conecte-se conosco

Saúde Pública

Veja cronograma da vacinação COVID-19 na faixa etária entre 30 e 39 anos em Tangará da Serra

Publicado

A Secretaria Municipal de Saúde (SMS) divulgou o cronograma para vacinação contra COVID-19 da população com idade entre 30 e 39 anos, que acontecerá entre quarta-feira (21/07) e domingo (25/07) em dois locais: Clínica da Família e Centro Cultural.

(Veja os quadros com as informações ao final do texto)

A Assessoria de Comunicação do município destaca a importância de ler com atenção todas as informações divulgadas nesta matéria, em especial as que se referem a idade, ao mês de nascimento, a data, ao horário e ao local da vacina.

Vale lembrar que no domingo (25/07) ocorrerá uma repescagem para as pessoas nascidas antes de 1991.

Mais de 40 anos

A população com idade acima de 40 anos, ou seja, pessoas nascidas até 1981 devem ir ao Centro Cultural na tarde desta terça (20) ou manhã de quarta (21), de acordo com o mês de aniversário: os nascidos em janeiro e fevereiro devem ir às 13h de terça ou às 7h de quarta, os nascidos em março e abril devem ir às 14h de terça ou às 8h de quarta, os nascidos em maio e junho devem ir às 15 de terça ou às 9h de quarta, os nascidos em julho e agosto devem ir às 16h de terça ou às 10h de quarta, os nascidos em setembro e outro devem ir às 17h de terça ou às 11h de quarta, já os nascidos em novembro e dezembro devem ir às 18h de terça ou às 12h de quarta.

Leia mais:  ÚLTIMA HORA: Tangará da Serra contabiliza quatro casos confirmados de COVID-19

Outras faixas etárias

Em breve, a Secretaria de Saúde divulgará cronograma para imunização de novas faixas etárias, com pessoas abaixo de 30 anos. Fique atento ao site da prefeitura e redes sociais oficiais do Município para ver idade, local, data e horário para receber a vacina.

Documentos necessários

Levar documento de identidade e CPF;

Servem como comprovante de endereço: conta de água, luz, telefone, internet, boletos (junho de 2021), título de eleitor de Tangará ou cadastro emitido pelo PSF próximo da sua casa;

Se a conta for em nome do cônjuge, é necessário apresentação da certidão de casamento;

O não comparecimento no dia e horário agendado, a pessoa deve aguardar repescagem.

(Fonte: Assessoria de Comunicação)

Repescagem: No domingo (25/07) ocorrerá uma repescagem para as pessoas nascidas antes de 1991.

No sábado (24/07), serão vacinadas as pessoas nascidas nos anos de 1990 e 1991.

Na sexta-feira (23/07), serão vacinadas as pessoas nascidas nos anos 1987, 1988 e 1989.

Na quinta-feira (22/07), serão vacinadas as pessoas nascidas nos anos de 1984, 1985 e 1986.

Na quarta-feira (21/07), à tarde, serão vacinadas as pessoas nascidas nos anos de 1982 e 1983.

Vacinação para pessoas com mais de 40 anos.

Leia mais:  Covid-19: Município acata decreto do estado com toque de recolher e comércio até às 19hs
publicidade

Saúde Pública

Incentivo: Governo de MT vai destinar R$ 65 milhões para que municípios acelerem imunização

Publicado

O Governo de Mato Grosso lançou, nesta quarta-feira (21.07), o programa Imuniza Mais MT. A iniciativa terá investimento de R$ 65 milhões para incentivar os municípios na melhoria da cobertura vacinal dos imunizantes contra a Covid-19, Influenza e outras doenças.

A primeira-dama Virginia Mendes acompanhou o lançamento do programa, ao lado do governador Mauro Mendes. “Estamos lançando esse programa com a proposta de melhorar a cobertura vacinal não só da Covid, mas de uma gama de quase 20 imunizantes previstos no Plano Nacional de Imunização. O incentivo financeiro é importante porque a performance adequada pode evitar que muitas pessoas percam suas vidas ou tenham complicações em função da falta de vacinação”, destacou o governador.

O investimento total será dividido entre premiações destinadas a municípios com bom desempenho na cobertura vacinal, reforma e construção da Rede Frio da Secretaria Estadual de Saúde (SES-MT), aquisição de veículos refrigeradores, câmara fria, ar-condicionado, equipamentos de refrigeração, insumos, serviços, capacitações e comunicação.

“Esse programa é o início de um reconhecimento em meritocracia na saúde de Mato Grosso, em que bons gestores passarão a capitalizar do trabalho executado na saúde do município. Os dados utilizados serão os fornecidos pelo sistema oficial do Ministério da Saúde, portanto, é necessário que os gestores municipais atualizem o sistema para que possam ser avaliados”, explicou o secretário de Saúde, Gilberto Figueiredo.

Leia mais:  COVID-19: Região sudoeste de Mato Grosso entra em alerta com aumento de casos; Estado soma 26 óbitos

A premiação

A primeira premiação somada em R$ 2.070.000 ocorrerá em outubro deste ano. Inicialmente, serão considerados dados das vacinas contra Influenza e Covid-19 disponibilizados no Sistema de Informação do Programa Nacional de Imunizações (SIPNI). Concorrerão ao incentivo os municípios que alcançarem mais de 80% de cobertura vacinal contra influenza e mais de 90% de cobertura vacinal contra a Covid-19.

Na primeira quinzena de 2022, será realizada uma avaliação referente ao desempenho dos municípios no ano de 2021. Os municípios com melhor performance, com 90% a 100% de cobertura vacinal contra a Covid-19, Influenza e outras doenças, receberão selos bronze, prata, ouro ou diamante. Para 2022, as premiações estão estimadas em um total de R$ 7.770.000.

Para o conselheiro do Tribunal de Contas de Mato Grosso (TCE), Luiz Henrique Lima, a iniciativa reconhece o empenho dos municípios nas campanhas de vacinação.

“Acredito que essa iniciativa é pioneira entre todos os estados do Brasil. É uma iniciativa extraordinária, não pelo prêmio, mas pelo reconhecimento dos selos bronze, prato, ouro e diamante que demonstram que o gestor vencedor está fazendo o possível para salvar a vida de seus munícipes”.

Leia mais:  ÚLTIMA HORA: Tangará da Serra contabiliza quatro casos confirmados de COVID-19

Entusiasmado com a iniciativa, o prefeito de Arenápolis, Eder Marquis, que participou presencialmente do lançamento do programa, garantiu ser um dos gestores municipais que vai ganhar um dos selos.

“O incentivo financeiro é importante, mas o mais importante é o estímulo para a rapidez da vacinação porque lugar de vacina é no braço e não na geladeira. Arenápolis vai aderir ao programa e quero receber um selo desse, nem que seja o bronze, mas vou brigar pelo diamante, porque a iniciativa é de extrema importância já que vai elevar o estado de Mato Grosso no ranking de vacinação no país”, afirmou o prefeito.

Também participaram do evento o diretor-presidente da Desenvolve MT, Jair Oliveira Marques, o vereador de Cuiabá, Dilemário Alencar, e dezenas de prefeitos, por meio remoto.

(Assessoria SES-MT)

Continue lendo

Envie sua sugestão

Clique no botão abaixo e envie sua sugestão para nossa equipe de redação
SUGESTÃO

Empresas & Produtos

Economia & Mercado

Contábil & Tributário

Governo & Legislação

Profissionais & Tecnologias

Mais Lidas da Semana