conecte-se conosco


Cidades & Geral

Região de Tangará da Serra poderá receber 150 milímetros de chuvas entre quarta e domingo

Publicado

A região de Tangará da Serra poderá receber cerca de 150 milímetros de chuvas entre amanhã (terça, 18) e domingo (23/02). Ao menos é o que prevê o Clima Tempo, um dos principais sites de meteorologia do país.

Pela previsão, os maiores volumes de chuvas são esperados para o final de semana, entre sexta e domingo, quando as precipitações deverão somar mais de 100 milímetros.

Neste período, as temperaturas ficam estáveis em Tangará da Serra, entre as mínimas de 19 graus nas madrugadas e 29 graus nas horas mais quentes do dia. Os ventos poderão variar de fracos a moderados.

Média baixa

De acordo com os registros da estação meteorológica do Instituto Nacional de Meteorologia (INMET) em Tangará da Serra, este mês de fevereiro registrou, até o meio da tarde desta segunda-feira (17), um volume acumulado de 103,8 milímetros.

Região tem registrado chuvas isoladas nestes primeiros dois meses do ano.

Caso se confirme a previsão do Clima Tempo entre amanhã e o próximo domingo (23, faltando seis dias para o fechamento do mês), a somatória de chuvas em Tangará da Serra será de aproximadamente 250 milímetros. Nos últimos nove anos (2011 a 2019) a média de chuvas no mês de fevereiro em Tangará da Serra foi de 320 milímetros.

Leia mais:  Feira do Centro oferece um riquíssimo alimento conhecido pelo homem há 6 mil anos

Outras cidades

O Clima Tempo prevê também volumes próximos ou acima de 100 milímetros entre esta terça-feira e o próximo domingo em outros municípios da região sudoeste e também no oeste e na capital. Em Cuiabá, a previsão é de chuvas acumuladas em torno de 120 milímetros nos próximos seis dias

Em Barra do Bugres, as chuvas poderão somar entre 120 e 130 milímetros no mesmo período, enquanto em Diamantino as precipitações poderão chegar aos 110 milímetros até domingo.

Em Campo Novo do Parecis, as chuvas poderão ser mais intensas, em torno dos 140 milímetros. Já em Cáceres, o Clima Tempo aponta para volumes acumulados de 100 milímetros entre amanhã e domingo.

publicidade

Cidades & Geral

Feira do Centro oferece um riquíssimo alimento conhecido pelo homem há 6 mil anos

Publicado

Entre tantos produtos de destaque da Feira do Produtor do Centro, o leite natural é um deles. Este produto de origem animal e seus derivados, integram um grupo de alimentos essenciais na alimentação. É rico em cálcio e proteínas e, também, é importante fonte de fósforo, potássio, sódio e vitaminas.

O leite faz parte da alimentação das pessoas já na infância, compondo a dieta humana há 6.000 anos, desde o período Neolítico (idade da pedra polida), quando o homem se sedentarizou.

Segundo especialistas em nutrição, o consumo de leite é importante em todas as idades, pois contém cálcio, com alta biodisponibilidade. Faz bem aos ossos e ao coração, previne a depressão e auxilia no crescimento, ajuda na formação da massa muscular e contribui para perda de peso nos casos em que a balança aponta excesso.

Valdeci, com a esposa Cleide: Tradição na produção e comercialização de leite natural e derivados.

Seu consumo adequado ao longo da vida permite manter a densidade óssea, protegendo contra doenças como a osteoporose. De quebra, contribui para a qualidade do sono, controla a diabetes, hidrata o organismo, melhora a pressão arterial e regula a flora intestinal.

Leia mais:  Aeroporto Regional: “Previ isso ano passado”, disse Mendes, sobre falta empreiteiras no MT

Não é verdade que o leite de vaca contém hormônios injetados no animal. O leite natural é, isso sim, um alimento completo, absolutamente saudável e muito bem aceito pelas crianças.

É ingrediente fundamental da gastronomia, compondo diversas receitas. Veja no link: https://www.receitasnestle.com.br/blog-post/receitas-com-leite.

Onde

Na Feira do Centro, o leite natural e seus derivados são destaque Box-81, de Valdeci Ferraz Aquino e família. Com propriedade no Acampamento (Linha 12), Valdeci, preside a Associação dos Feirantes e é o gestor do mercado público. Em seu box, ele comercializa, além do leite natural, derivados como queijos, doce pastoso, doce em cubos, nata e a tradicional ‘cachorrada’, um delicioso doce semelhante à ambrosia, porém sem ovos.

O leite natural e os queijos também podem ser encontrados nos boxes 5-A (Pedro José de Freitas), 6-A (Neide Cristina), 9-A (Flávio e Sandra Freitas), 10-A (Sônia Freitas) e 51-A (Fábio Hipólito), todos com propriedades no Córrego das Pedras. Nos boxes 20-A e 51-A, Osvaldir Bandiera e Edson Cabral de Souza também oferecem leite e queijos vindos do Acampamento e da Gleba Bandeirantes.

Leia mais:  Feira do Centro oferece um riquíssimo alimento conhecido pelo homem há 6 mil anos

Continue lendo

Envie sua sugestão

Clique no botão abaixo e envie sua sugestão para nossa equipe de redação
SUGESTÃO

Empresas & Produtos

Economia & Mercado

Contábil & Tributário

Governo & Legislação

Profissionais & Tecnologias

Mais Lidas da Semana