conecte-se conosco


Setor Público & Agentes

Aterro sanitário de Tangará da Serra recebe ampliação em 30%

Publicado

O Aterro Sanitário de Tangará da Serra está recebendo obras de ampliação da sua capacidade para mais oito anos de vida útil. Os trabalhos iniciaram em outubro e deverão ser concluídos em até 30 dias, segundo informou o Serviço Autônomo Municipal de Água e Esgoto (SAMAE).

A ampliação da capacidade será de 180 mil metros cúbicos, o que corresponde a 30% do maciço atual do aterro, que é de 600 mil m³. “Sabemos da demanda de Tangará da Serra quanto à destinação final dos resíduos sólidos e é por isso que estamos investindo nesta ampliação”, disse o diretor do SAMAE, Wesley Lopes Torres. O valor investido pela autarquia nas obras é de R$ 800 mil.

Aterro Sanitário: ampliação da capacidade para mais oito anos de vida útil.

Cooperativa

Torres destaca que a carga recepcionada pelo aterro ficará ainda mais seletiva com a eliminação dos resíduos arbóreos, que passarão a ser aproveitados em cavacos para geração de energia e compostagem.

O trabalho será feito pela Cooperativa de Produção de Material Reciclável de Tangará da Serra – COOPERTAN -, que recebeu este mês um triturador de galhos, uma empilhadeira, uma paleteira e também um picador de papel, através de convênio firmado com a Superintendência de Desenvolvimento do Centro Oeste (SUDECO), intermediado pela Secretaria Municipal de Agricultura, Pecuária e Abastecimento (SEAPA) e o Núcleo de Políticas Públicas para Economia Solidária (NUPES).

“Teremos reflexo imediato no aterro sanitário, com prolongamento da sua vida útil e, também, com geração de emprego e renda aos membros da COOPERTAN no aproveitamento dos resíduos arbóreos e do papel que será fragmentado da forma que a indústria recicladora precisa”, observou Wesley, que acompanhava, no atero, a visita de acadêmicos do 10º semestre de Engenharia Civil da UNEMAT.

Wesley entre acadêmicos da UNEMAT: Investimento de R$ 800 mil na ampliação do aterro.

Aterro

O Aterro Sanitário está localizado na Estrada da Comunidade São José, numa área de 24 hectares organizada em setores com células (maciço) em taludes gramados com drenagem de gases, drenagem e lagoas de tratamento de chorume, sede administrativa com barracão e balanças para pesagem dos resíduos recepcionados.

(*) No vídeo abaixo, atividade no Aterro Sanitário

O local recebe 79 toneladas diárias de lixo úmido (orgânico), rejeitos (resíduos sólidos não reutilizáveis como papel higiênico e fraldas descartáveis, restos de podas e jardinagens) e entulhos (restos de construções). Todo este material passa por aterramento diário e todo um conjunto de técnicas com objetivo de mitigar a contaminação do solo, os recursos hídricos e o ar. Para operação, monitoramento geotécnico e ambiental do aterro sanitário, o SAMAE mantém contrato com a Serrana Engenharia, empresa especializada em gestão de resíduos sólidos.

Seco e hospitalar

Já o lixo ‘seco’ (materiais recicláveis) não vai para o aterro sanitário, já que o município dispõe de coleta seletiva em parceria com a COOPERTAN para destinação destes resíduos dentro do contexto da logística reversa. Quanto ao lixo hospitalar, o município mantém parceria com empresas de Cuiabá, para onde remete os resíduos para eliminação por processos de autoclave e outros autorizados por lei.

(*) Abaixo, mais imagens do Aterro Sanitário:

publicidade

Setor Público & Agentes

Marcia Kiss assume pasta de Assistência Social em Tangará; Ana Lúcia alega surpresa

Publicado

O prefeito de Tangará da Serra, Vander Masson, apresentou e empossou na manhã desta segunda-feira, dia 08, a nova secretária municipal de Assistência Social.

A professora Marcia Regina Kiss Siqueira de Castro Cardoso foi empossada em ato ocorrido no Gabinete de Políticas Públicas para Mulheres (GPM), da Prefeitura Municipal.

Ela assume no lugar de Ana Lúcia Adorno de Souza, que ocupou o cargo entre janeiro e outubro de 2021. “Quero agradecer a Ana Lúcia pelo trabalho, empenho e esforço que dedicou à Secretaria ao longo desses 10 meses, deu o seu melhor e somos muito gratos a ela por isso”, disse o Prefeito Vander.

Márcia Kiss assumiu a pasta na manhã desta segunda-feira.

Marcia Kiss, como é mais conhecida no meio social, é casada com Arnaldo, mãe de 2 filhos: Matheus e Ana Clara. Nasceu em São Paulo/SP no dia 25/10/1972 e foi criada no Paraná.

Formada em Ciências Exatas e Pedagogia. É residente em Tangará da Serra desde março de 1995. Durante esses 26 anos em Tangará da Serra, trabalhou em várias escolas, dentre elas o Centro Municipal de Ensino Silvio Paternez, a Escola Acalanto, a Escola Objetiva, o Colégio Ideal, o Centro Infantil Caracol Kids e a Avance Colégio e Cursos, nas quais atuou como professora, no setor financeiro, como coordenadora pedagógica e como diretora.

Já foi Conselheira Tutelar e Coordenadora do CRAS (Centro de Referência em Assistência Social), na Vila Esmeralda.

Em 2016 e em 2020, Marcia Kiss foi candidata a vereadora em Tangará da Serra.

Ao ser empossada, Marcia assegurou que irá conduzir a Secretaria com dedicação. “Agradeço a oportunidade dada a mim pelo prefeito Vander Masson. Buscarei conduzir a Secretaria com sabedoria, com união e empenho de todos os servidores para conduzir a pasta”, disse, destacando que as ações serão com planejamento e atuando ao lado das demais secretarias.

Surpresa

Ana Lúcia Adorno atuou pela pasta desde janeiro, no início da atual gestão.

Comunicada de sua exoneração na última sexta-feira (05), Ana Lúcia Adorno de Souza, disse estar surpresa com a decisão do Executivo. Em entrevista veiculada pela rádio Serra FM nesta manhã de segunda-feira, Ana Lúcia relatou que, ao ser informada que deixaria a pasta de Assistência Social, ouviu o gabinete do Executivo que sua atuação não estava afinada com a gestão e que seu desempenho não foi o esperado pelo prefeito Vander Masson.

Ela disse, porém, que fez o possível para atender as expectativas da administração municipal e que, apesar das limitações estruturais e orçamentárias que enfrentou, buscou desempenhar suas funções da melhor maneira possível. Ana Lúcia agradeceu a oportunidade de compor a gestão municipal e disse torcer pelo êxito dos projetos em andamento na pasta.

(Redação EB, com Assessoria)

Continue lendo

Envie sua sugestão

Clique no botão abaixo e envie sua sugestão para nossa equipe de redação
SUGESTÃO

Empresas & Produtos

Economia & Mercado

Contábil & Tributário

Governo & Legislação

Profissionais & Tecnologias

Mais Lidas da Semana