conecte-se conosco


Cidades & Geral

Tangará da Serra: Município conhecerá nesta quinta propostas para área do Hospital Regional

Publicado

A prefeitura de Tangará da Serra abrirá nesta quinta-feira, pela manhã, os envelopes com as propostas de venda de área para instalação do Hospital Regional. A sessão do certame tem início às 08h00 e será transmitida ao vivo pelo YouTube (link abaixo – ao vivo).

A licitação é na modalidade concorrência do tipo ‘menor preço’.

Opções de área

As opções de área estão em quatro microrregiões do perímetro urbano consideradas passíveis de sediar a unidade hospitalar regional, levando em conta a acessibilidade e a mobilidade urbana.

As microrregiões são no quadrante Sul (MT-358/Anel Viário, entre o Trevo da Melancia e entroncamento com avenida Alvadi Monticelli – preço até R$ 70,00/m²); Sul/Sudeste (MT-358/Anel Viário, entre a avenida Alvadi Monticelli e a Avenida Brasil – até R$ 75,00/m²), Oeste ( MT-358/Anel Viário, entre as avenidas Brasil e Lions Internacional – até R$ 70,00/m²), Noroeste (MT-358/Anel Viário, entre a Lions Internacional e prolongamento da avenida Nilo Torres  – até R$ 40,00/m²).

Ainda segundo o edital, “para definição do MENOR PREÇO, na hipótese de disputa entre microrregiões diferentes, será considerado como MENOR PREÇO, a proposta que tiver ofertado maior percentual de desconto em relação ao valor de referência inicial de cada microrregião”.

Leia mais:  Crédito de R$ 200 mil para serviços cartorários viabilizará escrituração de área do aeroporto

publicidade

Cidades & Geral

Feira do Centro oferece duas atrações típicas do Brasil e valiosas para a saúde e a culinária

Publicado

Domingo, como reza a tradição, é dia de Feira em Tangará da Serra. E dois produtos muito atrativos na Feira do Produtor do Centro são as castanhas de caju e do Pará. As duas são alimentos saudáveis e compõem receitas extraordinárias, como nos links ao final do texto.

A castanha-do-pará é rica em proteínas, fibras, selênio, magnésio, fósforo, zinco e vitaminas do complexo B e vitamina E. Também fornece antioxidantes ao organismo, promovendo a diminuição do colesterol total. Melhora o sistema imunológico e ajuda a prevenir alguns tipos de câncer, como de mama, próstata e cólon.

Contribui para a saúde do cérebro e mantém o cabelo e as unhas saudáveis. Reduz a pressão alta, ajuda a regular a tireoide e é excelente fonte de energia.

Já a castanha-de-caju vem do fruto do cajueiro e é rica em antioxidantes, gorduras boas e minerais. Ajuda a prevenir o desenvolvimento de doenças do coração e anemia, além de melhorar a saúde da pele, unhas e cabelo. Segundo especialistas, consumir cerca de 30 gramas de castanha de caju por dia é uma alternativa para complementar os nutrientes consumidos diariamente.

Leia mais:  Clubes de Serviço: Rotary de Tangará da Serra iniciam nesta quinta-feira as trocas de diretorias

Castanhas nos boxes

A castanha-do-pará oferecida na Feira do Centro é proveniente da região de Juína e de outras cidades e localidades da região norte do estado. Já a castanha de caju vem, principalmente, da região Nordeste do Brasil.

São comercializadas em vários boxes do setor de hortifruti, em especial nos boxes 16-C, de Elieder Santos; 21-A, de Francisco da Silva; 23-A, de Eliane Resende; e 42-A, de Elton Pereira.

Veja, a seguir, receitas com as duas castanhas:

https://www.receiteria.com.br/receitas-com-castanha-do-para/

https://www.receiteria.com.br/receitas-com-castanha-de-caju/

Continue lendo

Envie sua sugestão

Clique no botão abaixo e envie sua sugestão para nossa equipe de redação
SUGESTÃO

Empresas & Produtos

Economia & Mercado

Contábil & Tributário

Governo & Legislação

Profissionais & Tecnologias

Mais Lidas da Semana