanchez (foto acima), lotados no município e que atuam na linha de frente. A aplicação foi feita pela coordenadora da Vigilância Epidemiológica local, Juliana Herrero, na Clínica da Família. A partir de amanhã, os imunizantes serão aplicados nos demais profissionais lotados nas unidades de saúde do município.

A secretária municipal de Saúde, Gicelly destaca que este primeiro lote é destinado exclusivamente aos profissionais que atuam na linha de frente em que o município aguarda o recebimento de outros lotes de vacinas para seguir no programa de imunização determinado pelo Ministério da Saúde.

Leia mais:  País soma 19.638 casos confirmados e 1.056 óbitos. MT tem 11 pacientes recuperados

Ainda não há um cronograma de recebimento das doses, o que irá ocorrer de acordo com a produção dos imunizantes.

Esquematização da distribuição das vacinas foi informada em entrevista coletiva, na Clínica da Família.

Continue lendo

Envie sua sugestão

Clique no botão abaixo e envie sua sugestão para nossa equipe de redação
SUGESTÃO

Empresas & Produtos

Economia & Mercado

Contábil & Tributário

Governo & Legislação

Profissionais & Tecnologias

Mais Lidas da Semana