TANGARÁ DA SERRA

Cidades & Geral

Tangará da Serra: Retorno dos shows e outros eventos dependerá de parecer de Comitê

Publicado em

A retomada das atividades do setor de eventos em Tangará da Serra dependerá de parecer do Comitê Interinstitucional de Prevenção e Monitoramento ao Coronavírus em reunião na próxima sexta-feira (19). A informação é do Executivo Municipal, após deliberação em reunião com os representantes do setor no final da tarde de ontem (segunda, 15), na prefeitura.

Conforme lideranças do segmento, durante a reunião ficou formalizado ao Executivo pedido de autorização para retorno das atividades. Foi alegado, na oportunidade, grandes prejuízos e desemprego gerados com a suspensão dos shows e eventos na cidade.

Outra reivindicação entregue ao Executivo foi sobre a possibilidade de isenção/anistia de tributos municipais durante o período de quase um ano de paralisação. O pedido será analisado pela Secretaria Municipal de Fazenda, com parecer do Departamento Jurídico.

Segundo o superintendente de governo Alysson Rodrigues Vargas, após a manifestação do Comitê, em caso de sinal verde para o retorno das atividades, haverá nova reunião com os representantes do setor.

Situação

Há 10 meses com atividades suspensas em razão da pandemia do novo coronavírus, a classe de produtores de eventos, proprietários de casas de shows, cantores, músicos, seguranças e outros profissionais que atuam no setor deflagraram uma mobilização, com abaixo assinado, para retornarem ao trabalho.

Leia mais:  Câmara: Projeto responsabiliza agressor pelas despesas nos casos de violência doméstica

Cerca de 500 pessoas já assinaram o pedido petição e declararam apoio ao movimento, principalmente nas redes sociais.

Os eventos não são autorizados desde abril do ano passado (à exceção do mês de dezembro, quando houve flexibilização) e os empresários e profissionais que atuam nesse segmento sentem fortemente a crise, já que estão há quase um ano sem trabalho e, por consequência, sem rendimento.

Segmento

Segundo a organização do movimento, o setor reúne mais de 1.000 profissionais, entre trabalhadores diretos e indiretos. Além dos proprietários dos estabelecimentos, o setor congrega músicos, garçons, seguranças, atendentes de copa e bilheteria, profissionais de sonorização e iluminação, decoração, limpeza, jardinagem e serviços em geral, contadores, além de engenheiros para projetos.

A atividade gera impostos e outros tributos nas esferas municipal e estadual e, também, gera renda no setor de comércio e serviços e até mesmo na mídia, com anúncios e propaganda. “A pessoa que vai na balada gasta com roupas, calçados, barbearia, salão de beleza, combustíveis, transporte… Quando tem shows nacionais, atrai pessoas de outras cidades, e aí tem renda para hotéis, restaurantes, enfim…”, observa Dj Djalma, que também está à frente da mobilização.

Leia mais:  Feira do Centro: Com preço atrativo e qualidade, abacaxi é opção em fruta para o consumidor

Comentários Facebook
Advertisement

Cidades & Geral

Feira do Centro: Com preço atrativo e qualidade, abacaxi é opção em fruta para o consumidor

Published

on

As frutas de estação sempre são destaque na Feira do Produtor do Centro e o abacaxi já desponta, a partir deste mês de agosto, com suas primeiras colheitas realizadas pelo pequeno produtor.

O abacaxi é uma tradição em Tangará da Serra. É opção de sabor e fonte de energia para a saúde de quem consome esta fruta tipicamente sul-americana. Pode ser consumido in natura, em sucos e drinques. É ingrediente rico para doces, compotas, geleias, bolos e tortas. Vai muito com um bom churrasco, assado na brasa, com canela e outras especiarias. (Veja receitas ao final do texto)

O abacaxi ocorre em toda região de planície da América do Sul, sendo historicamente apreciada pelos povos indígenas. É considerada uma “superfruta” por estudiosos e profissionais de nutrição em virtude da sua ampla gama de benefícios, sendo uma grande fonte de vitaminas, minerais e substâncias funcionais, como compostos bioativos, água e fibras.

De sabor marcante e exclusivo, ricamente adocicado, o fruto ajuda a evitar o desenvolvimento de doenças graves, combate estresse, melhora a saúde mental, fortalece os músculos, reduz inchaços e contribui para o bom funcionamento do organismo. De quebra, fortalece a imunidade, melhora a digestão, previne infecções, diminui e retarda o envelhecimento.

Leia mais:  Startups selecionadas no programa de inovação aberta do AgriHub terão primeiro encontro

“É uma fruta que temos em abundância aqui na Feira, é produzida por muitos dos nossos feirantes com a qualidade de sempre e preço muito em conta”, diz o presidente da Associação dos Feirantes de Tangará da Serra (Asfet), Valdeci Ferraz Aquino.

Nos boxes

Produzido em Tangará da Serra no Assentamento Antônio Conselheiro – agrovilas 04 e 07 e nos 40 lotes – e também em Progresso, São Joaquim e na região das Cabeceiras do Queima Pé, o abacaxi é facilmente encontrado na Feira do Centro, no setor de hortifruti.

Veja 65 receitas com abacaxi no link abaixo:

65 receitas com abacaxi adocicadas e azedinhas na medida certa

Comentários Facebook
Continue Reading

Envie sua sugestão

Clique no botão abaixo e envie sua sugestão para nossa equipe de redação
SUGESTÃO

Empresas & Produtos

Economia & Mercado

Contábil & Tributário

Governo & Legislação

Profissionais & Tecnologias

Mais Lidas da Semana