TANGARÁ DA SERRA

Infraestrutura & Logística

RUMO quer estender ferrovia até Lucas, compondo maior entroncamento ferroviário

Publicado em

A empresa de logística Rumo confirmou, em recente reunião com o governador Mauro Mendes, que pretende expandir sua malha ferroviária em Mato Grosso, estendendo o braço da atual linha operada até Lucas do Rio Verde. A proposta faz parte da tentativa da empresa, com sede em Curitiba-PR, em acelerar o processo de renovação da concessão do uso do trecho, que vence em 2028. As informações são dos sites ‘Portal da Cidade’ e ‘Brazil Modal’.

Entroncamento

Caso a proposta da Rumo se concretize, a ferrovia integrará o entroncamento já planejado e se juntará aos projetos da Ferrogrão e da FICO naquilo que poderá vir a ser o maior entroncamento ferroviário da América Latina. Além disso, o modal de transporte se tornaria a principal forma de circulação de mercadorias e da produção agroindustrial mato-grossense em longas distâncias, substituindo as rodovias.

Ferrovia integrará o entroncamento já planejado e se juntará aos projetos da Ferrogrão e da FICO.

O investimento para a possível obra está orçado em R$ 15 bilhões e prevê entrepostos em Cuiabá e Nova Mutum na primeira etapa da construção. O segundo trecho atingiria Lucas do Rio Verde.

Bastidores

Em Brasília, o governador Mauro Mendes (DEM) e empresários de Mato Grosso têm trabalhado junto ao Governo Federal e aos parlamentares dos estados envolvidos, no sentido de convencer as instituições responsáveis a conceder a renovação da concessão para a Malha Paulista. Sobre o tema, Mendes afirmou à imprensa: “Essa é uma defesa de Mato Grosso, pela nossa competitividade nos mercados internacionais, já que a ferrovia escoa a nossa produção até o porto de Santos”.

Comentários Facebook
Advertisement

Infraestrutura & Logística

Com 12 km de asfalto liberado, pavimentação da 240 deverá chegar a Santo Afonso até dezembro

Published

on

O Prefeito Municipal Vander Masson visitou nesta semana, em companhia do Secretário Municipal de Infraestrutura, Magno César Ferreira, o canteiro de obras da Rodovia MT 240, estrada que liga Tangará da Serra até Santo Afonso. A pavimentação do trecho está sendo feita pela Guaxe Construtora, que prometeu entregar cerca de cinco quilômetros de asfalto por mês e, ao que tudo indica, está conseguindo atingir a meta estabelecida.

Neste momento, 12 quilômetros já estão pavimentados e aproximadamente seis estão em fase de compactação da base. A rodovia está sendo construída com a participação de quatro associados: Governo do Estado de Mato Grosso, as Prefeituras Municipais de Tangará da Serra e Santo Afonso e ainda a Associação dos Beneficiários da Rodovia MT 240, que reúne os produtores rurais que possuem propriedades nas margens.

Prefeito Vander Masson (esq), em vistoria com o secretário Magno, está satisfeito com o andamento das obras.

A Prefeitura de Tangará da Serra está participando com a limpeza das margens dos 24 quilômetros que estão dentro dos limites do município e, no próximo ano, quando a rodovia estiver totalmente pavimentada vai colaborar com a sinalização da rodovia e recomposição das margens, melhorando também algumas áreas de preservação permanente que existem na região.

Masson disse que ficou muito satisfeito com o que observou nesta visita, especialmente porque é bem provável que até o final do ano a pavimentação realmente seja concluída até Santo Afonso (37,61 quilômetros), atendendo finalmente o anseio dos produtores da região e dos usuários que esperaram por muitos pelo asfalto. Inicialmente a obra tinha previsão de custar R$ 18.547.733,46.

(Assessoria de Imprensa)

Comentários Facebook
Continue Reading

Envie sua sugestão

Clique no botão abaixo e envie sua sugestão para nossa equipe de redação
SUGESTÃO

Empresas & Produtos

Economia & Mercado

Contábil & Tributário

Governo & Legislação

Profissionais & Tecnologias

Mais Lidas da Semana