conecte-se conosco


Agronegócio & Produção

Saúde do solo: Tema será destaque do Famato Embrapa Show, com painel e nova tecnologia

Publicado

Solos saudáveis são aqueles biologicamente ativos, que promovem a saúde das pessoas, plantas e animais, e preservam a capacidade de armazenamento e filtragem de nutrientes. Esse componente essencial para o sucesso de qualquer atividade agropecuária recebe destaque no Famato Embrapa Show, evento que apresenta mais de 60 tecnologias desenvolvidas pela Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa) de 22 a 24 de junho em Cuiabá.

No dia 23 de junho, o primeiro painel do dia, pela manhã, será totalmente dedicado à sustentabilidade do solo, especialmente do tipo arenoso. Um dos convidados é o pesquisador Júlio César Salton, da Embrapa Agropecuária Oeste, de Dourados (MS), que vai conduzir o painel “Cobertura de solo e palhada: efeitos e opções de sistemas e de plantas”.

A atenção especial dada ao solo arenoso, explica Salton, deve-se a sua fragilidade e à expansão da produção agrícola sobre solos com esse perfil, o que exige cuidados tanto no aspecto químico quanto de cobertura.

Das práticas de conservação e melhoria da qualidade do solo, o pesquisador defende o uso de plantas de cobertura na entressafra. “São plantas que evitam perdas por erosão, mantêm o solo com mais umidade, aumentando a capacidade de armazenamento de água e de matéria orgânica. Isso é fundamental para qualquer processo de produção e resulta em maior eficiência dos fertilizantes”, observa o pesquisador.

De forma complementar, o produtor poderá conhecer a nova tecnologia para solos lançada pela Embrapa, a plataforma Afere (Avaliação da Fertilidade do Solo e Recomendação da Adubação). O software permite que o agricultor racionalize o uso de fertilizantes na produção, resultando em aumento de produtividade e economia.

Leia mais:  Momento Agrícola: Questões de carbono nos EUA e na UE, tributos e diálogos são destaques

O lançamento do Afere está sendo feito por módulos. O módulo atual já liberado calcula o balanço da adubação e gera relatórios de reposição dos nutrientes em sistemas de produção de soja. Para isso, é considerado o histórico de produção e o balanço de entradas e saídas de nutrientes.

Já no dia 24, terá minipalestra sobre Bioanálise do Solo (BioAS), com a pesquisadora Ieda Mendes, da Embrapa Cerrados. Os pesquisadores comparam essa tecnologia a um exame de sangue, pois detecta problemas assintomáticos de saúde do solo, antes que impactem no rendimento das lavouras.

Essa análise é feita a partir de duas enzimas presentes na terra. Como as enzimas são mais sensíveis que indicadores químicos e físicos, é possível detectar com antecedência alterações em função do uso e manejo do solo.

Na Mostra Tecnológica, que ocorre paralelamente à programação técnica, os participantes poderão conferir de perto o Fertmovel, laboratório móvel para análises de fertilidade do solo desenvolvido pela Embrapa. Com ele, as análises são entregues em até 15 dias.

Inoculantes – O uso de produtos biológicos também é uma forma de preservar o solo, reduzir o uso de fertilizantes e, assim, gerar economia ao produtor. Entre os produtos que estão hoje no mercado, o BiomaPhos e o inoculante para braquiárias vão compor a Ilha de Tecnologias “Produtos Biológicos” do evento.

Leia mais:  Momento Agrícola: Questões de carbono nos EUA e na UE, tributos e diálogos são destaques

Resultado de quase duas décadas de pesquisa pela Embrapa, o BiomaPhos é um solubilizador de fósforo. Ele libera o fósforo retido no cálcio, alumínio e ferro presentes no solo tornando-o disponível às plantas. O fósforo é um elemento fundamental para a produção vegetal, pois interfere em vários momentos da vida da planta, inclusive na fotossíntese.

Processo parecido ocorre com o inoculante para braquiárias, desenvolvido para facilitar a fixação de nitrogênio da atmosfera. O uso desse biológico supre parcialmente a necessidade do nutriente para as plantas, reduzindo o uso de fertilizantes nitrogenados. Além de gerar economia, reduz impactos ambientais.

De acordo com Ricardo Arioli, coordenador técnico do Famato Embrapa Show, os produtos biológicos são recomendados para diferentes tipos de cultura, de pequeno a grande portes. “São ferramentas de menor impacto ambiental, que equilibram produtividade com sustentabilidade, e com a vantagem de reduzir custos para o produtor”.

O Famato Embrapa Show 2022 será realizada de 22 a 24 de junho, no Cenarium Rural, em Cuiabá. Confira a programação completa e garanta sua inscrição aqui: https://sistemafamato.org.br/famatoembrapashow/.

publicidade

Agronegócio & Produção

Momento Agrícola: Questões de carbono nos EUA e na UE, tributos e diálogos são destaques

Publicado

A decisão da Suprema Corte dos Estados Unidos que limita o poder da Agência de Proteção Ambiental daquele país, a divergência na União Europeia sobre carros a combustão, entrevistas e outros assuntos relevantes para o Agro são os destaques da primeira edição do Momento Agrícola deste mês de julho.

De autoria do produtor rural, agrônomo e consultor Ricardo Arioli, o programa é veiculado aos sábados pela rede de rádios do Agro e repercutido em forma de notícias e com podcast Soundcloud pelo Enfoque Business, também aos finais de semana.

Menos poder

A   primeira edição do Momento Agrícola neste segundo semestre do ano traz à baila uma decisão da Suprema Corte dos Estados Unidos que limita o poder da Agência de Proteção Ambiental americana (EPA, na sigla em inglês) de regular as emissões de carbono das usinas de energia termelétricas do país.

Por seis votos a três, a corte definiu, em sua sessão na última quinta-feira (30), que nenhuma agência federal americana deve ter escopo de ação que não seja o explicitamente concedido por lei aprovada no Congresso. A decisão foi relacionada ao caso Virgínia Ocidental contra EPA.

Leia mais:  Momento Agrícola: Questões de carbono nos EUA e na UE, tributos e diálogos são destaques

Para o ministro-chefe da Corte, John Roberts, “limitar as emissões de dióxido de carbono em um nível que forçará uma transição energética é uma solução sensata, mas uma decisão de tal magnitude cabe ao Congresso”, escreveu, na decisão, que é considerada uma grande derrota para o presidente Joe Biden, que tentava retomar a agenda climática que havia sido suspensa durante o governo de Donald Trump.

UE e a Combustão

Ricardo Arioli comenta, também, sobre uma divergência na Comunidade Europeia envolvendo a redução de gases de efeito estufa.

A Alemanha discordou da aprovação, pela União Europeia, do projeto de proibir a venda de motores a combustão a partir de 2035 nos países do bloco.

O ministro das Finanças da Alemanha, Christian Lindner, afirmou durante em recente conferência (21 de junho) “que continuaria a haver nichos para motores a combustão” e que a proibição “estava errada”, daí a discordância do governo alemão.

Numa análise bastante sensata, os alemães entendem que acelerar a transição para carros elétricos pode criar problemas e obstáculos como montar uma rede de recarga rápida e ultrarrápida o mais pulverizada possível, levando à ampliação da demanda por metais para as baterias de íons de lítio e à oscilação (para cima) do preço das próprias baterias.

Leia mais:  Momento Agrícola: Questões de carbono nos EUA e na UE, tributos e diálogos são destaques

Outras

O Momento Agrícola traz considerações sobre questões estratégicas no Brasil, como a necessidade de importação de óleo diesel pelo País em razão de sua insuficiência nos processos de refino de petróleo. Há, neste particular, a possibilidade de importação direta de diesel por grandes produtores, o que resultaria em menor carga tributária, já que a operação aconteceria em drawback.

Ainda sobre combustíveis, Ricardo Arioli comenta sobre o ICMS dos combustíveis, que tem rendido muita polêmica entre os governadores dos estados.

Nos blocos seguintes, Arioli traz diálogos sobre “O Plano Safra 22-23”, com Antônio da Luz, da Farsul; “O Baixo Carbono da nossa Agropecuária”, com Roberto Giolo, da Embrapa; e “Nosso Agro e a Política”, com Anderson Galvão.

Para ouvir na íntegra o Momento Agrícola deste sábado, clique no podcast abaixo:

Continue lendo

Envie sua sugestão

Clique no botão abaixo e envie sua sugestão para nossa equipe de redação
SUGESTÃO

Empresas & Produtos

Economia & Mercado

Contábil & Tributário

Governo & Legislação

Profissionais & Tecnologias

Mais Lidas da Semana