conecte-se conosco

Cidades & Geral

Tangará da Serra: Central de Regulação passa a atender ao público entre as 8h e as 11h

Publicado

A Secretaria Municipal de Saúde (SMS) comunica que a Central de Regulação terá atendimento ao público somente no período da manhã, entre as 08h às 11h, de segunda a sexta-feira.

A informação é da secretaria da pasta, Gicelly Zanatta, que explica que a mudança ocorre com o objetivo de facilitar e agilizar os processos no sistema e na liberação e contato com os pacientes para o agendamento.

De acordo com a Secretaria, o atendimento da Central de Regulação será pela manhã, ficando o período da tarde exclusivo para que os servidores insiram os pedidos de exames no sistema da Secretaria de Estado de Saúde (SES), através do Sistema Online de Regulação (Sisreg).

Outra mudança que está em processo é o acesso e abastecimento do Sisreg. A Secretaria Municipal de Saúde solicitou ao Estado para que todas as unidades de saúde acessem o sistema e encaminhem as solicitações de exame feitas pelos moradores, sem a necessidade de passar pela Central de Regulação, que será desafogada e terá mais tempo hábil para atender a população.

Leia mais:  Quarto mandato: Ex-prefeito de Nortelândia, Neurilan Fraga é reeleito presidente da AMM

“Hoje as pessoas dão entrada na sua unidade básica de saúde seus pedidos de exames ou consultas especializadas, que envia os papéis para serem lançados na Central de Regulação, estamos em contato com o Estado para que cada unidade de saúde possa lançar diretamente no SISREG, o que reduzirá o tempo para a entrada do pedido no sistema, agilizando o processo”, destacou a secretária.

(Assessoria)

publicidade

Cidades & Geral

Tangará da Serra: Aulas da rede municipal começam dia 1º no formato online e apostilado

Publicado

Cerca de 13,8 mil alunos da rede municipal de ensino retornarão às aulas no próximo dia 1º, em Tangará da Serra. A informação foi repassada pelo secretário municipal de Educação, Vagner Constantino Guimarães, em entrevista coletiva concedida ao final da tarde desta segunda-feira (18), juntamente com o prefeito Vander Masson (PSDB).

As instruções serão na modalidade online e apostilada, no ensino infantil ao 9º ano. O calendário inicial deste ano letivo inclui as 76 horas remanescentes da carga de horas-aula de 2020, que ficaram pendentes em razão da pandemia do novo coronavírus.

Segundo o secretário, a modalidade híbrida de ensino – que combina o formato online e apostilado com o presencial – poderá ser adotado em março. “Para isso, vamos consultar o Comitê (Interinstitucional de Controle e Monitoramento ao Coronavírus) e, se possível, iniciar (o formato híbrido) em março”, disse Vagner Constantino, destacando que tudo irá depender da situação da pandemia.

A retomada das atividades dos 13,8 mil alunos representará o envolvimento de 990 profissionais (entre estes, 529 professores) da Educação lotados na rede municipal, que engloba 37 escolas.

Leia mais:  ACITS reúne empresários e colaboradores em Palestra “Entendendo a Lei Geral de Proteção de Dados - LGPD”

As matrículas seguem em aberto, com expectativa de que mais de 90% das vagas nas escolas municipais estejam preenchidas até a próxima sexta-feira (22).

Outras medidas

Vagner: Consulta ao Comitê sobre modalidade híbrida a partir de março.

Além da retomada das aulas, a secretaria realizará a escolha dos novos diretores e coordenadores das escolas através de processo democrático. Haverá, também, uma reestruturação administrativa e readequação do transporte escolar. “Queremos atender a totalidade da nossa demanda, ou seja: todos os alunos que precisam de transporte escolar”, projetou o secretário.

A Secretaria Municipal de Educação trabalhará este ano no aumento da oferta de vagas na educação infantil, com reforma e ampliação de creches. Uma das novidades neste setor é que o município receberá do estado a devolução da estrutura da Escola Estadual Bento Muniz, que será destinada à educação infantil.

Também haverá reformas e ampliações de escolas nas áreas urbana e rural e a instalação da Escola Militar. Neste caso, o primeiro espaço será a Escola Emanuel Pinheiro, de onde a estrutura militar será transferida para a Escola Antônio Casagrande (atual CEJA), que será reformada e ampliada.

Leia mais:  Para reforçar segurança no campo, Senar-MT capacita policiais para operar drones

Por fim, para atender à demanda do ano letivo, a Secretaria de Educação do município pedirá o retorno de 50 profissionais da pasta atualmente cedidos à Secretaria Municipal de Saúde em razão do combate à pandemia.

Também será realizado processo seletivo para contratação temporária de aproximadamente 110 profissionais entre professores, merendeiras, agentes administrativos, serviços gerais, auxiliares de educação infantil e auxiliares de educação especial.

Continue lendo

Envie sua sugestão

Clique no botão abaixo e envie sua sugestão para nossa equipe de redação
SUGESTÃO

Empresas & Produtos

Economia & Mercado

Contábil & Tributário

Governo & Legislação

Profissionais & Tecnologias

Mais Lidas da Semana