conecte-se conosco

Cidades & Geral

PPA: Cidadão pode participar com sugestões no planejamento dos próximos quatro anos

Publicado

A Prefeitura Municipal de Tangará da Serra, através da Secretaria Municipal de Coordenação e Planejamento (SEPLAN), abriu Consulta Pública para a definição das metas e diretrizes que irão constar no Plano Plurianual (PPA), que norteará a gestão municipal pelos próximos quatro anos (2022-2025).

A consulta pública, disponível nos canais oficiais da Prefeitura na internet, segue até o dia 20 de março. Nela, o cidadão responde a uma série de questões, opina, sugere e ajuda a gestão a definir as prioridades de Tangará da Serra em todas as áreas: saúde, educação, infraestrutura, assistência social, cultura, esporte, etc.

Letícia Teixeira, superintendente de Projetos da SEPLAN, explica que a Administração Municipal está começando a elaborar o Plano Plurianual (PPA), onde constarão todas essas diretrizes e metas do Governo Municipal para os próximos quatro anos, utilizando como base o princípio da legalidade e aquilo que consta no Plano de Governo do prefeito Vander Masson, eleito em novembro passado com a proposta de manter diálogo constante com a população.

“Nesse projeto, seguindo o que está previsto no Plano de Governo do prefeito Vander Masson, que é manter o diálogo com a população e, também, atender a legislação que assegura a participação popular, nós lançamos uma consulta pública, que pode ser feita através do site da Prefeitura, onde a população vai responder um formulário e dizer quais as prioridades que devem estar no planejamento de Governo dos próximos quatro anos”, explicou Letícia.

A superintendente de Projetos reitera que a população tem a oportunidade de participar da gestão municipal. “É um momento importante, em que a população pode e deve participar e ter a oportunidade de ter suas demandas, da sua comunidade ouvidas pela gestão pública”, destacou.

Para responder ao formulário e ajudar a construir o planejamento da gestão municipal para os próximos quatro anos, o cidadão pode acessar o link abaixo:

https://docs.google.com/forms/d/e/1FAIpQLScliEqICNwAzYFnnEztMqLjdf1KKgawHEUmaZysfYo67ZhZdQ/viewform

Leia mais:  Antecipação de feriados pode não ocorrer; Governo abre diálogo e informará medidas amanhã
publicidade

Cidades & Geral

Semec esclarece que aulas da rede municipal de ensino não terão retorno na segunda

Publicado

Mesmo com autorização de retorno constando em decreto (177/2021) a partir de segunda-feira (19), as aulas da rede pública municipal não retomarão suas atividades presenciais imediatamente.

Comunicado divulgado no início da tarde pela assessoria da prefeitura informa que o retorno das aulas acontecerá de acordo com o cronograma (datas e formato) estabelecido pela Secretaria Municipal de Educação (Semec).

(*) Ao final do texto, íntegra do comunicado da Semec.

Segundo esclarece o secretário municipal de Educação, Vagner Constantino Guimarães, não há como retomar integralmente as atividades presenciais na rede escolar municipal porque não há recursos humanos suficientes para tal. “Precisamos, antes, fazer o processo seletivo para contratação de profissionais”, disse.

O processo seletivo programado pela Semec foi suspenso a pedido do ministério público para readequações relacionadas à pandemia Covid-19 e, por isso, terá de ser refeito, o que levará cerca de 30 dias. “Não há condições de retornar na segunda-feira. Não temos profissionais para isso”, disse Constantino.

O secretário admite, porém, que deverá haver o retorno das atividades presenciais em alguns setores e turmas, como na educação infantil e parcialmente, nas primeiras séries do ensino fundamental. “Sabemos das necessidades que envolvem o aspecto social, a merenda escolar, e estamos definindo isso”, considerou.

Leia mais:  Suspenso pela Justiça, projeto do Sistema Sepotuba terá definição em audiência no dia 16

 

Continue lendo

Envie sua sugestão

Clique no botão abaixo e envie sua sugestão para nossa equipe de redação
SUGESTÃO

Empresas & Produtos

Economia & Mercado

Contábil & Tributário

Governo & Legislação

Profissionais & Tecnologias

Mais Lidas da Semana