conecte-se conosco


Infraestrutura & Logística

Com renovação de convênio, Associação de Produtores retoma manutenção da MT-480

Publicado

Os trabalhos de manutenção da MT-480, entre Tangará da Serra e Deciolândia serão retomados ainda este mês. A informação é do secretário executivo da Associação dos Produtores Rurais da MT-480/MT-339, Edilson Sampaio, que anunciou a renovação do convênio da entidade com o governo do estado, revalidando a Parceria Público Privada (PPP) para obras em rodovias de jurisdição estadual.

Através do convênio, a entidade receberá repasses de recursos do governo do estado para o custeio dos trabalhos.

Segundo Sampaio a entidade aguarda a publicação da renovação da parceria no Diário Oficial do Estado (DOE) para retomar efetivamente os trabalhos de manutenção na MT-480, que consistirão em restauração da pista – especialmente no trecho entre Tangará da Serra e a ponte do rio Sepotuba.

Através do convênio, a entidade receberá repasses de recursos do governo do estado para o custeio dos trabalhos.

Serra

Outro trabalho que a associação assumirá com a renovação do convênio com o governo será a correção de processos erosivos na Serra de Deciolândia. Os taludes do trecho da MT-480 na serra apresentam desgastes significativos, o que representa sérios riscos de deslizamento.

Leia mais:  Obras autorizadas na 358, no Chapadão, consolidam uma solução para os gargalos logísticos do MT

Segundo Edilson Sampaio, os taludes receberão correções de processos erosivos, reparos em bueiros, hidrossemeadura, entre outras intervenções preventivas.

Erosões podem provocar rompimento dos taludes na serra.

Importância

A MT-480 é importante ligação entre Tangará da Serra e a BR-163, na localidade de Deciolândia. A região possui inúmeras propriedades rurais com grandes lavouras de grãos e algodão. A rodovia também é fundamental para parte da zona rural de Tangará da Serra, com inúmeros aviários, rebanhos de gado leiteiro e de corte, e produtos oriundos da agricultura familiar, além de fazer parte da periferia da zona urbana da cidade.

 

Situação da Serra de Deciolândia preocupa com a aproximação do período chuvoso.

publicidade

Infraestrutura & Logística

MT-358: Trecho entre Tangará e Serra dos Parecis segue em reparos pela concessionária

Publicado

O trecho da MT-358 entre o perímetro urbano de Tangará da Serra e a Serra dos Parecis está recebendo trabalhos de restauração pela Via Brasil, concessionária responsável pela rodovia. Os trabalhos consistem na recuperação do pavimento para posterior aplicação de capa asfáltica.

A MT-358, vale lembrar, está concessionada para o Consórcio Via Brasil já há um ano, deste maio do ano passado O trecho da rodovia entre Tangará da Serra e a Serra dos Parecis sofreu grave deterioração com o último período chuvoso. Acidentes foram registrados em razão do mau estado da pista.

Simultaneamente aos trabalhos de recuperação da estrada, a concessionária já constrói as praças de pedágio, cuja cobrança acontecerá a partir do ano que vem.

A tarifa atual para cada uma das quatro praças de pedágio é de R$ 9,40, mas deverá sofrer reajuste a partir de 2023.

Ao longo do trecho Itanorte-Jangada – que inclui as MTs 358, 343 e 246 até o entroncamento com a BR-163 – serão quatro praças de pedágio, sendo uma no alto da Serra dos Parecis, uma nas proximidades do distrito de São Joaquim (antes do trecho em declive da Serra de Tapirapuã) e duas entre Nova Olímpia/Barra do Bugres e a rodovia federal já citada.

Leia mais:  Obras autorizadas na 358, no Chapadão, consolidam uma solução para os gargalos logísticos do MT

A tarifa atual para cada uma das quatro praças de pedágio é de R$ 9,40, mas deverá sofrer reajuste a partir de 2023 para reposição de perdas inflacionárias.

Continue lendo

Envie sua sugestão

Clique no botão abaixo e envie sua sugestão para nossa equipe de redação
SUGESTÃO

Empresas & Produtos

Economia & Mercado

Contábil & Tributário

Governo & Legislação

Profissionais & Tecnologias

Mais Lidas da Semana