conecte-se conosco


Cidades & Geral

Tangará da Serra: Represas sustentam abastecimento de água; Sistema Sepotuba será licitado dia 01/10

Publicado

Tangará da Serra enfrenta neste ano de 2020 uma das suas mais severas estiagens. A última chuva com bom volume ocorreu no dia 13 de maio, com mais de 100 milímetros de precipitação. De lá pra cá, somente na madrugada do último domingo (20.09) – mais de quatro meses, portanto – uma fraca e irregular chuva chegou à região, não superando a média de 10 milímetros.

Neste período superior a quatro meses de seca absoluta, em que o racionamento seria uma medida inevitável, Tangará da Serra mantém a regularidade no abastecimento de água.

O Enfoque Business esteve esta semana na Estação de Captação, Tratamento e Distribuição de Água – ETA Queima Pé – e verificou as condições das três represas do complexo, duas delas implantadas em 2018 e 2019. Os níveis das três represas estão dentro da normalidade, conforme as fotos postadas nesta matéria, tiradas no início desta semana.

Segundo informações da autarquia, os volumes das represas (Sitna, que recebe a água dos rios Queima Pé, Figueira e Uberabinha; Reobote, a intermediária; e Ezeque, de onde a água é captada) ainda têm uma margem de sustentação de cerca de 45 dias para abastecimento sem necessidade de racionamento. “Passaremos por este período de seca com o volume existente, até porque o Queima Pé ainda está contribuindo no volume de reservação”, disse o diretor do Serviço Autônomo Municipal de Água e Esgoto (Samae), Marcel Berteges.

Leia mais:  Prefeitura anuncia medidas para disponibilização de vagas para sepultamento no Cemitério Municipal

Por outro lado, problemas pontuais de manutenção acarretam interrupções temporárias no fornecimento em alguns bairros, o que, muitas vezes, causa turbidez na água que chega aos domicílios atendidos. Em outros casos, o problema da turbidez está em possíveis vazamentos e/ou na própria caixa d’água das unidades consumidoras. “Nossas análises são realizadas de hora em hora e não mostram turbidez alta”, disse Rafael Grigulo, químico da ETA Queima Pé.

As chuvas que deverão ocorrer em outubro – que segundo estimativas de especialistas em meteorologia deverão somar cerca de 200 milímetros na região – serão fundamentais para a normalização gradual da vazão do Queima Pé, que juntamente com os córregos Figueira e Uberabinha compõem a fonte de abastecimento da cidade.

Pregão eletrônico

Já o processo licitatório do Sistema Sepotuba para captação e adução de água para tratamento na ETA, que estava programado para iniciar ainda em agosto, foi postergado para o dia 01 de outubro. O adiamento foi motivado por um pedido de informações sobre materiais e custos da obra pelo Ministério Público.

Leia mais:  Região de Tangará da Serra deverá receber cerca de 100 mm de chuvas até domingo

O processo licitatório consiste no Pregão Eletrônico 005/2020/SAMAE (link ao final da matéria), do tipo ‘Menor Preço por Item. O certame tem por objeto a “aquisição de tubos e materiais hidráulicos em ferro fundido dúctil para uso na extensão da adutora do projeto de captação de água no rio Sepotuba para ETA Queima Pé”.

As obras, que serão realizadas com recursos próprios do município estão orçadas em R$27 milhões (aquisição dos tubos), além dos conjuntos Moto Bomba (R$ 3,2 milhões) e execução (R$ 5,9 milhões).

Vale lembrar que o Sistema Sepotuba terá como finalidade a segurança hídrica da cidade, entrando em operação somente no caso de o Queima Pé não conseguir atender a demanda de consumo.

(*) Veja edital do Pregão Eletrônico no linkhttps://www.samaetga.com.br/fotos_licitacao/84.pdf

 

publicidade

Cidades & Geral

Brasnorte: Ação na Justiça requer devolução de área e indenização de R$ 10 milhões da JBS

Publicado

O não cumprimento de um acordo entre uma indústria frigorífica e o município de Brasnorte (600 km de Cuiabá) está resultando numa batalha judicial. O município de Brasnorte entrou com uma ação contra a JBS para revogação de doação com pedido de reversão do imóvel.

O motivo seria o não cumprimento de atividade econômica de um frigorífico instalado pela empresa, que estaria operando com apenas 10% da capacidade, frustrando as expectativas do município de fomento à economia quando da doação da área.

Segundo o prefeito de Brasnorte, Edelo Marcelo Ferrari, a verdadeira intenção do pedido é que o frigorífico cumpra sua finalidade.

A ação inclui, ainda, multa de R$ 500 mil reais e R$ 10 milhões em indenizações por danos morais.

Segundo o prefeito de Brasnorte, Edelo Marcelo Ferrari (DEM), a verdadeira intenção do pedido é que o frigorífico cumpra sua finalidade, que é de realizar os abates previstos, gerar emprego e trazer renda para o município. “Nós também temos muito dinheiro investido naquela área, tendo em vista que o município fez toda a terraplanagem além da doação do terreno. Então, mais do que justo seria funcionar e isso não está acontecendo”, explica Ferrari.

Leia mais:  Prefeitura divulga edital para aquisição de alimentos da agricultura familiar para alimentação escolar

Desapontamento

Para o presidente do Sindicato Rural de Brasnorte, Cleber José dos Santos Silva, a classe produtora está muito desapontada com a subutilização da planta instalada no município e concorda com a ação imposta pela prefeitura para o cumprimento do TAC. “Hoje nós temos uma pecuária maior e mais forte, fartura de pasto – com a integração de agricultura e pecuária, temos mais de 400 mil cabeças de gado e condições para instalar grandes frigoríficos e confinamentos porque temos uma abundância de grãos dentro do nosso município. Então nós cobramos que haja a responsabilidade do frigorífico de cumprir com este compromisso que ele tem com nosso município ou então deixar a oportunidade para que outras empresas possam explorar o potencial que temos aqui em Brasnorte”, esclareceu Cleber.

(Fonte: Agronews; foto: prefeitura de Brasnorte)

Continue lendo

Envie sua sugestão

Clique no botão abaixo e envie sua sugestão para nossa equipe de redação
SUGESTÃO

Empresas & Produtos

Economia & Mercado

Contábil & Tributário

Governo & Legislação

Profissionais & Tecnologias

Mais Lidas da Semana