conecte-se conosco


Cidades & Geral

Tangará da Serra: Projeto prevê regularização fundiária e titulação de mais de 4 mil imóveis

Publicado

Em entrevista coletiva realizada manhã desta sexta-feira (23), o prefeito Vander Masson apresentou a minuta do que considera ser o maior projeto de regularização fundiária da história de Tangará da Serra.

Sendo aprovado pela Câmara Municipal, o projeto possibilitará que mais de 4 mil proprietários de imóveis tenham o título definitivo de seus terrenos localizados na área urbana do município.

Vander explica que o amplo projeto, de autoria do Executivo Municipal, organizado pela equipe técnica da Secretaria Municipal de Coordenação e Planejamento (SEPLAN), foi construído utilizando como base a lei federal 3.465/2017, unificando várias leis municipais existentes, facilitando o acesso de toda a população à política municipal de regularização fundiária.

“Isso irá influenciar os cidadãos a buscar a regularização de sua situação, buscando seus direitos e pegando o título definitivo de seus imóveis, podendo daí fazer financiamento para ampliar suas casas, construir suas casas. Veja o quanto essa ação irá fazer diferença na vida das pessoas e na economia da nossa cidade”, destacou o prefeito ao lado do secretário de Planejamento, Adão Leite Filho, e da arquiteta do Município, Viviane Lúcia de Quadros.

Após aprovado, o projeto irá facilitar e proporcionar a titulação de mais de 4 mil lotes urbanos localizados nos bairros Jardim dos Ipês, Jardim Presidente, Residencial San Diego, Residencial Bela Vista, Jardim Morada do Sol, Jardim 13 de Maio, Residencial Horizonte, Vila Goiás, Jardim São Luís, Alto da Boa Vista, Jardim São Rosalino, Vila São Pedro (Distrito de Progresso) e Vila Esmeralda.

Benefícios serão percebidos pelos proprietários de imóveis de vários bairros da cidade.

O prefeito explica que são terrenos que foram vendidos ou doados pelo Município ao longo dos anos. “Cobrando ou não cobrando por esses lotes, essas pessoas não receberam os títulos até hoje, e quando tinham a oportunidade de receber havia dificuldades em razão do ITBI e de taxas, que eram muito altas e, a partir de agora, serão acessíveis a todos, ficando entorno de R$ 40,00”, explicou Vander.

Leia mais:  Feira do Centro oferece um riquíssimo alimento conhecido pelo homem há 6 mil anos

“O que antes ficava em mil e 200, mil e 300, agora ficarão acessíveis a toda a população, além disso, as pessoas receberão, além do título, a matrícula, ou seja, as pessoas não vão precisar mais ir ao cartório pagar a escritura”, completou o prefeito, explicando que tudo está regulamentado em lei federal que determina que os cartórios façam os registros de forma gratuita.

“Pessoas que antes iam pagar, por exemplo, cinco mil reais, agora vão pagar apenas essa taxa de 40 reais e mais o ITBI [Impostos de Transmissão de Bens Imóveis], que depende do valor real do imóvel, podendo dar 200, 300, 400, 500 reais, dependendo do valor do imóvel. A nossa gestão, juntamente com a nossa equipe da SEPLAN trabalhou muito ao longo desses primeiros anos de 2021 para apresentarmos esse projeto com essa oportunidade à nossa população. Queremos mudar isso tudo e dar a possibilidade, uma expectativa de vida melhor, uma garantia dos moradores estarem morando em seus lotes, seus imóveis regularizados”, pontuou o prefeito Vander.

Leia mais:  Estrada entre Arenápolis e Nortelândia será duplicada; Licitação já lançada pelo Governo

Trâmite

O projeto de lei complementar será protocolado na Câmara Municipal, onde será analisado e votado pelos vereadores. Após aprovado, o projeto volta para o Executivo Municipal, onde será sancionado pelo prefeito e posteriormente será colocado em prática com ampla divulgação para atingir todos os cidadãos interessados.

Bairros beneficiados

Serão beneficiados com o projeto, proprietários de lotes nos bairros Jardim dos Ipês, Jardim Presidente, San Diego, Bela Vista, Morada do Sol, parte do Jardim 13 de Maio (quadras R1 e R2), Residencial Horizonte, Vila Goiás, Jardim São Luís, Alto da Boa Vista, Jardim São Rosalino, Vila São Pedro (Distrito de Progresso), quadras 15A e 15B, quadras 64A e 64B, quadras 72A e 72B (também em Progresso), quadras 55A e 55B (na Vila Esmeralda), Vila Esmeralda I e Vila Esmeralda II, que são loteamentos particulares, o que dependerá de acordo entre os poderes Executivo, Legislativo e Judiciário, além de lotes localizados no Jardim Itapirapuã, dentre outros.

(Redação EB, com Assessoria de Comunicação)

publicidade

Cidades & Geral

Feira do Centro oferece um riquíssimo alimento conhecido pelo homem há 6 mil anos

Publicado

Entre tantos produtos de destaque da Feira do Produtor do Centro, o leite natural é um deles. Este produto de origem animal e seus derivados, integram um grupo de alimentos essenciais na alimentação. É rico em cálcio e proteínas e, também, é importante fonte de fósforo, potássio, sódio e vitaminas.

O leite faz parte da alimentação das pessoas já na infância, compondo a dieta humana há 6.000 anos, desde o período Neolítico (idade da pedra polida), quando o homem se sedentarizou.

Segundo especialistas em nutrição, o consumo de leite é importante em todas as idades, pois contém cálcio, com alta biodisponibilidade. Faz bem aos ossos e ao coração, previne a depressão e auxilia no crescimento, ajuda na formação da massa muscular e contribui para perda de peso nos casos em que a balança aponta excesso.

Valdeci, com a esposa Cleide: Tradição na produção e comercialização de leite natural e derivados.

Seu consumo adequado ao longo da vida permite manter a densidade óssea, protegendo contra doenças como a osteoporose. De quebra, contribui para a qualidade do sono, controla a diabetes, hidrata o organismo, melhora a pressão arterial e regula a flora intestinal.

Leia mais:  Feira do Centro oferece um riquíssimo alimento conhecido pelo homem há 6 mil anos

Não é verdade que o leite de vaca contém hormônios injetados no animal. O leite natural é, isso sim, um alimento completo, absolutamente saudável e muito bem aceito pelas crianças.

É ingrediente fundamental da gastronomia, compondo diversas receitas. Veja no link: https://www.receitasnestle.com.br/blog-post/receitas-com-leite.

Onde

Na Feira do Centro, o leite natural e seus derivados são destaque Box-81, de Valdeci Ferraz Aquino e família. Com propriedade no Acampamento (Linha 12), Valdeci, preside a Associação dos Feirantes e é o gestor do mercado público. Em seu box, ele comercializa, além do leite natural, derivados como queijos, doce pastoso, doce em cubos, nata e a tradicional ‘cachorrada’, um delicioso doce semelhante à ambrosia, porém sem ovos.

O leite natural e os queijos também podem ser encontrados nos boxes 5-A (Pedro José de Freitas), 6-A (Neide Cristina), 9-A (Flávio e Sandra Freitas), 10-A (Sônia Freitas) e 51-A (Fábio Hipólito), todos com propriedades no Córrego das Pedras. Nos boxes 20-A e 51-A, Osvaldir Bandiera e Edson Cabral de Souza também oferecem leite e queijos vindos do Acampamento e da Gleba Bandeirantes.

Leia mais:  Estrada entre Arenápolis e Nortelândia será duplicada; Licitação já lançada pelo Governo

Continue lendo

Envie sua sugestão

Clique no botão abaixo e envie sua sugestão para nossa equipe de redação
SUGESTÃO

Empresas & Produtos

Economia & Mercado

Contábil & Tributário

Governo & Legislação

Profissionais & Tecnologias

Mais Lidas da Semana