conecte-se conosco


Cidades & Geral

Seis empresas concorrem em certame para construir Hospital Regional de Tangará da Serra

Publicado

A sessão de concorrência realizada pela Secretaria de Estado de Saúde (SES/MT), em Cuiabá, habilitou seis empresas para disputarem o direito de construir o Hospital Regional de Tangará da Serra. A obra está estimada em R$ 117,2 milhões. A sessão ocorreu às 9h30 desta quinta-feira, dia 03/03, na sala de licitações da Secretaria de Estado de Planejamento e Gestão (Seplag), em Cuiabá.

Na ocasião, a Comissão Permanente de Licitação da SES/MT fez a abertura do Envelope 01, que contempla o credenciamento para posterior habilitação das empresas que apresentaram propostas. O certame licitatório conta com a participação das seguintes empresas: Construtora Augusto Velloso, de São Paulo; Zion Engenharia, de São Paulo; Geosolo, de Mato Grosso; TL Engenharia, do Acre; Consórcio El Shaday e Multisul, de MT; e Lotufo Engenharia, também de MT.

O resultado da habilitação será publicado no Diário Oficial do Estado. O processo licitatório ainda passará por outras etapas ao longo do mês de março, com prazo para recurso e contra recurso, para finalmente ocorrer a abertura dos envelopes de preços e posterior contratação da empresa vencedora.

Leia mais:  Tangará da Serra celebra 46 anos nesta sexta com ao menos quatro grandes demandas

O prefeito Vander Masson destacou a união da classe política de todas as instâncias, da classe empresarial, sociedade civil organizada e comunidade em geral no processo que está culminando com a realização de um sonho.

“É muito satisfatório ver a concretização desse grande projeto, um dos mais importantes da história de Tangará da Serra. Minha gratidão ao governador Mauro Mendes, e a todo o seu secretariado, ao deputado Doutor João, que sempre esteve empenhado, aos empresários, associações, entidades, à comunidade tangaraense, e em especial aos 14 vereadores que entenderam a importância desse projeto. Em breve, superada a fase de licitação, teremos a construção iniciada graças a união de todos, em especial do governador Mauro Mendes e do secretário estadual de Saúde, Gilberto Figueiredo, que tomaram a decisão e se empenharam para a construção do hospital em Tangará”, destacou o prefeito.

Após concluída a licitação, o Governo do Estado dará ordem de serviço para a empresa vencedora do certame iniciar a construção de hospital regional em Tangará da Serra com 111 leitos de enfermaria e 40 leitos de UTI – entre adulto, pediátrico, neonatal e unidade semi-intensiva neonatal – para atendimento na média e alta complexidade.

Leia mais:  Meteorologia prevê onda de frio intenso no país; Tangará da Serra poderá ter mínimas de 5°C

O hospital também contará com 10 consultórios médicos, 2 consultórios para atendimento à gestantes, 6 salas de centro cirúrgico, além de espaços para banco de sangue, banco de leite materno e realização de exames, como tomografia e colonoscopia. De acordo com a área técnica da SES/MT, a previsão média de conclusão para cada obra é de aproximadamente dois anos após o início da construção.

Área do Hospital

O Hospital Regional será construído no anel viário de Tangará da Serra, nas proximidades do Loteamento Ipanema, em área de 91 mil metros quadrados doada ao Estado pelo Governo Municipal após aprovação da Câmara Municipal. Em 04 de janeiro de 2022, o prefeito Vander Masson foi pessoalmente à capital entregar a escritura da área ao governador Mauro Mendes.

(Assessoria/Redação EB)

publicidade

Cidades & Geral

Meteorologia prevê onda de frio intenso no país; Tangará da Serra poderá ter mínimas de 5°C

Publicado

Uma forte e extensa massa de ar frio atinge o Brasil a partir de domingo (15) causando acentuada queda de temperatura em diversas regiões. A partir do dia (16), a massa de ar frio se desloca rapidamente pelo Sul avançando para áreas das regiões Centro-Oeste e Sudeste e, durante à noite, chega aos estados de Rondônia e Acre, causando o segundo episódio de friagem.

Em Mato Grosso, o frio poderá ser recorde a partir da noite de quarta-feira (18), com mínimas de 7°C na capital, Cuiabá, e de 5° C em Tangará da Serra. Na quinta-feira, os termômetros poderão apontar 4°C na cidade da Serra de Tapirapuã (Veja imagem abaixo).

A friagem deverá persistir por até uma semana, segundo previsões nos principais sites especializados em meteorologia do país, como o Clima Tempo, o Cptec/Inpe e o Inmet.

A figura a seguir, do Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet), apresenta a previsão de temperatura mínima no início da manhã dos dias 18 e 19 (quarta-feira e quinta-feira).
Tons em azul e roxo indicam áreas com previsão de temperatura mínima menor que 12°C. Destaque para áreas das Serras Gaúcha e Catarinense e no Planalto Sul do Paraná, sudeste de Minas Gerais e Serra da Mantiqueira onde as temperaturas deverão ser negativas.

Leia mais:  Tangará da Serra celebra 46 anos nesta sexta com ao menos quatro grandes demandas

Continue lendo

Envie sua sugestão

Clique no botão abaixo e envie sua sugestão para nossa equipe de redação
SUGESTÃO

Empresas & Produtos

Economia & Mercado

Contábil & Tributário

Governo & Legislação

Profissionais & Tecnologias

Mais Lidas da Semana