TANGARÁ DA SERRA

Cidades & Geral

Região seguirá com calor intenso na 2ª quinzena do mês; Chuva ainda é incógnita

Publicado em

A região sudoeste de Mato Grosso seguirá com altas temperaturas e pouquíssima chuva na segunda quinzena desse mês de setembro. É o que preveem os principais sites de meteorologia do país, como Clima Tempo, Cptec/Inpe e Inmet.

Segundo os prognósticos, os termômetros deverão atingir o pico no próximo final de semana, quando as temperaturas na região – em especial as cidades de Tangará da Serra, Barra do Bugres e Campo Novo do Parecis – poderão chegar aos 43 graus celsius.

Aspecto da paisagem, no interior de Tangará da Serra, atesta severidade da estiagem.

Há previsão de chuvas, mas em pequenos volumes, entre 5 e 10 milímetros. A umidade relativa do ar segue baixa, com percentuais mínimos de 13% nas horas mais quentes do dia, podendo chegar a 44% nas madrugadas.

Mais quentes

Sapezal foi a cidade mais quente do Brasil no último domingo (12), segundo o Instituto Nacional de Meteorologia. De acordo com o órgão, os termômetros chegaram a 44,8 graus celsius.

Outra cidade da região Sudoeste, Porto Estrela apresentou temperatura de 41°C no domingo, ficando na terceira colocação entre as cidades mais quentes do país no final de semana.

Leia mais:  Meteorologia prevê chuva na semana para Tangará da Serra, Chapadão e Centro-Sul do MT

A segunda colocação como cidade brasileira mais quente ficou com Cuiabá, com seu tradicional calorão registrando 41.4°C no domingo. No próximo sábado, a capital mato-grossense deverá registrar calor de 44 graus celsius.

Comentários Facebook
Advertisement

Cidades & Geral

Feira do Centro: Com preço atrativo e qualidade, abacaxi é opção em fruta para o consumidor

Published

on

As frutas de estação sempre são destaque na Feira do Produtor do Centro e o abacaxi já desponta, a partir deste mês de agosto, com suas primeiras colheitas realizadas pelo pequeno produtor.

O abacaxi é uma tradição em Tangará da Serra. É opção de sabor e fonte de energia para a saúde de quem consome esta fruta tipicamente sul-americana. Pode ser consumido in natura, em sucos e drinques. É ingrediente rico para doces, compotas, geleias, bolos e tortas. Vai muito com um bom churrasco, assado na brasa, com canela e outras especiarias. (Veja receitas ao final do texto)

O abacaxi ocorre em toda região de planície da América do Sul, sendo historicamente apreciada pelos povos indígenas. É considerada uma “superfruta” por estudiosos e profissionais de nutrição em virtude da sua ampla gama de benefícios, sendo uma grande fonte de vitaminas, minerais e substâncias funcionais, como compostos bioativos, água e fibras.

De sabor marcante e exclusivo, ricamente adocicado, o fruto ajuda a evitar o desenvolvimento de doenças graves, combate estresse, melhora a saúde mental, fortalece os músculos, reduz inchaços e contribui para o bom funcionamento do organismo. De quebra, fortalece a imunidade, melhora a digestão, previne infecções, diminui e retarda o envelhecimento.

Leia mais:  Com aeroporto em obras, Tangará da Serra deixa de ter voos comerciais regulares

“É uma fruta que temos em abundância aqui na Feira, é produzida por muitos dos nossos feirantes com a qualidade de sempre e preço muito em conta”, diz o presidente da Associação dos Feirantes de Tangará da Serra (Asfet), Valdeci Ferraz Aquino.

Nos boxes

Produzido em Tangará da Serra no Assentamento Antônio Conselheiro – agrovilas 04 e 07 e nos 40 lotes – e também em Progresso, São Joaquim e na região das Cabeceiras do Queima Pé, o abacaxi é facilmente encontrado na Feira do Centro, no setor de hortifruti.

Veja 65 receitas com abacaxi no link abaixo:

65 receitas com abacaxi adocicadas e azedinhas na medida certa

Comentários Facebook
Continue Reading

Envie sua sugestão

Clique no botão abaixo e envie sua sugestão para nossa equipe de redação
SUGESTÃO

Empresas & Produtos

Economia & Mercado

Contábil & Tributário

Governo & Legislação

Profissionais & Tecnologias

Mais Lidas da Semana