conecte-se conosco


Cidades & Geral

PM prende, em Bauxi, grupo envolvido em roubos de caminhões e sequestro de motoristas

Publicado

Policiais militares do 7º BPM (Sede e Núcleos PM de Jangada e Acorizal) com apoio da 12ª CIPM de Barra do Bugres realizaram na madrugada do último domingo (20) operação contra uma quadrilha responsável por roubos de cargas e sequestro de motoristas na região da rodovia MT-246, proximidades do distrito de Bauxi.

No início do mês passado (07.05), o Enfoque Business publicou matéria sobre a ação da quadrilha e o temor dos caminhoneiros com a ação criminosa (Link da matéria ao final do texto).

Os militares receberam informações que, na cidade Jangada, havia pessoas suspeitas dessas práticas criminosas tripulando dois veículos, um Fiat Uno, de cor branca, e um Ford Fiesta, de cor azul.

Nas diligências nas proximidades do distrito de Bauxi, os policiais se depararam com um veículo Fiat Uno de cor branco conduzido em grande velocidade e não obedecendo as ordens policiais. A guarnição realizou a abordagem e verificou que no veículo estavam cinco ocupantes – quatro homens e uma mulher – que foram detidos.

Leia mais:  Altos e baixos: Meteorologia prevê duas semanas de grandes oscilações de temperatura

No interior veículo estavam várias ferramentas, cabos de energia, galões de combustíveis, alimentos e outros materiais. Os suspeitos apresentaram informações desencontradas ao serem questionados.

Com as informações coletadas junto aos suspeitos, os militares se dirigiram à cidade de Jangada, onde foi encontrado o veículo Ford Fiesta de cor azul, o qual estaria sendo utilizado em delitos em assaltos e sequestros a caminhoneiros na região de Campo Verde-MT.

Constatada a prática delituosa e atestada a formação de quadrilha pelos detidos, o grupo foi conduzido, juntamente com os materiais e os veículos apreendidos, à delegacia de Barra do Bugres. Após verificação, os policiais apuraram que um dos indivíduos estava com mandado de prisão em aborto por roubos de caminhões.

(Com informações de Página1 e Assessoria 7º BPM)

(*) Leia, no link abaixo, matéria sobre roubos de cargas e sequestro de caminhoneiros:

Roubos de cargas de grãos entre Campo Novo e Rondonópolis causam temor entre caminhoneiros

publicidade

Cidades & Geral

Brasnorte: Ação na Justiça requer devolução de área e indenização de R$ 10 milhões da JBS

Publicado

O não cumprimento de um acordo entre uma indústria frigorífica e o município de Brasnorte (600 km de Cuiabá) está resultando numa batalha judicial. O município de Brasnorte entrou com uma ação contra a JBS para revogação de doação com pedido de reversão do imóvel.

O motivo seria o não cumprimento de atividade econômica de um frigorífico instalado pela empresa, que estaria operando com apenas 10% da capacidade, frustrando as expectativas do município de fomento à economia quando da doação da área.

Segundo o prefeito de Brasnorte, Edelo Marcelo Ferrari, a verdadeira intenção do pedido é que o frigorífico cumpra sua finalidade.

A ação inclui, ainda, multa de R$ 500 mil reais e R$ 10 milhões em indenizações por danos morais.

Segundo o prefeito de Brasnorte, Edelo Marcelo Ferrari (DEM), a verdadeira intenção do pedido é que o frigorífico cumpra sua finalidade, que é de realizar os abates previstos, gerar emprego e trazer renda para o município. “Nós também temos muito dinheiro investido naquela área, tendo em vista que o município fez toda a terraplanagem além da doação do terreno. Então, mais do que justo seria funcionar e isso não está acontecendo”, explica Ferrari.

Leia mais:  Em reunião com vice-governador, Consórcio define prioridades; Aterro regional é principal encaminhamento

Desapontamento

Para o presidente do Sindicato Rural de Brasnorte, Cleber José dos Santos Silva, a classe produtora está muito desapontada com a subutilização da planta instalada no município e concorda com a ação imposta pela prefeitura para o cumprimento do TAC. “Hoje nós temos uma pecuária maior e mais forte, fartura de pasto – com a integração de agricultura e pecuária, temos mais de 400 mil cabeças de gado e condições para instalar grandes frigoríficos e confinamentos porque temos uma abundância de grãos dentro do nosso município. Então nós cobramos que haja a responsabilidade do frigorífico de cumprir com este compromisso que ele tem com nosso município ou então deixar a oportunidade para que outras empresas possam explorar o potencial que temos aqui em Brasnorte”, esclareceu Cleber.

(Fonte: Agronews; foto: prefeitura de Brasnorte)

Continue lendo

Envie sua sugestão

Clique no botão abaixo e envie sua sugestão para nossa equipe de redação
SUGESTÃO

Empresas & Produtos

Economia & Mercado

Contábil & Tributário

Governo & Legislação

Profissionais & Tecnologias

Mais Lidas da Semana