conecte-se conosco

Cidades & Geral

Serra de Deciolândia: Após avaliação, obras de correção e reparos iniciam nesta segunda

Publicado

Os trabalhos de correção e manutenção do trecho da Serra de Deciolândia afetado por deslizamento de um talude iniciam nesta segunda-feira (05/04). A informação foi repassada pelo secretário executivo da Associação de Produtores da MT-480, Edmílson Sampaio, ao Enfoque Business, na manhã de hoje.

Segundo Sampaio, a situação do talude está sendo reavaliado, bem como todo o trajeto do trecho em declive da MT-480 na serra. O tráfego, segundo Sampaio, está normalizado e não há riscos de novos deslizamentos. Ele destacou, no áudio enviado à emissora, que houve uma chuva intensa na última sexta-feira, de 70 milímetros. “Estamos monitorando a situação e a partir desta segunda-feira vamos começar o trabalho para estabilizar novamente o local”, disse.

Edilson Sampaio informou que já está no local com uma equipe de técnicos e engenheiros e, também, com uma empreiteira para realização dos trabalhos.

Deslizamento

As chuvas da tarde de ontem (sexta, 02) provocaram o rompimento de um talude no trecho da MT-480, na Serra de Deciolândia. O deslizamento foi mostrado pelos vereadores Eduardo Sanches (PSL) e Ademir Anibale (MDB) e, também, pelo engenheiro civil e representante do projeto Agenda Cáceres, Sílvio Tupinambá.

Leia mais:  Viação Juína assume como concessionária do transporte intermunicipal de Tangará e região

O rompimento ocasionou interdição parcial da pista da MT-480. “Se houver uma chuva brava, pode ocorrer rastejamento, o que será mais grave”, alertou Tupinambá, especialista no assunto.

publicidade

Cidades & Geral

Semec esclarece que aulas da rede municipal de ensino não terão retorno na segunda

Publicado

Mesmo com autorização de retorno constando em decreto (177/2021) a partir de segunda-feira (19), as aulas da rede pública municipal não retomarão suas atividades presenciais imediatamente.

Comunicado divulgado no início da tarde pela assessoria da prefeitura informa que o retorno das aulas acontecerá de acordo com o cronograma (datas e formato) estabelecido pela Secretaria Municipal de Educação (Semec).

(*) Ao final do texto, íntegra do comunicado da Semec.

Segundo esclarece o secretário municipal de Educação, Vagner Constantino Guimarães, não há como retomar integralmente as atividades presenciais na rede escolar municipal porque não há recursos humanos suficientes para tal. “Precisamos, antes, fazer o processo seletivo para contratação de profissionais”, disse.

O processo seletivo programado pela Semec foi suspenso a pedido do ministério público para readequações relacionadas à pandemia Covid-19 e, por isso, terá de ser refeito, o que levará cerca de 30 dias. “Não há condições de retornar na segunda-feira. Não temos profissionais para isso”, disse Constantino.

O secretário admite, porém, que deverá haver o retorno das atividades presenciais em alguns setores e turmas, como na educação infantil e parcialmente, nas primeiras séries do ensino fundamental. “Sabemos das necessidades que envolvem o aspecto social, a merenda escolar, e estamos definindo isso”, considerou.

Leia mais:  MMA lança programa para impulsionar renda de quem protege as florestas

 

Continue lendo

Envie sua sugestão

Clique no botão abaixo e envie sua sugestão para nossa equipe de redação
SUGESTÃO

Empresas & Produtos

Economia & Mercado

Contábil & Tributário

Governo & Legislação

Profissionais & Tecnologias

Mais Lidas da Semana