conecte-se conosco


Infraestrutura & Logística

RUMO quer estender ferrovia até Lucas, compondo maior entroncamento ferroviário

Publicado

A empresa de logística Rumo confirmou, em recente reunião com o governador Mauro Mendes, que pretende expandir sua malha ferroviária em Mato Grosso, estendendo o braço da atual linha operada até Lucas do Rio Verde. A proposta faz parte da tentativa da empresa, com sede em Curitiba-PR, em acelerar o processo de renovação da concessão do uso do trecho, que vence em 2028. As informações são dos sites ‘Portal da Cidade’ e ‘Brazil Modal’.

Entroncamento

Caso a proposta da Rumo se concretize, a ferrovia integrará o entroncamento já planejado e se juntará aos projetos da Ferrogrão e da FICO naquilo que poderá vir a ser o maior entroncamento ferroviário da América Latina. Além disso, o modal de transporte se tornaria a principal forma de circulação de mercadorias e da produção agroindustrial mato-grossense em longas distâncias, substituindo as rodovias.

Ferrovia integrará o entroncamento já planejado e se juntará aos projetos da Ferrogrão e da FICO.

O investimento para a possível obra está orçado em R$ 15 bilhões e prevê entrepostos em Cuiabá e Nova Mutum na primeira etapa da construção. O segundo trecho atingiria Lucas do Rio Verde.

Leia mais:  Serra de Deciolândia: Talude rompe e deixa em risco trecho na MT-480, entre Tangará da Serra e Chapadão; Veja vídeo

Bastidores

Em Brasília, o governador Mauro Mendes (DEM) e empresários de Mato Grosso têm trabalhado junto ao Governo Federal e aos parlamentares dos estados envolvidos, no sentido de convencer as instituições responsáveis a conceder a renovação da concessão para a Malha Paulista. Sobre o tema, Mendes afirmou à imprensa: “Essa é uma defesa de Mato Grosso, pela nossa competitividade nos mercados internacionais, já que a ferrovia escoa a nossa produção até o porto de Santos”.

publicidade

Infraestrutura & Logística

Infraestrutura aeroportuária: Governo lança licitação para ampliação do aeroporto de Cáceres

Publicado

A Secretaria de Estado de Infraestrutura e Logística publicou, nesta terça-feira (11.02), a licitação para reforma e ampliação do Aeroporto Nelson Martins Dantas, em Cáceres. Orçada em R$ 6.692.193,34, está prevista a realização de obras para construção do terminal de passageiros e também fornecimento e instalação de materiais, equipamentos e sistemas de auxílio à navegação.

A primeira licitação lançada pela Sinfra-MT em 2022 será realizada na modalidade de Regime Diferenciado de Contratação (RDC), do tipo menor preço e em dois lotes: um para as obras do terminal (Lado Terra) e outra para a aquisição de equipamentos e sistemas (Lado Ar).

Entre os equipamentos previstos para serem adquiridos, estão sinalização horizontal, balizamento luminoso, sinalização vertical, farol de aeródromo, biruta iluminada, PAPI (sistema de auxilio visual à navegação) e iluminação do pátio de aeronaves. A reforma do terminal inclui serviços de drenagem, construção de estacionamento de veículos e sinalização.

A reforma do Aeroporto, que foi inaugurado em 1997, irá fomentar a aviação regional em Cáceres, com a possibilidade de receber voos comerciais, inclusive no período noturno.

Leia mais:  Secretária de apoio ao licenciamento do PPI sugere política de fomento às PCHs

O Governo de Mato Grosso também está formalizando um convênio com a Prefeitura de Cáceres, para a execução de microrrevestimento asfáltico das pistas de pouso, decolagem, de táxi e do pátio de estacionamento do aeroporto. Para a realização dessa obra, a Sinfra-MT deverá repassar R$ 400 mil para o município.

Programa Mais MT Aeródromos

Lançado em agosto de 2021, o Programa Mais MT Aeródromos prevê investimentos de quase R$ 100 milhões em 28 aeródromos de Mato Grosso.

Desde então, a Sinfra-MT já celebrou oito termos de cooperação com as prefeituras, sendo quatro para encontrar um local para instalação de um novo sítio aeroportuário, nos municípios de Alto Araguaia, Itiquira, Nova Canaã do Norte e em Poconé, sendo este último, para um aeroporto na região de Porto Jofre, como forma de fomentar o turismo.

Outros quatro termos foram celebrados com Diamantino, São Félix do Araguaia, Vila Rica e Primavera do Leste, para elaboração de projetos para melhorias nos aeródromos dos municípios.

Além de Cáceres, mais seis cidades devem firmar convênios com a Sinfra-MT para realização de obras de melhoria na infraestrutura. O Estado deverá repassar R$ 43 milhões para Água Boa, Canarana, Confresa, Matupá, Porto Alegre do Norte e Brasnorte. Entre os serviços previstos nos convênios estão construção de cerca patrimonial, pavimentação de pistas e aquisição de equipamentos.

Leia mais:  Através de parceria, Estado retoma obras de pavimentação da MT-339, com 20 quilômetros até curva da Calcário

Nos próximos dias, a Sinfra-MT também deve lançar licitação para ampliação e pavimentação da pista do aeroporto de Juara e, no começo deste ano, o Ministério da Infraestrutura autorizou a realização do processo licitatório para recuperação da pista e aquisição de equipamentos para o Aeroporto de Tangará da Serra.

(Fonte: SINFRA-MT)

Continue lendo

Envie sua sugestão

Clique no botão abaixo e envie sua sugestão para nossa equipe de redação
SUGESTÃO

Empresas & Produtos

Economia & Mercado

Contábil & Tributário

Governo & Legislação

Profissionais & Tecnologias

Mais Lidas da Semana