conecte-se conosco


Cidades & Geral

Tangará da Serra: Feira do Produtor do Centro atenderá em três dias na semana do Natal

Publicado

Os consumidores de Tangará da Serra e região anexa terão um dia extra de feira na semana do Natal, a penúltima do ano, em dezembro próximo. Segundo a Associação dos Feirantes de Tangará da Serra (Asfet), o principal mercado público de Mato Grosso atenderá excepcionalmente do dia 24 (sexta-feira).

Assim, além dos atendimentos tradicionais na quarta e no domingo daquela semana, a Feira do Produtor do Centro atenderá na sexta-feira. “Consideramos a véspera de Natal, em que o consumidor poderá ter uma ceia natalina com produtos fresquinhos, vindos diretamente da agricultura familiar”, justifica o presidente da Asfet, Valdeci Ferraz Aquino.

O gestor da Feira do Produtor do Centro avalia com os feirantes a possibilidade de repetir o atendimento extra no dia 31, véspera de ano novo, também na sexta-feira. “Vamos avaliar como será a resposta do consumidor no dia 24 e, se for o caso, atender também no dia 31”, informa.

Valdeci antecipa, ainda, que haverá atividades especiais nestas datas de final de ano. As novidades serão anunciadas após reunião convocada pela Asfet.

Leia mais:  Crise hídrica impacta oferta de alimentos, mas Feira do Centro mantém variedade e qualidade

publicidade

Cidades & Geral

Centro de Eventos: Ajustes no projeto e divergência forçaram paralização; Obras prosseguem

Publicado

A paralisação verificada esta semana nas obras do Centro de Eventos, em Tangará da Serra, foram motivadas por ajustes no projeto e divergência funcional. Uma equipe de técnicos, com um engenheiro, esteve ontem na cidade para regularizar as duas situações e dar prosseguimento às obras.

Segundo o secretário municipal de Turismo, Wellington Rondon, a equipe informou que a cobertura será toda pré-moldada, com fabricação das estruturas em Cuiabá. “Houve ajustes no projeto e começaram a fabricação”, disse o secretário, conforme as informações que recebeu.

Equipe da empreiteira responsável pelas obras avalia adequações no projeto do Centro de Eventos (Foto: SEDEC/SEADTUR).

Outro problema que forçou a paralisação temporária das obras – segundo informações repassadas pelo secretário de Indústria e Comércio do município, Silvio Sommavilla – diz respeito a divergências funcionais com um colaborador, que acabou sendo substituído pela empreiteira.

Obra

O Centro de Eventos de Tangará da Serra está sendo construído pelo Governo do Estado de Mato Grosso, através da SEDEC/SEADTUR, com recursos do Programa de Desenvolvimento Sustentável de Turismo (PRODESTUR), via Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES).

Leia mais:  Vídeo: “Esta sou eu, estou viva...”, diz idosa vacinada contra a Covid, mas citada como morta pelo TCE-MT

Novela

Com projeto concebido e aprovado em 2012 e obras iniciadas em 2016, o Centro de Eventos de Tangará da Serra teve suas obras paralisadas por diversas vezes, seja por ineficiência e atrasos nos repasses do governo à empresa responsável, seja por problemas técnicos das empreiteiras.

Desta vez, a paralisação foi motivada por necessidade de ajustes no projeto, mas terão continuidade.

Estrutura

O Centro de Eventos representará uma nova fase para Tangará e região no turismo de negócios. Os grandes eventos voltados a qualquer setor (agropecuária, indústria, tecnologia, serviços, educação, meio ambiente, etc.) proporcionarão fluxos importantes de visitação aos pontos turísticos existentes no município.

Com uma área física projetada de 3,8 mil metros quadrados e capacidade para comportar até oito eventos simultâneos, o Centro de Eventos terá estrutura interna com ilhas de WC, cozinha, varanda de serviços, depósitos, dependência administrativa, área para carga e descarga e espaço para câmara fria. Haverá, também, uma área externa de 9 mil metros quadrados para eventos como o Carnaval e outros de grande porte. O estacionamento contará com cerca de 450 vagas.

Leia mais:  Bancos não terão expediente durante feriado de carnaval; Demais setores funcionarão

A gestão do espaço e a captação de eventos deverá ser de responsabilidade um ‘convention bureau’, espécie de autarquia formada por representantes do trade turístico e do poder público.

Continue lendo

Envie sua sugestão

Clique no botão abaixo e envie sua sugestão para nossa equipe de redação
SUGESTÃO

Empresas & Produtos

Economia & Mercado

Contábil & Tributário

Governo & Legislação

Profissionais & Tecnologias

Mais Lidas da Semana