conecte-se conosco


Cidades & Geral

Tangará da Serra: Central de Regulação passa a atender ao público entre as 8h e as 11h

Publicado

A Secretaria Municipal de Saúde (SMS) comunica que a Central de Regulação terá atendimento ao público somente no período da manhã, entre as 08h às 11h, de segunda a sexta-feira.

A informação é da secretaria da pasta, Gicelly Zanatta, que explica que a mudança ocorre com o objetivo de facilitar e agilizar os processos no sistema e na liberação e contato com os pacientes para o agendamento.

De acordo com a Secretaria, o atendimento da Central de Regulação será pela manhã, ficando o período da tarde exclusivo para que os servidores insiram os pedidos de exames no sistema da Secretaria de Estado de Saúde (SES), através do Sistema Online de Regulação (Sisreg).

Outra mudança que está em processo é o acesso e abastecimento do Sisreg. A Secretaria Municipal de Saúde solicitou ao Estado para que todas as unidades de saúde acessem o sistema e encaminhem as solicitações de exame feitas pelos moradores, sem a necessidade de passar pela Central de Regulação, que será desafogada e terá mais tempo hábil para atender a população.

Leia mais:  Supermercados devem numerar carrinhos de compras para controlar presença de público

“Hoje as pessoas dão entrada na sua unidade básica de saúde seus pedidos de exames ou consultas especializadas, que envia os papéis para serem lançados na Central de Regulação, estamos em contato com o Estado para que cada unidade de saúde possa lançar diretamente no SISREG, o que reduzirá o tempo para a entrada do pedido no sistema, agilizando o processo”, destacou a secretária.

(Assessoria)

publicidade

Cidades & Geral

Porto Estrela: Assinada a ordem de serviço para construção de ponte sobre o Jauquara

Publicado

A ordem de serviço para as obras de uma ponte de concreto sobre o rio Jauquara, na comunidade Vão Grande, em Porto Estrela, foi assinada ontem (terça, 18) pelo prefeito Eugênio Pelachim (PSC – foto topo). As obras serão realizadas pela empresa CIBE Pré-Moldados, Concretos e Minerais, vencedora do certame licitatório realizado em dezembro do ano passado.

A construção da ponte será viabilizada através de convênio do governo de Mato Grosso, que repassou para a conta da prefeitura de Porto Estrela o valor de R$ 2.507.757,40. O município fará uma contrapartida de 51.178,77. No total, a obra custará R$ 2.558.936,17.

“Desde que assumi o meu primeiro mandato como prefeito de Porto Estrela, tenho trabalhado muito para resolver esse problema da Comunidade Vão Grande e hoje estamos vendo esse sonho se tornando uma realidade”, disse agradecendo a parceria do governador Mauro Mendes e do vice-governador Otaviano Pivetta.

Passarela sobre o rio foi rompida no início do mês, com fortes chuvas e a alta do nível das águas do Jauquara.

A ponte de concreto, que terá uma extensão de 71,1 metros e largura de 4,5 metros – proporcionará a ligação do município com as comunidades de Vaca Morta, Baixio e Vão Grande. “Nesta época de chuva, aquela comunidade sofre muito, pois o rio enche e a passarela não suporta o volume das águas e se rompe”, observou Pelachim, destacando que, com a ponte de concreto, o problema estará solucionado. “Sabemos da importância desta obra para a comunidade e estamos felizes em atender aquelas famílias”, completou.

Leia mais:  Workshop Live apresenta estudos dos impactos de hidrelétricas na Bacia do Alto Paraguai; Com opinião

Eugênio Pelachim destacou, ainda, que a viabilização das obras da ponte sobre o rio Jauquara também tiveram a intermediação do deputado estadual Dilmar Dal Bosco e do senador Jaime Campos, ambos do DEM, além do apoio da Câmara Municipal, através da vereadora Sula (PSC).

(Com informações de Assessoria)

Continue lendo

Envie sua sugestão

Clique no botão abaixo e envie sua sugestão para nossa equipe de redação
SUGESTÃO

Empresas & Produtos

Economia & Mercado

Contábil & Tributário

Governo & Legislação

Profissionais & Tecnologias

Mais Lidas da Semana