conecte-se conosco


Saúde Pública

Com 1.817 casos, 20 óbitos e 10 internados em UTI pública, município redobra vigilância sobre pandemia

Publicado

Tangará da Serra soma um total de 1.817 casos de infecção pelo novo coronavírus desde o primeiro registro de Covid-19 no município, em 1º de abril deste ano. Os números atualizados da pandemia no município estão em boletim epidemiológico divulgado ontem à tarde (sexta, 24) pelo Comitê Interinstitucional de Prevenção e Monitoramento ao Coronavírus (Veja quadro completo ao final do texto).

Dado positivo, porém, é o número de curados. Os 1.605 pacientes recuperados da Covid-19 representam um percentual de 88,3% entre as pessoas que contraíram a doença desde o início da pandemia.

Por outro lado, causa apreensão o número de internações no município. Dez das 13 unidades de terapia intensivas (UTIs) do Hospital Municipal estão ocupadas. Um dos pacientes é de fora do município. Há, também, nove internados em UTI privada, sendo cinco pacientes de outras cidades.

Outros 18 pacientes estão internados em enfermaria, sendo 14 no sistema público e 04 no privado. Os casos ativos somam 208, enquanto os óbitos somam 20 vitimados pela doença, dois deles indígenas.

Leia mais:  COVID-19 avança de 6% em infectados e óbitos; MT soma 183 casos; Tangará descarta 101

Com os novos números, Tangará da Serra se configura no sexto município com o maior número de casos de Covid-19 no estado de Mato Grosso, atrás apenas de Cuiabá, Sinop, Várzea Grande, Rondonópolis e Lucas do Rio Verde. (Veja Boletim da SES-MT no link: http://www.saude.mt.gov.br/informe/584).

Veja quadro abaixo com os números da pandemia em Tangará da Serra:

publicidade

Saúde Pública

Tangará da Serra divulga 1ª lista de crianças de 5 a 11 anos para vacinação

Publicado

A Secretaria Municipal de Saúde de Tangará da Serra divulgou na tarde desta quinta-feira, dia 20/01, a 1ª Lista de Convocação de crianças com idade entre 05 e 11 anos, com comorbidade ou deficiência permanente, para receberem a vacina contra a COVID-19.

A vacinação ocorrerá entre as 8h e as 10h30 da manhã desta sexta-feira, dia 21/01, na Escola Especial Raio de Sol (APAE).

A secretária municipal de Saúde, Gicelly Zanatta, explica que nesta primeira etapa serão vacinadas as crianças atendidas pela APAE e outras 40 crianças cujos nomes estão na lista ao final do texto.

Documentos necessários

Para vacinar as crianças, os pais devem ficar atentos aos documentos necessários:
– Cartão de vacinação da criança;
– Comprovante da comorbidade (pode ser laudo, receituário, pedido médico de vacina);
– Documento de identificação da criança (pode ser a certidão de nascimento ou RG) ;
– CPF ou cartão SUS;
– Documento do adulto comprovando que é responsável legal pela criança.

Xepa

Leia mais:  Vacina Covid-19: ERS Tangará recebe 1.700 doses pediátricas; Esquema vacinal é diferenciado

A Secretaria de Saúde também passará a adotar uma “xepa” para atender o máximo possível de crianças com a vacinação. “Caso haja alguma criança, que não está nesta lista, que tenha alguma comorbidade ou deficiência permanente e que possa ir na APAE das 8h às 10h30, mesmo que não tenha cadastro, que faremos uma xepa para atender essas crianças”, disse.

(Assessoria de Comunicação)

Veja a lista:

Continue lendo

Envie sua sugestão

Clique no botão abaixo e envie sua sugestão para nossa equipe de redação
SUGESTÃO

Empresas & Produtos

Economia & Mercado

Contábil & Tributário

Governo & Legislação

Profissionais & Tecnologias

Mais Lidas da Semana