conecte-se conosco


Infraestrutura & Logística

Audiências debaterão concessões de 512 km de estradas, incluindo Jangada-Itanorte e MT-480

Publicado

O governo estadual, por meio da Secretaria de Estado de Infraestrutura e Logística (Sinfra-MT), vai realizar nos próximos dias 26, 27 e 28 de maio as audiências púbicas para debater a concessão de três lotes de rodovias estaduais, totalizando 512 quilômetros nas regiões Sudeste, Centro-Sul e Norte de Mato Grosso.

O aviso das audiências públicas foi publicado no Diário Oficial do Estado que circulou na segunda-feira (11.05). O objetivo é recolher críticas e contribuições a respeito dos estudos desenvolvidos para a realização da futura licitação dos trechos das rodovias a serem concedidos à iniciativa privada.

Lotes

A concessão prevê a prestação dos serviços de conservação, recuperação, manutenção, implantação de melhorias e operação rodoviária, em um prazo de 30 anos, para cada um dos lotes, que compreendem as rodovias MT-130, MT-246, MT-343, MT-358 e MT-480, além da MT-220.

No dia 26 de maio será realizada a audiência pública para debater a concessão da MT-130, no trecho de Primavera do Leste a Paranatinga, com extensão de 140,6 quilômetros. Os investimentos estimados são de R$ 306 milhões nesse trecho.

Leia mais:  Município pleiteará adequações em rotatórias da MT-358 junto a concessionária

Em 27 de maio será realizada a audiência para debater a concessão das rodovias MT-246, MT-343, MT-358 e MT-480, nos trechos de Jangada a Itanorte, totalizando 233,2 quilômetros de extensão. Os investimentos previstos são estimados em R$ 815 milhões.

Já em 28 de maio será a vez de discutir sobre a concessão da MT-220, no trecho entre Tabaporã e Sinop, em uma extensão de 138,4 quilômetros.  Os investimentos estimados são da ordem de R$ 749,5 milhões, sendo que R$ 331,92 milhões serão investidos diretamente na rodovia.

Como participar

Em 27 de maio será realizada a audiência para debater a concessão das rodovias MT-246, MT-343, MT-358 e MT-480.

Todas essas audiências públicas serão transmitidas ao vivo, pela internet, em razão das restrições normativas impostas pela pandemia do novo coronavírus, que impedem eventos com aglomeração de pessoas.

Para acompanhar a audiência, todos os interessados, seja cidadão ou pessoa jurídica, devem acessar o canal da Sinfra no Youtube (https://www.youtube.com/channel/UCaDSklVwea-9jkFp5C-M3ow).

Já as contribuições deverão ser enviadas para o número de WhatsApp +55 (65) 99956-5127 preferencialmente em formato de texto, mas também serão aceitos áudios e vídeos.

Leia mais:  Fávaro pedirá obras em trecho da BR-158; Prefeitos querem regulamentação de terras elevadas

Todas as manifestações serão lidas e respondidas antes do encerramento da audiência pública, com exceção das perguntas que demandarem maior tempo para respostas, que serão respondidas na ocasião da publicação da ata da audiência pública.

A referida ata será publicada no site da Sinfra, onde já estão disponíveis os editais da concessão e os demais estudos de modelagem técnica, econômico-financeira e jurídica, bem como as respectivas minutas de edital e contrato, que subsidiarão a futura licitação.

Para fazer o  download dos documentos, basta acessar  www.sinfra.mt.gov.br.

(Assessoria Sinfra-MT)

publicidade

Infraestrutura & Logística

Estradas: MTs 339 e 480 recebem trabalhos de manutenção e drenagem de águas pluviais

Publicado

As rodovias estaduais MT-339 e MT-480 recebem desde a semana passada trabalhos de melhoramentos. Enquanto na 480 os trabalhos consistem em reparos na pista (tapa-buracos) e manutenção dos taludes do trecho na serra, na 339 são instalados dispositivos de escoamento de águas e reforço nas laterais da estrada, com hidrossemeadura.

Dispositivos de escoamento de águas pluviais são instalados na MT-339.

Segundo informou o coordenador dos trabalhos, Edilson Sampaio, as obras de pavimentação da MT-339 estão paralisadas temporariamente em razão do período chuvoso. “Mas estamos aproveitando essa pausa para implementar algumas melhorias para o escoamento das águas das chuvas e outros trabalhos importantes para a qualidade da obra”, disse.

Edilson Sampaio (dir) coordena os trabalhos nas MT-339 e 480.

As obras da MT-339 estão em bom estágio, com pavimentação até a localidade da Curva da Santa, região do Assentamento Antônio Conselheiro, num total pavimentado de 23,5 quilômetros. A próxima etapa, após o período chuvoso, é seguir com os trabalhos de pavimentação até a ponte sobre o rio Sepotuba, na localidade de Nova Fernandópolis.

Leia mais:  APH e Marinha do Brasil iniciam processo de regularização do Porto de Cáceres

Recuperação

Já na MT-480, que liga Tangará da Serra ao distrito de Deciolândia, os trabalhos são de manutenção da pista. Uma equipe coordenada pela Associação dos Produtores – entidade conveniada com o governo do Estado – realiza trabalhos de tapa-buracos, com fresa e selagem (foto acima).

Também há trabalhos preventivos nos taludes da serra, onde houve processos erosivos em razão das fortes chuvas, no final do ano passado.

Segundo Edilson Sampaio, os trabalhos realizados na serra são de reconformação (foto acima), técnica empregada para estabilização estrutural e que envolvem limpeza, revegetação, drenagem, instalação de canaletas, instalação de lonas, entre outras intervenções. “O objetivo é manter a estabilidade do trecho até que seja aplicada uma cortina atirantada, que é a solução definitiva”, finalizou.

Continue lendo

Envie sua sugestão

Clique no botão abaixo e envie sua sugestão para nossa equipe de redação
SUGESTÃO

Empresas & Produtos

Economia & Mercado

Contábil & Tributário

Governo & Legislação

Profissionais & Tecnologias

Mais Lidas da Semana